Opinião

O contributo de Ciências para a adaptação da praia do Porto Santo às alterações climáticas

Modelo digital de superfície da duna de Porto Santo, com evidência da perturbação da duna frontal atualmente sujeita a deflação eólica

Modelo digital de superfície da duna de Porto Santo, com evidência da perturbação da duna frontal atualmente sujeita a deflação eólica

Imagem cedida pela autora
Ana Nobre Silva
Ana Nobre Silva
Fonte ACI Ciências ULisboa

Ciências ULisboa integra o consórcio do projeto LIFE DUNAS que prevê a requalificação e restauro da morfologia dunar na praia do Porto Santo, Madeira, no âmbito do programa LIFE Climate Change Adaptation.

Os investigadores da Ciências ULisboa orgulham-se em participar neste projeto coordenado pela Secretaria Regional de Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas da Região Autónoma da Madeira, que conta com conjunto alargado de instituições (e pessoas) muito empenhadas na proteção ecológica e ambiental dos sistemas costeiros e, neste caso particular, ativamente envolvidas no melhoramento da resiliência do sistema costeiro de Porto Santo face às alterações climáticas.

Uma das principais causas de erosão costeira resulta da persistência de deficit sedimentar isto é, um contexto no qual a quantidade de areia que aflui ao sistema costeiro é insuficiente para compensar aquela que sai do sistema. Este desequilíbrio perturba a dinâmica morfológica dos sistemas praia-duna, caracterizados por elevado dinamismo e mobilidade sedimentar. Esta perturbação no balanço sedimentar pode ter causas naturais ou antrópicas, e será seguramente amplificada com a subida do nível médio do mar, esperada nas próximas décadas. Contudo, a adoção de estratégias de gestão sedimentar sustentáveis que ativamente promovam a introdução de “nova” areia no sistema costeiro pode constituir contributo muito relevante para minimizar este desequilíbrio.

Neste sentido, o projeto LIFE DUNAS tem como principal objetivo a reconstrução morfológica da duna frontal, perturbada por ação antrópica durante o século XX. Para este efeito utiliza-se areia dragada da plataforma insular interna do Porto Santo, e adotam-se as melhores práticas ambientais, baseadas na Natureza (Nature-based solutions), para maximizar a adaptação deste ecossistema costeiro às alterações climáticas.

Outras ações relevantes do projeto são a (re)vegetação dunar com flora nativa, o controlo de espécies invasoras, a recuperação de práticas agrícolas e culturais associadas ao cultivo de vinha no tardoz das dunas, bem como a consciencialização da população local e visitantes sobre os valores ecológicos e ambientais dos sistemas costeiros.

O envolvimento dos investigadores da Faculdade no LIFE DUNAS relaciona-se especialmente com a reconstrução dunar, desde a seleção e caracterização dos locais de dragagem de sedimentos ao desenho da duna artificial, passando pela caracterização do estado inicial (imagem), aconselhamento ao projeto de reconstrução, e monitorização da evolução natural da duna reconstruída, ao longo de cinco anos.

Nota da Redação: Ana Nobre Silva, investigadora do Instituto Dom Luiz, é responsável deste projeto na Faculdade.

Ana Nobre Silva, IDL Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas