Opinião

Ensino da Bioquímica em Portugal

Primeira prova das OUB

Primeira prova das OUB

DQB Ciências ULisboa
Rosto de Francisco Pinto
Francisco Pinto
Imagem cedida por DQB Ciências ULisboa

A primeira licenciatura em Bioquímica em Portugal iniciou-se há 40 anos na Universidade de Coimbra e um ano depois nas Universidades de Lisboa e do Porto.

Em 1996, quando entrei em Bioquímica na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (Ciências ULisboa), existiam apenas quatro licenciaturas no país com um número total de vagas de 140. Éramos poucos e, frequentemente, passávamos pelo embaraço de tentar explicar a amigos e familiares o que era a Bioquímica.

“O bom desempenho nestas provas é um reflexo da qualidade dos nossos alunos e da formação em Bioquímica da Faculdade.”
Francisco Pinto

Hoje existem 12 licenciaturas de Bioquímica em Portugal com um total de 615 vagas. Este crescimento da comunidade estudantil permitiu alcançar um dinamismo importante, principalmente entre os núcleos de estudantes das várias universidades. Em conjunto, organizam anualmente o Encontro Nacional de Estudantes de Bioquímica que irá decorrer em abril na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

No final de 2019 avançaram com nova iniciativa: as Olimpíadas Universitárias da Bioquímica (OUB). Com o apoio da Sociedade Portuguesa de Bioquímica e de docentes de várias instituições do país, prepararam uma prova escrita desafiante que foi realizada por 96 estudantes (18 da Ciências ULisboa) de oito licenciaturas de Bioquímica. Os estudantes que obtiveram as 40 melhores classificações vão participar na fase final que decorrerá entre 14 a 16 de fevereiro em Coimbra, com nova prova escrita, palestras, workshops e, claro, muito convívio. Foram selecionados 11 alunos da Faculdade, sendo a nossa licenciatura a mais representada na fase final. O bom desempenho nestas provas é um reflexo da qualidade dos nossos alunos e da formação em Bioquímica da Faculdade.

 

Francisco Pinto, professor do DQB Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Energias renováveis

O Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia organiza a 27 de março, entre as 12h00 e as 13h00, na sala 8.2.47, no campus de Ciências, o seminário "Energias fósseis, o que temos e para onde vamos", proferido por Nuno Pimentel, docente do Departamento de Geologia de Ciências e investigador do Centro de Geologia da Universidade de Lisboa, desde 1989.

Ensino da Paleontologia: Novas abordagens

Candidaturas online abertas até 31 de Março!

No Dia do Patrono da Escola Secundária Stuart Carvalhais, Ciências participou nas atividades científicas da instituição com a presença de elementos dos Departamentos de Física e de Química e Bioquímica.

Pode a eficiência energética induzir práticas que levam a um aumento do consumo de energia por parte das famílias?

Henrique Costa

Henrique Regateiro Machado e Costa faleceu no passado dia 14 de Fevereiro.

Secção Autonoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL

Hasok Chang, Prémio Fernando Gil

A RIGC – Rede de Informação da Indústria do Grande Consumo, empresa de consultores especializada na realização de trabalhos de consultoria n

Consulte as ofertas de emprego do Departamento de Estatística e Investigação Operacional.

A empresa Grupo Actuarial oferece estágios remunerados na área da Estatística/Probabilidades ou Matemática.

Para mais informações consultar:

RIGC – Rede de Informação da Indústria do Grande Consumo, empresa de consultores especializada na realização de trabalhos de consultoria na área de do Grande Consumo procura Analista de Dados Júnior(m/f).

Maksen é uma multinacional organizada em unidades de negócios, a fim de prestar serviços de consultoria em estratégia e redes de negócios, sistemas de informação, engenharia e comunicação e neste momento procura

Das 121 candidaturas admitidas para avaliação no âmbito do concurso para a criação do Rnie, somente 54 foram recomendadas a integrar o roteiro, dez delas incluem a presença de Ciências, sendo que cinco são lideradas por investigadores da faculdade.

Maria Helena Florêncio, Jorge Miguel Miranda, Henrique Cabral e António Branco apresentam infraestruturas de investigação de interesse estratégico para Portugal.

Gonçalo Costa Gomes Amaral

"Não se deve deixar que a sua memória seja esquecida, pois é através de tudo o que ele passou e viveu entre nós que vai continuar a viver e a iluminar tudo aquilo que fizermos", declararam em comunicado a AEFCL e o Conselho de Veteranos de Biologia.

A empresa Grupo Actuarial oferece estágios remunerados na área da Estatística/Probabilidades ou Matemática.

Mapa

A recomendação de inclusão da Clarin Portugal no Roteiro Nacional de Infraestruturas de Investigação de Interesse Estratégico (Rnie) representa um passo da maior importância para a internacionalização da língua portuguesa e para a sua preparação para a era digital. 

O Seminário Diagonal realiza-se dia 17 de março, pelas 18h00, na FCUL, no anfiteatro 6.2.53.

Henrique Cabral

Investigadores de seis universidades portuguesas criam novo centro de investigação em ciências marinhas: o Mare.

Candidaturas decorrem até 21 de março de 2014.

Após as audiências pública e privada dos candidatos a diretor, o Conselho de Escola elegeu com maioria absoluta, no dia 26 de fevereiro, a candidatura do professor do Departamento de Química e Bioquímica, frisando na ocasião “o empenho de ambos os candidatos no enriquecimento da discussão e definição dos problemas e desafios que a FCUL enfrenta”.

Jornadas e-Planning

“O objetivo das jornadas é refletir e debater as grandes prioridades e desafios societais que enfrentamos”, diz Pedro Ferraz de Abreu, dinamizador da iniciativa.

Filipe Duarte Santos aceitou coordenar a equipa que vai avaliar a estratégia de gestão da zona costeira nacional, “porque é um serviço para o meu país numa área em que tenho algum conhecimento e experiência”, na sequência do convite feito pelo ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva.

Ciências em Movimento - Laboratório Biologia Animal

“Não conhecia a Faculdade e estou a gostar. Nunca tinha aberto um peixe! Acho que é importante fazer parte deste tipo de iniciativas para que quem queira seguir [a área das ciências], tenha contacto com a realidade antes de fazer a sua escolha”, declarou Alexandra Monteiro, aluna do 12.º ano de Biologia da Escola Secundária Dona Filipa de Lencastre.

Páginas