Lançamento do projeto Barrocal-Cave marca novo capítulo na Conservação da Biodiversidade em Portugal

Lançamento do projeto Barrocal-Cave marca um novo capítulo na Conservação da Biodiversidade em Portugal

O prestigiado Palácio Gama Lobo foi o cenário escolhido para o lançamento do projeto Barrocal-Cave, financiado pelo Prémio Fundação Belmiro de Azevedo 2023. Este projeto visa a preservação e a monitorização contínua do hotspot de biodiversidade subterrânea no Algarve, reconhecido mundialmente pela sua importância ecológica.

A cerimónia foi marcada pela assinatura de um protocolo de colaboração entre CIÊNCIAS e a Câmara Municipal de Loulé, que detém a propriedade do terreno onde se localiza a cavidade subterrânea.

Luís Carriço, Diretor de CIÊNCIAS, destacou a importância das autarquias e do poder local, referindo que “a investigação aliada à contribuição para a sociedade é um dos fundamentos que valorizamos em CIÊNCIAS. É esta característica que nos capacita a integrar e liderar projetos colaborativos como este. A assinatura deste protocolo, entre CIÊNCIAS e a Câmara Municipal de Loulé é o testemunho da nossa dedicação conjunta à pesquisa científica e à conservação ecológica. Este ato simboliza o início de uma parceria que visa não apenas a proteção da gruta e das suas espécies, mas também a promoção da sustentabilidade ambiental e o avanço do conhecimento científico”.

Ana Sofia Reboleira assume a liderança deste que “oferece uma oportunidade única de contribuir para a conservação de um património natural único no panorama mundial, repleto de espécies endémicas, exclusivas de Portugal. Espécies que guardam a identidade de um território e a memória da evolução biológica ao longo de milhares de anos. Ao mesmo tempo, este investimento da Fundação Belmiro de Azevedo-Fundação para a Ciência e Tecnologia, permitirá que uma equipa multidisciplinar possa desenvolver ciência de ponta e contribuir para a preservação de um legado biológico para as gerações vindouras”, refere a professora e investigadora de CIÊNCIAS.

O projeto tem como parceiros a Universidade Lusófona e a Universidade do Algarve, e o apoio da Câmara Municipal de Loulé, do Centro Ciência Viva do Algarve e do Aspiring Geoparque Algarvensis, estando ainda previstas a integração de outras colaborações nacionais e internacionais.

Com este projeto, Portugal reafirma o seu compromisso com a sustentabilidade ambiental e o avanço do conhecimento científico, promovendo a proteção e o estudo de um dos seus mais valiosos tesouros naturais.

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Páginas