Opinião

Ciências ULisboa junta-se à Biodata.pt para valorizar os dados biológicos obtidos da sua investigação

Worldwide connection technology interface. Global Strategy Virtual Icon.Innovation Graphs Interface

A Biodata.pt está a recolher manifestações de interesse. Os afiliados da Faculdade podem participar

Storyblocks

A BioData.pt é uma associação privada sem fins lucrativos constituída por 12 organizações portuguesas, que opera a infraestrutura distribuída portuguesa de dados biológicos e o nó português ELIXIR. A BioData.pt tem como missão apoiar o sistema científico nacional através da promoção, formação técnica e apoio às melhores práticas de gestão e análise de dados, identificando necessidades e apresentando soluções nas áreas da Computação Avançada (HPC), Gestão de Dados, Bioinformática e Software.

Vivemos a era dos dados na investigação científica e muito em particular nas Ciências da Vida. Nas últimas duas décadas o volume de dados biológicos produzido disparou, graças ao desenvolvimento de técnicas laboratoriais de elevado rendimento e à explosão da Bioinformática. Perante esta elevada quantidade de dados produzida, aumentaram também as necessidades de gestão, armazenamento, partilha e análise computacional integrada, que muitas vezes ficam sem resposta adequada. Para responder a esta necessidade, a Faculdade  aderiu, como associado fundador, à Biodata.pt.

A participação da Faculdade nesta associação é de elevada importância e valor estratégico. Para além de possibilitar a participação ativa na criação de novas ferramentas para impulsionar a investigação em comunidades específicas, permite o acesso a serviços de gestão, recolha, análise e partilha de dados biológicos, promovendo o alinhamento com as políticas de dados abertos e a valorização da investigação científica. Estes benefícios serão ainda mais relevantes tendo em conta a implementação de políticas de open science da Comissão Europeia (CE), incluindo a obrigação de tornar Fair - Findable, Accessible, Interoperable and Re-usable data -  todos os dados gerados a partir da investigação financiada direta ou indiretamente pela CE. Os membros dos associados da BioData.pt podem participar nestas atividades através de três instrumentos operacionais: comunidades, plataformas e grupos de foco.

A Biodata.pt está a recolher junto dos associados manifestações de interesse . Qualquer afiliado da Ciências ULisboa pode participar nos grupos de trabalho da BioData.pt, bastando para tal expressar a sua intenção no formulário.

As comunidades reúnem especialistas de todo o país para colaborarem no desenvolvimento de normas, serviços e formação técnica em domínios específicos das Ciências da Vida, interagindo com as plataformas para garantir que os serviços computacionais desenvolvidos por estas são úteis e estão acessíveis.

As plataformas reúnem especialistas nas áreas da Computação Avançada, Gestão de Dados e Bioinformática/Biologia Computacional dedicados à definição de estratégias e desenvolvimento de serviços e formação técnica. As plataformas dão resposta às necessidades identificadas pelas comunidades.

Os grupos de foco são estruturas ágeis e multidisciplinares que reúnem as partes interessadas em torno de um determinado tema. Normalmente, são utilizados para abordar áreas de interesse emergentes e identificar linhas estratégicas nessas áreas.

Num estudo recente efetuado pela BioData.pt a nível nacional, mais de metade dos investigadores da área das Ciências da Vida e da Saúde inquiridos reportou não ter acesso a serviços ou formação em Gestão de Dados, apesar de identificar estas áreas como prioritárias. A BioData.pt disponibiliza mais de 20 ferramentas e serviços na área da análise e gestão de dados biológicos e promove o acesso a recursos do ELIXIR nesta área, podendo desempenhar um papel na facilitação da integração de dados em repositórios públicos ou na criação de repositórios próprios através de formação técnica, consultoria e apoio no uso desses serviços.

Convidamos a comunidade da Ciências ULisboa a participar ativamente nas atividades da BioData.pt, beneficiar dos seus serviços e valorizar os seus dados impulsionando a sua investigação.

Cátia Pesquita, Sofia Henriques, Vítor Sousa, Célia Miguel e Miguel Machuqueiro, cientistas Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Matéria escura

Um grupo de 19 cientistas, 14 deles investigadores do Centro de Física Nuclear da UL e do Instituto Tecnológico e Nuclear da UTL, publicaram recentemente novos resultados que contrariam as alegadas descobertas sobre a matéria escura.

PSMR2012 Conference

Estudante de doutoramento no IBEB ganha prémio para o melhor Poster

Tomás Aquino

Bolseiro do CFMC distinguido pela Fundação Calouste Gulbenkian

Imagem de Kairos em pedra

O próximo e quinto número da revista do Centro de Filosofia das Ciências da UL é lançado em novembro. A submissão de textos termina a 30 de setembro.

Encontra-se aberto concurso para bolsa de estágio na área de suporte aos laboratórios letivos e de investigação do Departamento de Informática da Faculdade de Ciências.

Simulação de uma proteína

Quatro lições sobre proteínas.  As investigadoras Maria José R. Gomes e Patrícia Faísca apresentam quatro razões para não faltar à quinta iniciativa do projeto Ciência na UL.

O Dr. Rui Lopes ex-aluno do Departamento de Informática e investigador no LASIGE, actualmente a trabalhar na Google, foi um dos responsáveis da equipa de desenvolvimento do doodle de hoje (23 de Maio).

A Investigação dos Doutores de Amanhã

Lâmpada

"O objetivo é partilhar com os colegas das outras faculdades a experiência que tivemos, e estamos a ter, com a implementação do modelo de gestão por objetivos, assente na identificação dos processos", diz Ana Rocha, secretária-coordenadora da FCUL.

Vários círculos com várias cores

A reunião de entrada livre e sujeita a prévia inscrição inclui sessões plenárias e workshops sob o tema genérico “Prosseguir a excelência, promovendo as competências da UL”.

Produtos alimentares

“Partilhar o que se tem pode ser um convite a algum sacrifício – mas a solidariedade não pode ser só um sentimento, tem de ser um compromisso de ação”, refere Graça Vieira, professora aposentada da FCUL, a propósito da campanha "Vamos dar com o coração".

Plantas em vasos

Hoje é um dia fascinante. Dia de nos fascinarmos com as plantas, com a sua beleza, com o que nos dão, e nos possibilitam – a vida tal como a conhecemos.

Flor sujeita a tratamento para expressão de um gene

Nesta época do ano, não há nada que mais nos descanse o espírito como um campo repleto de cores: branco, amarelo, lilás, vermelho, com flores de diferentes tamanhos e odores.

Seminário do DF

Anúncio de Seminário do DF

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 (uma) Bolsa de Investigação, no âmbito do projecto de investigação “Erro de não-resposta nas sondagens telefónicas com telemóveis: causas, efeitos e correcçã

Para marcar uma visita ao novo lugar destinado ao estudos das ciências e das artes basta telefonar ou enviar um email.

Fascination of Plants Day - 18 de maio de 2012.

A reportagem multimédia realizada no âmbito da UL Open Night inclui declarações de Sofia Cruz, coordenadora do Núcleo de Comunicação da Reitoria da Universidade de Lisboa (RUL), Isabel Tadeu, coordenadora do Núcleo

A ação de voluntariado acontece entre 26 e 27 de maio. Inscreva-se até dia 18 de maio, através do site UL Alimenta esta Ideia.

 

Anfiteatro da FCUL

Miguel Yus, professor da Universidade de Alicante, recebe o galardão na primeira de cinco conferências proferidas pelo premiado em Portugal.

A Direção de Marketing e Comunicação da RTP oferece estágio remunerado na Área de Audiências e Estudo de Mercado a alunos recém licenciados ou mestrandos em Matemática A

A exposição "O Cálculo de Ontem e de Hoje" está, agora, disponível em versão itinerante.

De 3 a 28 de Maio está patente na "Academia Sénior da Cruz Vermelha Portuguesa-Delegação de Lisboa".

Seminário "Serendipity and The Ups and Downs of Synthesis", apresentado pelo Prof.

Olho verde

Palestras, visitas, exposições e muitas experiências são algumas das atividades previstas.

Páginas