Fibrose quística

Identificação de novos alvos moleculares é essencial para definir estratégias terapêuticas

Entrevista com Carlos Farinha

"Os próximos passos [passam pela] caracterização mais detalhada do mecanismo agora identificado", diz Carlos Farinha, um dos autores do artigo publicado recentemente no Journal of Cell Science

GBNT

O artigo “EPAC1 activation by cAMP stabilizes CFTR at the membrane by promoting its interaction with NHERF1” publicado este mês no Journal of Cell Science resulta de um trabalho desenvolvido por Carlos Farinha e Margarida Amaral, investigadores do BioISI – Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas e professores do Departamento de Química e Bioquímica de Ciências ULisboa; em colaboração com o grupo de Manuela Zaccolo, professora da Universidade de Oxford e no qual está inserido o jovem estudante de doutoramento, Miguel Lobo, licenciado e mestre em Bioquímica por Ciências ULisboa e que começou este trabalho durante o mestrado na faculdade portuguesa.

Os autores deste estudo caracterizaram um novo mecanismo de regulação da proteína CFTR, que quando ausente ou com mau funcionamento é responsável pela fibrose quística, uma doença genética letal que se manifesta sobretudo ao nível dos pulmões, mas também do intestino.

De acordo com o comunicado de imprensa emitido pela faculdade esta segunda-feira, para os investigadores a identificação de novos alvos moleculares é essencial para definir estratégias terapêuticas cada vez mais robustas nos doentes com fibrose quística.

+ Ciências
Entrevista com Carlos Farinha
 


Carlos Farinha
Imagem cedida por CF

Esta equipa do BioISI inclui quantas pessoas?

Carlos Farinha (CF) - A equipa que trabalha comigo é constituída por [cerca de] cinco pessoas e integra-se no grupo Functional Genomics & Proteostasis (cerca de 20 elementos), coordenado pela professora Margarida Amaral.

Quais são as suas funções, tarefas?

CF - Estudam diferentes aspetos da bioquímica e biologia celular/molecular da fibrose quística havendo no grupo alargado elementos que se dedicam também a abordagens de medicina personalizada.

Como é que surgiu a colaboração com a Universidade de Oxford?

CF - Surgiu num congresso de ciência básica da fibrose quística por interesses comuns na via de sinalização agora estudada. Tal levou a um estágio de três meses em Oxford do então aluno de mestrado Miguel Lobo. Neste momento, a professora Manuela Zaccolo é coorientadora de um outro aluno (agora de doutoramento), que está a continuar/desenvolver o trabalho agora publicado.

Qual tem sido a reação dos pares relativamente a estes avanços?

CF - Tem sido em geral boa, dada a necessidade ainda sentida de identificar novos mecanismos, no caso de estabilização da proteína na membrana, que possa servir de base a novas estratégias terapêuticas.

Quais são os próximos passos desta equipa?

CF - Os próximos passos [passam pela] caracterização mais detalhada do mecanismo agora identificado, sobretudo ao nível da identificação de outras proteínas que possam estar envolvidas no processo, de modo a refinar a identificação de possíveis alvos terapêuticos.

Esta nova estratégia terapêutica já foi aprovada para uso em doentes?

CF - Desde a identificação de um mecanismo molecular até à aprovação para uso em doentes vai normalmente um longo caminho. No entanto, a modulação da via de sinalização agora identificada como relevante no contexto da fibrose quística é também promissora para outras patologias (nomeadamente do foro cardíaco) pelo que existe investigação em curso, tentando que possa chegar o mais depressa possível à clínica.

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

A TESE - Associação para o Desenvolvimento apresentou os resultados do estudo 

Pela primeira vez, a defesa de uma prova de doutoramento ocorreu nas instalações da Faculdade de Ciências da ULisboa.

Estão abertas as candidaturas para 

Uma ferramenta inovadora para partilhar expectativas e criar um plano de acção.

A Maxdata e a Faculdade de Ciências da ULisboa estão a desenvolver automatismos que permitam melhorar significativamente o controlo de infeções hospitalares e comunitárias.

Este programa de estágios visa a formação avançada de jovens portugueses, com grau académico de licenciatura ou superior, em grandes Organizações Científicas Internacionais, CERN, ESA e o ESO.

07 outubro

12:00 Sala C201, Edifício II, ISCTE-IUL

Aqui estão disponíveis os highlights do Grupo de Espectrometria de Massa Ambiental e Biológica.

 

Até 15 de Novembro é possível aceder via b-on a e-books da Biblioteca Nacional em:
http://bnp.lusoteca.pt/catalog/ileio/#

 

José Afonso

A MOONS deve ficar operacional em 2018.

Parabéns a Alexander Usvyatsov, investigador FCT do CMAF, pelo seu recente prémio de artigo expositório em lógica:

Financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, o Programa tem neste momento candidaturas abertas para:

Programa de Estágios em Investigação na Carnegie Mellon University (Undergraduate Internships Program)

O livro é apresentado durante a sessão inaugural do programa doutoral Filosofia da Ciência, Tecnologia, Arte e Sociedade.

O livro editado pela Âncora Editora é apresentado por José Barata-Moura.

“Work in Flanders” realiza-se nos próximos dias 29 e 30 de Setembro, em Lisboa (serviços centrais do IEFP em Xabregas).

Amália Uamusse

A pós-graduação em Biologia Aquática e Ecossistemas Costeiros da universidade moçambicana é uma das formações que tem recebido o apoio de docentes do Departamento de Biologia de Ciências. Em 2015, dois alunos daquele país vão ser recebidos no Departamento de Química e Bioquímica de Ciências.

A Marinha disponibiliza, todos os anos, às instituições de ensino/formação um conjunto de possibilidades de estágios curriculares constantes não remunerados em diversas áreas da instituição.

O INPE – Centro Regional da Amazônia está contratando doutores, com experiência em geotecnologias, estatística, modelagem, dinâmica de uso e cobertura da terra da Amazônia, para trabalhar no Projeto TerraClass.

Campus de Ciências

Jorge Moreira da Silva, ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia participa na cerimónia.

Pormenor da capa do livro

A Coleção Textos de Matemática foi lançada em 1993 pelo Departamento de Matemática de Ciências e conta neste momento com 24 títulos. O último título publicado é "Análise Matemática I", de Armando Machado.

 

O Programa Prós e Contras de 15 de Setembro de 2014 foi dedicado à recente proposta do governo para taxar a cópia privada, a qual vai implicar um aumento dos preços dos telemóveis, tablets, computadores e outros equipamentos eletrónicos.

A TESE - Associação para o Desenvolvimento promove o evento "FAZ-TE AO MERCADO" dedicado à empregabilidade jovem.

"Antigamente, ligavam-se fios para programar; Hoje, a tecnologia da inteligência artificial inspira-se no funcionamento do organismo humano". O Prof.

A matrícula e inscrição dos alunos colocados no âmbito dos regimes especiais de acesso e ingresso em Ciências ocorreram nos dias 11 e 12 de setembro.

Alunos de Ciências

A 2.ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público termina a 19 de setembro. Os resultados são divulgados a 25 de setembro.

Páginas