Descoberto novo ciclo de supermarés

Marés

Investigadores de Ciências identificaram um novo ciclo global de marés que ocorre ao longo de grandes escalas de tempo geológico

João Duarte

Os continentes separam-se e juntam- se em ciclos de cerca de 500 milhões de anos. O estudo “Is there a tectonically driven super-tidal cycle?”, publicado na revista científica Geophysical Research Letters da American Geophysical Union, propõe a existência de um ciclo de supermarés associado a este ciclo dos supercontinentes, anunciou recentemente a Faculdade em comunicado de imprensa.

O que são supermarés?

As supermarés são marés com grande amplitude, numa linguagem simples são marés muito altas. No presente, o Oceano Atlântico tem marés com grande amplitude quando comparadas com as de outros oceanos. Isto acontece porque atualmente as marés no Oceano Atlântico encontram-se em ressonância com as dimensões da bacia oceânica.

“A evolução da disposição dos continentes controla a forma e a largura dos oceanos e esta variação ao longo do tempo faz com que a marés passem por um ou mais períodos em que estas entram em ressonância com as dimensões de um determinado oceano: uma supermaré”, explica João Duarte, um dos autores do artigo e investigador do Departamento de Geologia e do Instituto Dom Luiz. A research letter é assinada ainda por Mattias Green, Joe Molloy e Hannah Davies.

Para chegarem a esta conclusão os investigadores modelaram, usando supercomputadores, a evolução dos continentes durante um ciclo completo dos supercontinentes - desde a dispersão da Pangeia, há 250 milhões de anos, até à formação do próximo supercontinente Aurica, daqui a 250 milhões de anos.

Os resultados agora publicados demonstram que o ciclo das supermarés tem implicações importantes para a compreensão do clima, da evolução da vida na Terra e para as teorias da formação da Lua. “É sabido que as marés afetam as correntes oceânicas, que por sua vez têm um papel essencial na regulação do clima da Terra”, conta João Duarte, acrescentando que também têm um papel fundamental no transporte de nutrientes (essenciais à vida) dos continentes para os oceanos e na sua dispersão; e a sua intensidade determina a velocidade de afastamento da Lua da Terra.

O grupo prossegue com o estudo dos diversos aspetos relacionados com este ciclo das supermarés. Atualmente estão a investigar a possibilidade do aparecimento da vida terrestre (os tetrápodes) no Devónico estar relacionado com um destes períodos de supermarés. Hannah Davies, aluna do programa doutoral Earthsystems, está a estudar este tipo de registo geológico e paleontológico e se terá sido deixado pela ocorrência destas supermarés no passado. Nesse trabalho é orientada por João Duarte e Mattias Green.

“A compreensão deste ciclo das supermarés é determinante no nosso entendimento da evolução do sistema Terra/Lua. Por exemplo, este estudo contribui para a resolução de um enigma antigo sobre a idade da Lua: a datação da idade das rochas da Lua não coincide com a idade prevista pelos modelos existentes, que preveem uma idade da Lua mais recente. O modelo agora apresentado aponta para valores de idade da Lua mais próximos dos das datações. A ideia de que a disposição dos continentes afeta o sistema Terra/Lua através das marés é fascinante!” João Duarte

 

Ana Subtil Simões e Raquel Salgueira Póvoas, Área de Comunicação e Imagem de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Fotografia de alunos procuram informações junto a uma banca no átrio do C3

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Páginas