Aprendizagem além-fronteiras

Novos mundos ao mundo

Alunos informam-se sobre programas de mobilidade internacional
Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional

Os alunos da Faculdade podem realizar o programa Erasmus (período de estudos e estágio), o programa Leonardo Da Vinci e os estágios IAESTE (International Association for the Exchange of Students for Technical Experience). Em 14 anos, só em relação ao programa Erasmus, a FCUL acolheu 686 alunos estrangeiros e proporcionou a 618 alunos portugueses uma experiência fora de Portugal.

Este ano, 83 alunos fculianos estão a realizar Erasmus, 41 em período de estudos e 42 em período de estágio. Os alunos de Biologia são os que mais aderem a este programa, quanto aos destinos mais escolhidos, o Reino Unido ocupa o 1.º lugar, a Alemanha o 2.º e a Holanda o 3.º. No que concerne aos alunos estrangeiros a realizar Erasmus na FCUL, este ano contabilizam-se 96 alunos (oito em período de estágio, os restantes 88 em período de estudos).

Em relação ao programa Leonardo da Vinci, de janeiro a agosto de 2012, 12 alunos da FCUL foram estudar para a Suíça, Dinamarca, Espanha, França, Reino Unido, Holanda e Suécia.

No que diz respeito ao programa IAESTE, a FCUL recebeu em 2012 seis alunos, quatro deles oriundos da Polónia, os restantes do Brasil e da Eslováquia.

Ao abrigo do mesmo programa, este ano partiram da Faculdade sete alunos, três deles para o Brasil, os outros para a Alemanha, Colômbia, Polónia e Reino Unido, respetivamente.

Quanto aos alunos brasileiros, dispõe de três programas de estudos na FCUL, o programa PLIS (Programa de Licenciaturas Internacionais, durante dois anos) através do qual sete alunos estão a estudar na Faculdade, o Programa Ciências sem Fronteiras, que levou, este ano, ao aumento exponencial de alunos brasileiros na nossa Faculdade – 69 -, e os protocolos da FCUL/UL com outras universidades/instituições que este ano registaram 11 participações.

Daniel Martins, veio do estado de Minas Gerais, no Brasil, para a FCUL estudar Biologia através do programa PLIS. Há dois meses em Portugal, fez um balanço bastante positivo da sua experiência em terras lusas e aproveitou a oportunidade para deixar uma sugestão aos seus conterrâneos: “É uma grande oportunidade que estou a ter, a Faculdade dá um grande apoio aos alunos. (…) Estou a gostar do convívio com os colegas, das aulas, das disciplinas e da cultura portuguesa. Recomendo a todos os que possam, a ter uma experiência como esta que estou a viver”.

Num mundo globalizado, conhecer, experimentar, partilhar, aprender, para lá do que é próximo, é uma mais-valia que certamente irá destacar-se no currículo académico e profissional de cada aluno.

As oportunidades estão à espreita, informem-se no Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional e lancem-se à aventura dando novos mundos ao mundo!

Testemunhos dos alunos

“No Brasil, estudar no estrangeiro é muito valorizado. (…) As aulas aqui são bastante interessantes, têm um conteúdo bastante diferentes do programa de estudos brasileiro o que nos permite adquirir mais conhecimento e enriquecer a mente.” Samuel Sila, estudante brasileiro na FCUL, a frequentar a licenciatura de Química

“Gostava de ir estudar para o estrangeiro pois acho que é uma oportunidade única de conhecer outra cultura, outras línguas e porque considero que é uma experiência enriquecedora para qualquer jovem. Os destinos de eleição são a Holanda, a Suíça e a Polónia.” Marcelo Marques, aluno português de Engenharia da Energia e do Ambiente

“Gosto bastante dos pontos culturais e históricos da cidade de Lisboa. Ao estar aqui, posso conhecer um pouco mais sobre o povo que colonizou o meu país." Crisley Lima, estudante brasileiro na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a frequentar a licenciatura de Estudos Portugueses e Lusófonos

“Espero vir a desenvolver as minhas capacidades na Holanda ou na Dinamarca.” Cristiano Lúcio, aluno português de Engenharia da Energia e do Ambiente

“Sempre estive curioso por conhecer a cultura, a comida, a língua portuguesa. Tinha duas opções, Polónia ou Portugal e estou realmente satisfeito por ter escolhido Portugal!” Emre Bilgin, estudante turco na FCUL, a frequentar a licenciatura de Estatística Aplicada

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

Encontra-se aberto concurso externo para o Banco de Portugal - Departamento de Supervisão Prudencial, com vista ao preenchimento de vagas de Técnico Superior para a área de supervisão

“A inovação é tipo ‘ovo de Colombo’, depois de se saber, parece fácil. Só que ‘saber’ significa um longo caminho de amadurecimento do conhecimento”, declara Maria Filomena Camões, docente do Departamento de Química e Bioquímica da FCUL, a propósito da atribuição da Bolsa Europeia de Excelência de Investigação.

A. M. Galopim de Carvalho num dos geoparques

O pioneiro da Geoconservação em Portugal sente-se agradado pelo reconhecimento dos mais de 20 anos de serviço em prol da preservação e salvaguarda dos geoparques, considerando o tributo um importante incentivo para a defesa territorial, para a promoção da geodiversidade e para o desenvolvimento sustentável baseado no património geológico.

Isaac Carrêlo e Rita Almeida, alunos do curso de Engenharia e Energia do Ambiente e Eva Barrocas, do curso de Biologia, viajaram até Cabo Verde para fazer parte da equipa Turtle Foundation. Durante um mês de experiências intensas, protegeram tartarugas e levaram os ensinamentos apreendidos na FCUL até à comunidade local.

Mapa

O Memorando de Entendimento celebrado com Portugal estabelece oito áreas programáticas para a respetiva alocação de verbas para 2009/2014. A abertura de concursos para Portugal deve acontecer ainda este ano.

Palestra por Jennifer de Jonge

Centro de Biotecnologia Vegetal/IBB

Evolução Tecnológica e o Cadastro Territorial Multifinalitário no Brasil

VicenTuna anima Sessão de Boas-vindas

Receber os novos alunos numa sessão de boas-vindas é uma das tradições da FCUL. Agora, o espírito da cerimónia pode ser conhecido pela voz dos profissionais e alunos que fizeram parte da última sessão, através de uma reportagem multimédia presente na página do YouTube da Faculdade, bem como na pasta de vídeos do Facebook.

Pormenor de obra de arte

Atualmente, o antigo aluno da FCUL é post-doc na Universidade Federal do Rio Grande - Fundação Universidade do Rio Grande, no Brasil, sendo responsável por projetos na área da Biologia Antártica – Biologia Polar.

Miguel Ramos

Miguel Ramos, professor do Departamento de Matemática da FCUL, faleceu esta quinta-feira, dia 3 de janeiro. O corpo será velado no dia 5 de janeiro, entre as 17h00 e as 24h00, na Capela da Igreja das Furnas, em São Domingos de Benfica, assim como no dia 6 de janeiro, a partir das 12h00, seguindo-se a missa pelas 15h00. A cerimónia de cremação ocorre no Cemitério dos Olivais.

Miguel Ramos (1963-2013)

Estão disponíveis os calendários de exames do 2º ciclo para as seguintes áreas:

- Mestrados de Engenharia Geográfica e SIG

Repórter e câmara de filmar

Após as palavras , chegam os sons e as imagens  do dia em que a FCUL voltou a fazer parte da “Rota das Vocações de Futuro” da associação EPIS. A reportagem está disponível na página do YouTube da Faculdade, bem como na pasta de vídeos do Facebook.

 

O histórico de aluno no Portal da FCUL foi atualizado e renovado.

Relembramos que pode utilizar os vários meios ao dispor para deixar comentários ou sugestões sobre os serviços da FCUL.

Bruno Almeida, doutorado em História das Ciências pela Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL e membro do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, ganha "Prémio Cultura 2012" atribuído pela Sociedade de Geografia de Lisboa.

Alunos informam-se sobre programas de mobilidade internacional

“É uma grande oportunidade que estou a ter, a Faculdade dá um grande apoio aos alunos. (…) Estou a gostar do convívio com os colegas, das aulas, das disciplinas e da cultura portuguesa”, sublinha Daniel Martins, aluno oriundo do Brasil a estudar Biologia na FCUL.

Pela 2.ª vez, o Dia Internacional proporcionou a divulgação de programas de mobilidade internacional junto dos alunos, esclarecendo dúvidas e curiosidades. Durante o acontecimento, trocaram-se experiências, conheceram-se hábitos e tradições de diferentes países e, acima de tudo, enalteceu-se o espírito de convívio em ambiente "além-fronteiras".

Candidaturas para Base de Recrutamento de Professores Auxiliares Convidados do DF

“MARAVILHAR-SE: reaproximar a criança da Natureza” 

Foi duplicado o espaço de armazenamento nas áreas de alunos. A nova quota é agora de 1 Gb.

Páginas