Crónicas em Ciências

Luzes, câmaras, ação: O fascínio das plantas não tem fronteiras

Planta

O projeto “Interpheno - Uma Aproximação Interdisciplinar à Fenotipagem de Alto Débito em Plantas” visa construir um protótipo de fenotipagem de plantas

Unsplash - Pawel Czerwinski
jORGE mARQUES DA sILVA
Jorge Marques da Silva

Celebra-se a 18 de maio o Dia Internacional do Fascínio das Plantas 2021, uma iniciativa lançada pela European Plant Science Organization e dinamizada, em Portugal, pelo ITQB/NOVA e pela Sociedade Portuguesa de Biologia de Plantas (SPBP).

Neste dia, cientistas por toda a Europa concentram-se em aumentar a consciência do público para a importância das plantas na nossa vida, combatendo a “invisibilidade social” das plantas, e a promover a ciência das plantas na agenda pública de investigação.

Na nossa escola, é no Departamento de Biologia Vegetal (DBV), naturalmente, que se encontram concentrados os “fascinados das plantas”. Mas, nos últimos anos, esse fascínio extravasou do edifício C2 e foi-se infiltrando nos departamentos de Física e de Informática. O projeto “Interpheno - Uma Aproximação Interdisciplinar à Fenotipagem de Alto Débito em Plantas”, financiado pela FCT, reúne biólogos, físicos e informáticos da Ciências ULisboa, e ainda colegas do ISA, do ITQB/NOVA e do INOV/INESC com o objetivo de construir um protótipo de fenotipagem de plantas.

A fenotipagem (medição sistemática de caracteres fenotípicos, i.e., do corpo das plantas) foi eleita, depois dos grandes avanços verificados na fenotipagem nas últimas décadas, como um grande desígnio atual da comunidade da ciência das plantas. De facto, considera-se que o principal impedimento à rápida produção de novas variedades de plantas agrícolas, tão necessárias para enfrentarmos as alterações climáticas em curso, é a inexistência de métodos expeditos de fenotipagem de plantas. Assim, iniciou-se um esforço internacional para produzir equipamentos de fenotipagem high-throughput, assentes em captura de imagens em diferentes gamas espetrais e no seu processamento automático em pipelines que frequentemente recorrem a inteligência artificial.

protóptipo
O proptótipo é uma peça-chave para o esforço de fenotipagem sistemática de cultivares agrícolas tradicionais, um património genético em que Portugal é muito rico
Imagem cedida pelo autor

O protótipo que construímos na Ciências ULisboa – só possível devido à generosidade de vários colegas da Física e da Informática que, roubando tempo aos seus projetos nucleares, se deixaram seduzir pelo “fascínio das plantas” – é modesto face às grandes plataformas totalmente robotizadas já existentes em países do centro da Europa. Mas tem um valor estratégico muito significativo: por um lado, permite-nos encarar a adesão ao EMPHASIS – a rede europeia de plataformas de fenotipagem, na qual a inclusão da Ciências Ulisboa se encontra em negociação – nas condições de parceiros, e não meramente de utilizadores; por outro lado, constitui uma peça-chave para o esforço de fenotipagem sistemática de cultivares agrícolas tradicionais, um património genético em que Portugal é muito rico, e que encerra potenciais soluções para os desafios à segurança alimentar e nutricional que as alterações climáticas encerram, mas que se encontra muito mal caraterizado. Mas não só de fenotipagem se constroem as fronteiras da investigação em plantas. Neste dia, a SPBP inaugura a sua nova página web (www.spbp.pt). Visitem-na e contactem com a muita e significativa investigação que se faz em Portugal.

Nota da redação: Jorge Marques da Silva é professor do DBV Ciências ULisboa e presidente da Sociedade Portuguesa de Biologia de Plantas

Jorge Marques da Silva, DBV Ciências ULisboa e SPBP
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Entrevista a Jorge Marques da Silva

Museu do Quartzo é inaugurado e recebe o nome de Galopim de Carvalho, professor jubilado do Departamento de Geologia.

Céu com nuvens escuras

As candidaturas à oficina de formação terminam a 21 de maio. As sessões realizam-se às terças e quintas-feiras, entre as 17h30 e as 20h30.

A exposição “O Cálculo de ontem e de hoje”, elaborada pelo Departamento de Matemática em colabora&

Lâmpada

Estudantes de Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL promovem reunião especializada. O Ne2b2 existe desde outubro de 2008.

Luzes

Pela primeira vez a Reitoria da UL abre as suas portas aos estudantes da cidade, organizando um evento noturno para alunos dos ensinos universitário e secundário.

A exposição está a partir de 26 de Abril no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

As provas de doutoramento em Biologia, especialidade de Microbiologia, da Mestre Egídia Maria Valente de Azevedo realizam-se no próximo dia 26 de Abril, pelas 10h:30 na Sala de Actos da

O grande momento do dia é a sessão solene, que inclui este ano o lançamento do segundo volume dos Professores Cientistas e a inauguração do Quadro de Honra.

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Vela

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Páginas