"Introduction to Statistical Physics"

No Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais folheámos o livro “Introduction to Statistical Physics”, de Paulo Teixeira - formado em Ciências da ULisboa e agora investigador do Centro de Física Teórica e Computacional desta faculdade -, em coautoria com João Casquilho, também licenciado em Física nesta instituição , agora professor associado do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

A obra pode ser encontrada online na edição portuguesa, inglesa e brasileira, e ainda em livrarias como a FNAC e a Escolar Editora. Boas leituras!

Que elementos considera serem diferenciadores desta obra ?

Paulo Teixeira (PT) e João Casquilho (JC) - Este livro difere de outros livros de Física Estatística existentes no mercado em quatro aspetos fundamentais.

Em primeiro lugar, discutimos uns quantos tópicos que não são normalmente cobertos em compêndios introdutórios de Física Estatística, como por exemplo a termodinâmica de sistemas elétricos e a física dos cristais líquidos.

Em segundo lugar, o livro fornece uma introdução elementar aos métodos de simulação computacional de Monte Carlo. Estes métodos permitem-nos tratar problemas que não são suscetíveis de resolução analítica, designadamente no que diz respeito aos chamados sistemas não ideais (que são mais interessantes que os sistemas ideais quase exclusivamente considerados em abordagens mais tradicionais).

Em terceiro lugar, utilizámos um formalismo quase elementar, não se pressupondo conhecimentos avançados de, por exemplo, mecânica quântica. Esperamos que, deste modo, o livro seja acessível não só a estudantes de Física, mas também de outras áreas como a Química, a Ciência e Engenharia dos Materiais e as Engenharias Química ou Biomédica.

Finalmente, tentámos tornar o texto mais atraente através da inclusão de alguns tópicos na vanguarda da investigação atual, como sejam a radiação de fundo de microondas ou o arrefecimento magnético, com referências à literatura primária sempre que apropriado. Destinam-se a despertar e conservar o entusiasmo dos estudantes ao longo de um processo de aprendizagem que, como o de qualquer outra disciplina científica, é necessariamente longo e, por vezes, doloroso.

O que destaca do trabalho desenvolvido?

PT e JC - O trabalho desenvolvido em conjunto foi muito enriquecedor. Especialmente para mim [Paulo Teixeira], que não tenho oportunidade de lecionar a disciplina de Física Estatística. Foi muito bom voltar a ter contacto com estas matérias de um modo sistemático, e recordar e compreender melhor [algumas] coisas que já tinha esquecido ou me tinham escapado quando as aprendi enquanto aluno. Além disso, ficámos a conhecer melhor todo o processo de edição de livros académicos, especialmente internacionais. Tivemos oportunidade de nos encontrarmos pessoalmente com o redator-chefe da Cambridge University Press, responsável pelas edições na área da Física, que nos disse algo muito interessante: grande parte da sua vida profissional é passada a viajar pelo mundo à procura de novos autores. Achamos que é importante fazer passar esta ideia: as editoras académicas internacionais estão abertas a propostas de livros.

Receberam comentários ao livro? Podem partilhar alguns connosco?

PT e JC - Da edição portuguesa sabemos que tem sido utilizada na lecionação de Física Estatística, na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. Da edição inglesa ainda é cedo, uma vez que só saiu em finais de 2014, mas tivemos já um contacto de um professor do Departamento de Química da Universidade de Chicago, que estava a avaliar o livro para adoção. O que o agradou foi precisamente o nosso tratamento de aplicações da Física Estatística, como por exemplo aos cristais líquidos.

De que forma os ensinamentos adquiridos na FCUL foram importantes na conceção deste livro?

PT - A FCUL - onde concluí a licenciatura e o mestrado em Física (pré-Bolonha!) -, forneceu-me uma formação de base sólida que me tem servido bem, primeiro no doutoramento, e depois na minha vida profissional de investigação e ensino. Destacaria, em particular, a importância de abordar uma matéria de modo sistemático e em profundidade.

JC - Foi um período de descobertas e de aquisição de conhecimentos sólidos, em que as disciplinas de Física Estatística tiveram um lugar central.

O livro está presente em que países?

PT e JC - A edição em português está disponível em Portugal e no Brasil. A edição em inglês está disponível em todo o mundo.

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura de Ciências da ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Apresentações dos Projectos de Física dia 19 de Julho, às 10h, na sala 8.2.17:

O que faz o profissional que passa os seus dias no laboratório? E quem se dedica a resolver equações ou a estudar animais e plantas? Cinquenta alunos da associação EPIS descobriram as respostas a estas e a outras questões.

Servidor da FCUL

O projeto de reestruturação do Centro de Dados da FCUL, iniciado em junho, deverá estar concluído no próximo mês de setembro.

Duas pessoas fazem uma experiência no laboratório

A Faculdade de Ciências abre as portas dos seus laboratórios a 50 jovens, vindos de diferentes pontos do País, para mais uma edição da “Rota das Vocações de Futuro” da EPIS.

Apesar de ser uma das áreas mais recentes da FCUL, atualmente é uma vertente da ciência portuguesa em franca expansão.

“Um trabalho que reflita sobre o passado de uma instituição, ou o passado da ciência em Lisboa ou em Portugal, é sempre algo de muito importante para repensarmos o nosso trajeto”. A afirmação feita pela historiadora das ciências, Ana Simões, a propósito de um dos muitos projetos em curso é reveladora da importância, que a preservação do património científico tem na sua vida.

Kostas Gavroglu e Ana Simões assinam o primeiro livro “Neither Physics nor Chemistry: A History of Quantum Chemistry” sobre a emergência da disciplina Química Quântica, o pretexto ideal para conversar com a autora portuguesa.

O Grupo Azevedos oferece estágio profissional remunerado a recém licenciado na área da Estatística ou Matemática. Os interessados devem enviar a candidatura para

A edição deste ano d´O Botânico, uma revista propriedade da Associação Íbero-Macaronésica de Jardins Botânicos já se encontra online.

O Centro de Informática migrou todo o sítio antigo para o novo Portal da FCUL.

O Centro de Informática colocou em produção, durante a ultima semana de Maio, um equipamento de rede central na arquitectura de comunicações da FCUL.

Na Licenciatura em Matemática (LM) da FCUL, o leque de opções do 3º ano da LM foi alargado e passou a incluir as seguintes disciplinas, que estarão já disponíveis no ano lectivo de 2012/13:

 

 

Em exibição no:

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

1 de Junho de 2012 a 28 de Abril de 2013

 

 

Os cadernos e as comissões eleitorais estão publicitados no portal da FCUL, assim como o Despacho D/101/2012, que integra o calendário de eleições.

A eleição do Presidente do Departamento de Física  terá lugar de 3 a 5 de Julho de 2012

Comissão Eleitoral

Informações úteis:

Constituição da Comissão Eleitoral

A festa dos finalistas de Geologia juntou familiares, amigos, colegas e professores.

Conforme o despacho D/101/2012,  as eleições para a Presidência do Departamento de Informática, irão decorrer entre 3 e 5 de Julho de 2012 na secretaria do departamento.

 

Estão abertas as inscrições para o ‘Mestrado em Matemática para Professores’ (1ª fase de candidaturas até dia 15 de Junho)

 

No âmbito do nº 3 do artigo 9º do Regulamento Eleitoral, e de acordo com o calendário de eleições para Presidentes dos Departamentos, já se encontra disponível o 

A Eleição do Presidente do Departamento de Biologia Animal terá lugar de 3 a 5 de Julho de 2012 na Secretaria do Departamento

A inscrição nos exames dos dias 4 e 5 de junho podem ser excecionalmente realizadas até às 23h59m de 1 de junho.

A eleição do Presidente do DBV  terá lugar de 3 a 5 de Julho de 2012

Páginas