Descoberto novo ciclo de supermarés

Marés

Investigadores de Ciências identificaram um novo ciclo global de marés que ocorre ao longo de grandes escalas de tempo geológico

João Duarte

Os continentes separam-se e juntam- se em ciclos de cerca de 500 milhões de anos. O estudo “Is there a tectonically driven super-tidal cycle?”, publicado na revista científica Geophysical Research Letters da American Geophysical Union, propõe a existência de um ciclo de supermarés associado a este ciclo dos supercontinentes, anunciou recentemente a Faculdade em comunicado de imprensa.

O que são supermarés?

As supermarés são marés com grande amplitude, numa linguagem simples são marés muito altas. No presente, o Oceano Atlântico tem marés com grande amplitude quando comparadas com as de outros oceanos. Isto acontece porque atualmente as marés no Oceano Atlântico encontram-se em ressonância com as dimensões da bacia oceânica.

“A evolução da disposição dos continentes controla a forma e a largura dos oceanos e esta variação ao longo do tempo faz com que a marés passem por um ou mais períodos em que estas entram em ressonância com as dimensões de um determinado oceano: uma supermaré”, explica João Duarte, um dos autores do artigo e investigador do Departamento de Geologia e do Instituto Dom Luiz. A research letter é assinada ainda por Mattias Green, Joe Molloy e Hannah Davies.

Para chegarem a esta conclusão os investigadores modelaram, usando supercomputadores, a evolução dos continentes durante um ciclo completo dos supercontinentes - desde a dispersão da Pangeia, há 250 milhões de anos, até à formação do próximo supercontinente Aurica, daqui a 250 milhões de anos.

Os resultados agora publicados demonstram que o ciclo das supermarés tem implicações importantes para a compreensão do clima, da evolução da vida na Terra e para as teorias da formação da Lua. “É sabido que as marés afetam as correntes oceânicas, que por sua vez têm um papel essencial na regulação do clima da Terra”, conta João Duarte, acrescentando que também têm um papel fundamental no transporte de nutrientes (essenciais à vida) dos continentes para os oceanos e na sua dispersão; e a sua intensidade determina a velocidade de afastamento da Lua da Terra.

O grupo prossegue com o estudo dos diversos aspetos relacionados com este ciclo das supermarés. Atualmente estão a investigar a possibilidade do aparecimento da vida terrestre (os tetrápodes) no Devónico estar relacionado com um destes períodos de supermarés. Hannah Davies, aluna do programa doutoral Earthsystems, está a estudar este tipo de registo geológico e paleontológico e se terá sido deixado pela ocorrência destas supermarés no passado. Nesse trabalho é orientada por João Duarte e Mattias Green.

“A compreensão deste ciclo das supermarés é determinante no nosso entendimento da evolução do sistema Terra/Lua. Por exemplo, este estudo contribui para a resolução de um enigma antigo sobre a idade da Lua: a datação da idade das rochas da Lua não coincide com a idade prevista pelos modelos existentes, que preveem uma idade da Lua mais recente. O modelo agora apresentado aponta para valores de idade da Lua mais próximos dos das datações. A ideia de que a disposição dos continentes afeta o sistema Terra/Lua através das marés é fascinante!” João Duarte

 

Ana Subtil Simões e Raquel Salgueira Póvoas, Área de Comunicação e Imagem de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

No dia 12 de Julho foram feitas as apresentações de quatro trabalhos feitos no âmbito da disciplina de Projecto em Matemática para o Ensino do Mestrado em Matemática para Professores.

A Universidade de Lisboa e a Fundação Amadeu Dias estão a atribuir bolsas aos alunos de 1º Ciclo de qualquer área do saber, leccionado na Universidade de Lisboa e que já tenham concluído o 1.º ano curricular, ou alunos que frequentem&n

Em 18 anos, o Programa de Estímulo à Investigação premiou 34 jovens investigadores e 19 instituições da Universidade de Lisboa. Na última edição, dos oito premiados, três são jovens cientistas da FCUL. As candidaturas à próxima edição decorrem até 21 de setembro.

Cartaz do Seminário

No dia dia 16 de Julho, pelas 11H00, na sala 6.4.30, realizar-se-á um Seminário organizado pelo Centro de Investigação Operacional com o título 'Lagrangian-Based Branch-and-Bound for Two-Echelon Uncapacitated Facility Location with Single Assignment Cons

Os resultados das experiências ATLAS e CMS divulgados recentemente pelo CERN, também foram apresentados publicamente na FCUL, numa sessão organizada pela professora do Departamento de Física Amélia Maio, a responsável pela participação portuguesa na experiência ATLAS.

Apresentações dos Projectos de Física dia 19 de Julho, às 10h, na sala 8.2.17:

O que faz o profissional que passa os seus dias no laboratório? E quem se dedica a resolver equações ou a estudar animais e plantas? Cinquenta alunos da associação EPIS descobriram as respostas a estas e a outras questões.

Servidor da FCUL

O projeto de reestruturação do Centro de Dados da FCUL, iniciado em junho, deverá estar concluído no próximo mês de setembro.

Duas pessoas fazem uma experiência no laboratório

A Faculdade de Ciências abre as portas dos seus laboratórios a 50 jovens, vindos de diferentes pontos do País, para mais uma edição da “Rota das Vocações de Futuro” da EPIS.

Apesar de ser uma das áreas mais recentes da FCUL, atualmente é uma vertente da ciência portuguesa em franca expansão.

“Um trabalho que reflita sobre o passado de uma instituição, ou o passado da ciência em Lisboa ou em Portugal, é sempre algo de muito importante para repensarmos o nosso trajeto”. A afirmação feita pela historiadora das ciências, Ana Simões, a propósito de um dos muitos projetos em curso é reveladora da importância, que a preservação do património científico tem na sua vida.

Kostas Gavroglu e Ana Simões assinam o primeiro livro “Neither Physics nor Chemistry: A History of Quantum Chemistry” sobre a emergência da disciplina Química Quântica, o pretexto ideal para conversar com a autora portuguesa.

O Grupo Azevedos oferece estágio profissional remunerado a recém licenciado na área da Estatística ou Matemática. Os interessados devem enviar a candidatura para

A edição deste ano d´O Botânico, uma revista propriedade da Associação Íbero-Macaronésica de Jardins Botânicos já se encontra online.

O Centro de Informática migrou todo o sítio antigo para o novo Portal da FCUL.

O Centro de Informática colocou em produção, durante a ultima semana de Maio, um equipamento de rede central na arquitectura de comunicações da FCUL.

Na Licenciatura em Matemática (LM) da FCUL, o leque de opções do 3º ano da LM foi alargado e passou a incluir as seguintes disciplinas, que estarão já disponíveis no ano lectivo de 2012/13:

 

 

Em exibição no:

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

1 de Junho de 2012 a 28 de Abril de 2013

 

 

Os cadernos e as comissões eleitorais estão publicitados no portal da FCUL, assim como o Despacho D/101/2012, que integra o calendário de eleições.

A eleição do Presidente do Departamento de Física  terá lugar de 3 a 5 de Julho de 2012

Comissão Eleitoral

Informações úteis:

Constituição da Comissão Eleitoral

A festa dos finalistas de Geologia juntou familiares, amigos, colegas e professores.

Conforme o despacho D/101/2012,  as eleições para a Presidência do Departamento de Informática, irão decorrer entre 3 e 5 de Julho de 2012 na secretaria do departamento.

Páginas