Dictum et factum

Rui Batista

Rui Batista

ACI Ciências

O que fazem e o que pensam alguns membros da comunidade de Ciências? O Dictum et factum de março é com Rui Batista, especialista em Informática da Área de Sistemas de Informação e Desenvolvimento (ASID) da Direção de Serviços Informáticos (DSI) de Ciências.

Quando era criança já sabia que profissão gostaria de ter no futuro?

Rui Batista (RB) - Sim, desde polícia, bombeiro ou astronauta, acho que queria uma profissão que tivesse um fato ou farda especial. Acabei como civil e nem à tropa fui.

Como surgiu a hipótese de trabalhar em Ciências?

RB - Estava a trabalhar como web designer no Departamento de Engenharia Naval do Instituto Superior Técnico, mas encontrava-me a recibos verdes, assim que vi o anúncio para um contrato mais estável na FCUL - pediam as mesmas funções e davam melhores condições -,  achei que devia tentar e consegui.

Foi o 1.º emprego?

RB - Não, o meu primeiro emprego foi no Banco Borges & Irmão (atual BPI) como assistente administrativo.

Há quantos anos trabalha em Ciências?

RB - Há 15 anos, entrei em 2002 para a extinta Divisão de Organização e Gestão da Informação (DOGI).

O que começou por fazer quando aqui chegou?

RB - Entrei como web designer e gestor de conteúdos do site da FCUL. Era na altura um site em tons de rosa que muitos ainda se devem lembrar. Além de editar conteúdos, fazia alguns banners com movimento na página inicial e tratava fotos e imagens.

E agora como é o seu dia-a-dia?

RB - Agora estou inserido na ASID da DSI. Fui trabalhador-estudante durante três anos e consegui tirar um curso em Sistemas de Informação pelo que acabou por haver uma evolução natural das minhas funções, tendo em conta a própria orgânica onde estava inserido. De gestor do portal da FCUL com responsabilidade em web design, o meu dia-a-dia passou a ser o de programador com responsabilidades no desenvolvimento de aplicações informáticas.

Assim o meu dia “normal” é feito a criar código para que as aplicações utilizadas no universo FCUL sejam melhoradas e estejam funcionais.

O que é que mais gosta de fazer na unidade onde está inserido?

RB - A programação embora muito diferente do design tem coisas em comum e a que mais aprecio é o desafio de criar soluções para um problema.

A satisfação que se sente quando se ultrapassa um desafio é sempre muito compensadora. Também o trabalho em equipa que este tipo de função exige é algo que aprecio, assim como a aprendizagem constante que faz com que exista evolução nos procedimentos do dia-a-dia e minimize a instalação de rotinas.

Há alguma coisa que não aprecia na sua rotina profissional?

RB - Sim, os chamados bugs informáticos que em alguns momentos me fazem ir para casa a remoer o porquê de algo não estar a funcionar.

Também existem tarefas mais “mecanizadas” que se tornam pouco apelativas de realizar, mas creio que são poucas as profissões onde tal não ocorre.

Na sua opinião o melhor da Faculdade é…?

RB - Sem dúvida, as pessoas e falo com algum conhecimento de causa, pois já passei pela DOGI, Centro de Biologia Ambiental e desde 2008 na Unidade Informática (agora denominada de DSI). Além dos diferentes locais onde estive a trabalhar, as funções que desempenhei também me levam ao contacto com muito do universo da FCUL, desde departamentos a outras unidades orgânicas, e não tenho memórias menos positivas das inúmeras interações que tive a nível profissional e pessoal com muitos dos meus colegas de Faculdade.

E o melhor da Administração Pública, o que é?

RB - O serviço público - bem prestado - é crucial numa sociedade.

Se tivesse que escolher um adjetivo para se descrever, qual seria a palavra escolhida?

RB - Determinado.

Porquê?

RB - Porque não desisto enquanto não consigo aquilo a que me proponho.

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

DESAFIO SOCIETAIS 1, 2 E 5: HEALTH, BIO-ECONOMY, CLIMATE ACTION

IV Jobshop

“Os alunos e os responsáveis pelos recursos humanos das empresas participantes poderão dialogar e assim trocar informações úteis acerca dos métodos, oportunidades e critérios de recrutamento utilizados”, informa o presidente da AEFCL, Eduardo Matos.

Logotipo Cost

A próxima reunião do Comité COST, área de Chemistry and Molecular Sciences and Technologies realiza-se em  setembro, em Lisboa. Durante esse acontecimento a organização local prevê estudar, juntamente com os atuais e os antigos delegados a ações COST, novas formas de incrementar a participação portuguesa no Horizonte 2020.

“A parceria que temos [com a FCUL] contribuiu em larga escala para o desenvolvimento da Science4you”, comenta Miguel Pina Martins, a propósito do sucesso da empresa que soma novos galardões: o “Business Internationalization Award” e os Prémios Novos, na categoria Empreendedorismo.

Instituto Dom Luiz – University of Lisbon and the Center of Geophysics of the University of Coimbra invite applications for one Post-Doctoral research position. The post-doctoral researcher will be integrated in project QuakeLoc‐PT.

Sessão de esclarecimento sobre os mestrados no GeoFCUL 2013/14

Sessão de esclarecimento sobre os mestrados em Geologia 2013/2014 do GeoFCUL

 

17 Maio (sexta-feira), 10h00-11h30, sala 6.2.47

 

Terá a presença dos coordenadores:

Rosto de Luísa Canto e Castro Loura

Conciliar e anonimizar as mais extensas bases de dados da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência é uma tarefa com várias etapas, que se prevê estar finalizada no decorrer do quarto trimestre de 2013.

Aldeia mineira do Lousal

Até ao momento os Prémios GeoConservação já distinguiram a ação das autarquias de Idanha-a-Nova, Valongo, Cantanhede, Arouca, Porto, Alcanena, Rio Maior e das associações de municípios Natureza e Tejo e dos Açores.

Anfiteato 3.2.14

Durante a sessão comemorativa do 102.º aniversário da FCUL, alguns dos melhores alunos da FCUL sorriram e encantaram com os seus depoimentos, num trabalho multimédia apresentado durante o evento.

Cerca de 93 alunos, agrupados em equipas de três elementos, realizaram as provas teóricas e experimentais nas instalações da FCUL.

No âmbito da disciplina de Estatística Ciência e Sociedade, a Profª Dirce Monteiro do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade Técnica de Lisboa, proferirá, no dia 23 de Abril (3ª feira) pelas 14:30, na sala 6.4.30,&n

Logotipo Dia da FCUl 2013

A FCUL foi criada no século XX, a 19 de abril de 1911, pouco mais de cem anos após o surgimento da primeira escola classificada como tal, a Universidade de Berlim, na Alemanha, em 1810. Em 2013 Ciências comemora 102 anos.

 

Manuel Nunes Marques

Manuel Nunes Marques, antigo diretor do Observatório Astronómico de Lisboa e professor aposentado do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia da FCUL, faleceu durante a madrugada de 18 de abril. A missa de corpo presente realiza-se esta quinta-feira, pelas 19h00, na Igreja Nossa Senhora Conceição dos Olivais Sul, em Lisboa. O funeral realiza-se a 19 de abril, pelas 15h00, na Igreja de Santo António das Areias, no concelho de Marvão. Aos familiares, amigos e colegas, a FCUL apresenta as sinceras condolências.

património + educação = identidade

A Geometria na Politécnica, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

 

Carlos Rafael Borges Mendes

O interesse pelas ciências e tecnologias surgiu ainda no liceu, tendo optado por prosseguir os estudos na área da Biologia, em parte por influência de duas professoras dessa disciplina.

Visitas guiadas à  Exposição Formas & Fórmulas

13 de abril 11h30-13h00

11 de maio 11h30-13h00

Diálogos com Formas & Fórmulas

11 de abril 18h

No próxima quinta-feira, 11 de Abril, a FCUL e em particular, o Departamento de Informática, vão ser "invadidos" pelos alunos do secundário. Para visitar o DI-FCUL já temos cerca de 200  alunos inscritos.

Maqueta do Campus Sustentável da UL

As expetativas da equipa da Universidade Verde só podiam ser elevadas: as verbas alcançadas no âmbito desta iniciativa serão usadas para implementar medidas de eficiência energética, já identificadas nas auditorias realizadas.

Trial para todos os membros da b-on

 

“No stand da FCUL descobrimos áreas que não sabíamos sequer que existiam e que agora vamos querer pesquisar, já valeu a pena ter vindo. Vamos ter mais informação e hipóteses para ponderar!”, declarou um grupo de alunos da Escola Salesiana de Manique a visitar a banca da FCUL na Futurália.

Rosto de Fernando Ramos

“A maioria das instituições de ensino superior em Portugal têm qualidade superior às do Brasil, contrariando de forma que não deixa dúvidas a 'recomendação' do Governo brasileiro”, escreve Fernando Ramos num artigo publicado no jornal "Público" no passado dia 26 de março.

Páginas