Voluntários no Centro de Testes Ciências ULisboa

Marta Palma

Marta Palma no CT Ciências ULisboa

Até agora o maior desafio que enfrentou no CT Ciências ULisboa foi adaptar-se e responder às constantes melhorias nos procedimentos, aos imprevistos que por vezes surgem e que têm de ser resolvidos na hora

Imagem cedida por MP
Marta Palma
No início começou por extrair RNA no CT Ciências ULisboa, depois passou a coordenar certas tarefas, passando mais tempo ao computador. Marta Palma estudou na Faculdade e atualmente trabalha no DBA Ciências ULisboa
Imagem cedida por MP

“A maior aprendizagem é perceber que de facto existem pessoas maravilhosas, com uma enorme generosidade e grande sentido de voluntarismo e muito dinâmicas. E que trabalhando juntos, podemos de facto fazer a diferença”, diz Marta Palma, funcionária do Departamento de Biologia Animal (DBA) e voluntária no Centro de Testes (CT) Ciências ULisboa.

Até agora o maior desafio que enfrentou no CT Ciências ULisboa foi adaptar-se e responder às constantes melhorias nos procedimentos, aos imprevistos que por vezes surgem e que têm de ser resolvidos na hora. “É saber que estou a lidar não apenas com ‘amostras’, mas com pessoas e essa é a maior responsabilidade que se pode ter”, refere Marta Palma, cuja ligação à Faculdade começou enquanto aluna, primeiro na licenciatura em Biologia Aplicada aos Recursos Animais, variante marinhos, entre 1994 e 1999, mais tarde, em 2012, no mestrado em Biologia Molecular e Genética.

Na sua opinião, com esta pandemia, a sociedade foi obrigada a colocar em perspetiva uma série de assuntos. “Tomámos consciência que uma ameaça destas é global, atinge todos sem exceção. A minha esperança é que essa tomada de consciência sirva para mudar comportamentos, políticas e atitudes em prol de uma sociedade mais humana e mais sustentável”, salienta Marta Palma, que começou a trabalhar na Faculdade em 2006, como lab manager do grupo da professora Margarida Amaral, passando mais tarde para o DBA Ciências ULisboa, em 2013.

As funções de Marta Palma no DBA Ciências ULisboa são de gestão laboratorial, tanto de aulas, como de investigação e manutenção de linhas celulares. A par dessas tarefas também integra a comissão de comunicação e imagem do Departamento, estando envolvida tanto nas visitas de escolas à respetiva unidade, como em atividades inseridas no Dia Aberto, Verão na ULisboa ou Descobre a ULisboa.

Para Marta Palma, “somos todos responsáveis uns pelos outros, e de alguma forma devemos contribuir para uma sociedade mais equilibrada”. A sua noção de responsabilidade social passa por “pôr conhecimento e força de trabalho ao serviço da comunidade”. No início começou por extrair RNA no CT Ciências ULisboa, depois passou a coordenar certas tarefas, passando mais tempo ao computador, fazendo a ponte entre os voluntários escalados para aquele turno e a coordenação do Centro; o rastreio dos voluntários (temperatura e níveis de oxigénio); a receção de amostras, que chegam todos os dias; introduzindo as fichas de pacientes; garantindo que os voluntários estão devidamente protegidos com os equipamentos de proteção individual e que cumprem todos os procedimentos e protocolos estabelecidos; dando o apoio logístico necessário de modo a garantir que as estações de trabalho têm o material necessário para funcionarem; e, por último, dando apoio a quem se encontra dentro do BioCap - BSL3 Câmara de Isolamento.

“Ao longo dos anos a trabalhar na Faculdade, já participei em vários ‘inícios’ de projetos. Gosto particularmente dessas fases, de colocar algo em pé. Mas este tem um cariz especial pela importância que tem para a comunidade em geral. Não estávamos preparados para esta verdadeira avalanche e num curto espaço de tempo as pessoas mobilizaram-se e de alguma forma estão a contribuir no combate a este vírus. É, pois, com muito orgulho que faço parte deste projeto e me incluo neste grupo de pessoas.”
Marta Palma

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Alunos informam-se sobre programas de mobilidade internacional

“É uma grande oportunidade que estou a ter, a Faculdade dá um grande apoio aos alunos. (…) Estou a gostar do convívio com os colegas, das aulas, das disciplinas e da cultura portuguesa”, sublinha Daniel Martins, aluno oriundo do Brasil a estudar Biologia na FCUL.

Pela 2.ª vez, o Dia Internacional proporcionou a divulgação de programas de mobilidade internacional junto dos alunos, esclarecendo dúvidas e curiosidades. Durante o acontecimento, trocaram-se experiências, conheceram-se hábitos e tradições de diferentes países e, acima de tudo, enalteceu-se o espírito de convívio em ambiente "além-fronteiras".

Candidaturas para Base de Recrutamento de Professores Auxiliares Convidados do DF

“MARAVILHAR-SE: reaproximar a criança da Natureza” 

Foi duplicado o espaço de armazenamento nas áreas de alunos. A nova quota é agora de 1 Gb.

 

Com o intuito de inovar e proporcionar os melhores temas aos alunos da Faculdade de Ciências no que diz respeito às novas tecnologias, a

David Luz e Pedro Machado, investigadores do Centro de Astronomia e Astrofísica da UL, fazem parte de uma equipa de investigadores que ao fim de dois anos conseguiu medir os ventos da atmosfera de Vénus a partir da Terra. Até então, só era possível fazê-lo recorrendo a sondas espaciais.

À semelhança dos anos anteriores o Departamento de Química e Bioquímica vai promover a realização de Ações de Formação para os professores do Ensino Básico e Secundário na modalidade oficina.

Encontram-se abertos concursos para recrutamento postos de trabalho de Professor Auxiliar, nas áreas disciplinares de Meteorologia, de Geofísica, de Engenharia Geográfica e de Oceanografia Física, Astronomia e Astrofísica, constantes do mapa de pessoal docente d

Empresa Outmind trabalha o conceito de marketing sensorial aliado à tecnologia

“Queremos dar a conhecer um novo espaço, uma nova marca, uma nova estratégia para o Tec Labs e também, claramente, incentivar as pessoas a terem uma atitude diferente face ao empreendedorismo”, sublinhou Luís Matos Martins, presidente do Conselho de Administração do Tec Labs.

Imagem alusiva à extração de óleos essenciais

Aquele que é hoje conhecido como o ISEO teve início em setembro de 1969, quando quatro cientistas da área da farmacognosia se reuniram, informalmente, em Leiden, na Holanda, para discutir problemas comuns, relacionados com a análise de óleos essenciais. Docentes/investigadores da FCUL participam, desde 1989, nesse congresso e já o organizaram por duas vezes.

Membros de uma tuna, durante uma atuação

Diário de bordo da nave Esperança. Uma viagem por um dos acontecimentos musicais da comunidade académica com especial tradição…

Pormenor de obra de arte

Invest in our future, invest in science”. A mensagem é clara, concisa e direta. Por um mundo melhor, um grupo de personalidades do Champalimaud Neuroscience Programme lançou recentemente um blogue no qual procuram sensibilizar a comunidade para a importância da ciência nas nossas vidas.

Está aberto concurso, até ao dia 07 de dezembro de 2012, para admissão de voluntários para a prestação de serviço em regime de contrato na Categoria de Oficial Técnico Superior Naval (TSN) e Oficial Técnico Naval (TN).

A sessão de encerramento contou com uma breve troca de ideias acerca dos novos desafios e possibilidades oferecidos pelo software Open Source, em particular, pela cada vez maior procura de formação em Quantum GIS.

Actividade no NanoLab do GeoFCUL

Dinâmica das zonas costeiras: conhecer para gerir

O Microsoft Windows 8 e Microsoft Office 2013 já estão disponiveis para download no seu Perfil de Utilizador (apenas Docentes e Funcionários).

Evolução da Complexidade Celular: Filosofia, Biologia Celular e Simbiose

Palestra no GeoFCUL

 

Paisagens do Mundo. Imagens da Dinâmica da Terra

 

Páginas