Crónicas em Ciências

Um mar de tranquilidade

Pormenor do mapa de Grimaldi-Riccioli

Imagem cedida por LT

Luís Tirapicos
Fonte ACI Ciências ULisboa

Quando há 50 anos, em julho de 1969, astronautas norte-americanos (missão Apollo 11) pousaram pela primeira vez na Lua as suas impressões registaram uma imensa desolação. O ambiente, sem vida ou atmosfera, que aí foram encontrar quadrava bem com o nome atribuído à grande planície crivada de crateras onde haviam chegado: o Mar da Tranquilidade.

De facto, embora tranquilo não se trata de um mar. Como é que a região ganhou esse nome? Na verdade, a resposta encontra-se na longa história da Selenografia, a arte/ciência que se ocupou da cartografia da Lua. Desde que Galileu Galilei (1564-1642) realizou as primeiras observações detalhadas da Lua com o telescópio que foram notadas semelhanças com aspetos da geografia terrestre. Desse modo, vários autores, por analogia com a Terra, e pensando tratarem-se de mares começaram a designar as grandes manchas escuras e planas como tal. No século XVII, com a melhoria da qualidade dos telescópios, seriam publicados mapas que incluíam sistemas de nomenclatura dos principais acidentes topográficos da Lua.

Destacaram-se em meados do século as propostas de Johannes Hevelius (1611-1687) e Giovanni Battista Riccioli (1598-1671). Este último, um jesuíta Italiano, publicou em 1651 no seu livro Almagestum novum um mapa, realizado em colaboração com o companheiro Francesco Maria Grimaldi (1618-1663), onde apresentava uma nova nomenclatura para a face visível da Lua. A proposta, depois de avanços e recuos, veio a constituir a base da nomenclatura que ainda hoje usamos. Por isso para encontrar a origem do nome basta olhar com atenção para o mapa de Grimaldi-Riccioli: em pouco tempo localizamos a legenda Mare Tranquilitatis.

Nota da redação
Luís Tirapicos é um dos organizadores da exposição "Cartografia Histórica da Lua - Nos 50 anos da Apollo 11", patente na Galeria Ciências até 31 de outubro.

Luís Tirapicos, investigador do Departamento de História e Filosofia das Ciências e Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas