Ciências ULisboa prepara próximo ano letivo

Recomendações para a organização pedagógica de 2020/2021 no site da Faculdade

Ciências ULisboa criou uma comissão composta por alunos, professores, membros da Direção e do Conselho Pedagógico com o objetivo de propor alterações ao modelo de ensino/aprendizagem e de funcionamento das atividades letivas para o próximo ano letivo

Ciências ULisboa

No próximo ano letivo, Ciências ULisboa irá utilizar novos modelos de ensino/aprendizagem, todos com horas de contacto entre docentes e alunos, mas que se diferenciam pela existência e forma da componente presencial, anunciou a Faculdade em comunicado de imprensa esta terça-feira.

O documento “Recomendações para a Organização do Ano Letivo 2020/2021” foi apresentado ao corpo docente em geral e aos coordenadores dos cursos e presidentes dos vários departamentos. O conjunto de sugestões a implementar pelos docentes para o planeamento do próximo ano letivo 2020/2021 também foi dado a conhecer aos alunos da Faculdade

“Não estamos a converter-nos para ensino à distância, só estamos a reagir às condições, por forma a assegurar a melhor qualidade de ensino possível face as restrições e imprevisibilidade e à necessidade de assegurar um ambiente seguro com a menor probabilidade de contágio”, comenta Hugo Miranda, subdiretor da Faculdade e um dos membros desta Comissão, acrescentando: “não abdicamos do ensino presencial no que torna Ciências única - a forte componente experimental do seu ensino, pelo contrário, estamos a canalizar os nossos recursos nessa direção. Estamos a reorganizar os horários por forma a diminuir o número de dias que os alunos irão ao campus, mas garantindo que todos os alunos têm algumas aulas presenciais”.

Ciências ULisboa criou uma comissão composta por alunos, professores, membros da Direção e do Conselho Pedagógico com o objetivo de propor alterações ao modelo de ensino/aprendizagem e de funcionamento das atividades letivas para o próximo ano letivo 2020/2021. As recomendações desta Comissão passam pela priorização do ensino presencial na lecionação das aulas com forte componente experimental; pela redução da carga letiva presencial e reforço do estudo autónomo nas aulas teóricas e teórico-práticas; pela concentração das aulas presenciais de cada aluno no menor número de dias possível; e, por fim, que se assegure o contacto presencial com todos os alunos.

“O ensino à distância não representa necessariamente uma perda de qualidade. O período de confinamento mostrou-nos que é possível assegurar muitas das atividades de ensino com qualidade e sem perda do tempo de contacto com os alunos.”
Hugo Miranda

ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas