FCUL no mundo do trabalho

“Aprender fazendo”

Imagem cedida por Rafael Soledade

Portal de Emprego da FCUL

Investir na inserção profissional dos alunos de Ciências é uma das fortes apostas da FCUL. Para isso, a Faculdade dispõe de um serviço de apoio na ligação entre os mundos empresarial e académico - o Portal do Emprego.Aqui, os alunos e os alumni da FCUL encontram oportunidades criadas por empresas inscritas na rede e cujo ramo de atividade contemple as áreas de formação da FCUL.
Para fazer parte deste portal, é necessário fazer o registo na página http://emprego.fc.ul.pt/. Depois, cada utilizador fica responsável pela gestão do seu perfil pessoal, bem como pela disponibilização do seu currículo e pela respetiva candidatura às ofertas. Para qualquer apoio necessário, existe uma equipa pronta a ajudar através de contacto presencial, ou por email emprego@fc.ul.pt ou telefone 21 750 00 00 (ext.: 25336).Bom trabalho!

Foi há cerca de um ano e meio que Rafael Soledade aceitou o desafio: combinar a formação académica com a atividade profissional. Em setembro de 2012, o aluno do Departamento de Informática da FCUL iniciava o estágio curricular na Accenture, empresa de consultoria global de gestão, serviços de tecnologia e outsourcing. O objetivo? Desenvolver a tese de mestrado em Engenharia Informática centrada na “Solução integrada de reconhecimento de veículos através de métodos baseados em vídeo”.

O tema surgiu em resposta à “baixa automatização no reconhecimento de matrículas nos Estados Unidos da América”. Assim, o projeto partiu da perceção de que, atualmente, “a validação automática dos dados de um veículo que passe num ponto de portagem eletrónico - onde é tirada uma foto ao veículo para depois serem enviados os dados de pagamento, ao invés da tradicional cobrança de portagem paga na hora -, é feito através de algoritmos de reconhecimento dos caracteres (OCR) presentes na imagem da matrícula” e, por isso, “o projeto consistiu essencialmente em desenvolver um método alternativo a este, chamado fingerprinting de imagens, que permite ter taxas de sucesso mais elevadas no reconhecimento e validação da matrícula, pois a identificação é feita com base em pontos de interesse visuais detetados na imagem”, explicou o informático.

O trabalho desenvolvido contribuiu para a abertura de um nicho de mercado já que, como explica o aluno, “[para além da diferenciação face à concorrência em relação ao] módulo de fingerprinting utilizado, trata-se de uma tecnologia state-of-the-art, ainda com muito poucas soluções implementadas a nível mundial. Neste campo, somos pioneiros”. A importância do projeto reforçou-se com a sua venda a um cliente nos EUA.

“Aprender fazendo”

Levado a cabo durante nove meses, a metodologia de trabalho centrou-se na leitura de documentação, desenho, implementação e realização de testes. Durante o processo, a fase de investigação e leitura de documentação bem como a fase de otimização do algoritmo, foram as principais dificuldades sentidas pelo aluno.

Para lá das dificuldades, o aluno enfatiza as diferentes aprendizagens adquiridas, como sendo o contacto com diversas frameworks e bibliotecas e o conhecimento de novas metodologias de planeamento de tarefas. Foi também neste contexto, o do “mundo do trabalho”, que Rafael aprendeu a importância de uma das “velhas máximas” dos professores- “isto vai ser-vos muito útil!” -, uma vez que, como contou, “o principal desafio de toda a experiência foi o contacto com as frameworks Java com que tive de trabalhar, pois implicou ter de relembrar e aplicar toda uma série de conceitos teóricos que aprendi durante o curso e que, de forma errada, muitas vezes achamos que não nos serão mais úteis após sairmos da faculdade”. Desta forma, afirma não ter dúvidas quanto à importância dos ensinamentos apreendidos em Ciências: “foi devido às bases de conhecimento que adquiri na FCUL que consegui por em prática tudo aquilo que foi proposto no decorrer do projeto. Caso contrário, a experiência teria sido muito menos positiva em todos os aspetos”.

Oportunidades à vista

Interessado, colaborante e sistemático. Estes são os adjetivos que, para António Ferreira, professor do DI-FCUL e orientador desta tese, melhor definem Rafael Soledade. Sobre a oportunidade “agarrada” pelo aluno, o professor reforça: “este caso de sucesso mostra as virtudes da simbiose entre a universidade e o meio empresarial, mesmo que por tempo limitado à duração da unidade curricular de dissertação/projeto em Engenharia Informática, e pode servir de base para inspirar futuros alunos do mestrado em Engenharia Informática e a comunidade académica em geral”. A mesma opinião é partilhada pelo aluno, que acrescenta: “(…) esta ligação [permite] esclarecer e desmistificar algumas ideias erradas que os alunos muitas vezes têm sobre o mundo do trabalho”.

Depois de entregar a tese, avaliada com 19 valores, o aluno foi admitido na empresa Accenture e continua a trabalhar no mesmo projeto, com a mesma equipa.

Futuramente o estudante gostaria de “experimentar outras realidades”, para lá das indústrias das portagens. No entanto, a nível técnico, é com as tecnologias Java que pretende trilhar o seu caminho.

Aos colegas da FCUL, Rafael Soledade deixa o conselho: “não tenham medo de concorrer a uma tese inserida num contexto empresarial. É uma experiência enriquecedora, irão ter contacto com tecnologias novas muito específicas a este meio e é ainda uma excelente oportunidade de enriquecerem o vosso currículo”.

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt
Logotipo Dia da FCUl 2013

A FCUL foi criada no século XX, a 19 de abril de 1911, pouco mais de cem anos após o surgimento da primeira escola classificada como tal, a Universidade de Berlim, na Alemanha, em 1810. Em 2013 Ciências comemora 102 anos.

 

Manuel Nunes Marques

Manuel Nunes Marques, antigo diretor do Observatório Astronómico de Lisboa e professor aposentado do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia da FCUL, faleceu durante a madrugada de 18 de abril. A missa de corpo presente realiza-se esta quinta-feira, pelas 19h00, na Igreja Nossa Senhora Conceição dos Olivais Sul, em Lisboa. O funeral realiza-se a 19 de abril, pelas 15h00, na Igreja de Santo António das Areias, no concelho de Marvão. Aos familiares, amigos e colegas, a FCUL apresenta as sinceras condolências.

património + educação = identidade

A Geometria na Politécnica, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

 

Carlos Rafael Borges Mendes

O interesse pelas ciências e tecnologias surgiu ainda no liceu, tendo optado por prosseguir os estudos na área da Biologia, em parte por influência de duas professoras dessa disciplina.

Visitas guiadas à  Exposição Formas & Fórmulas

13 de abril 11h30-13h00

11 de maio 11h30-13h00

Diálogos com Formas & Fórmulas

11 de abril 18h

No próxima quinta-feira, 11 de Abril, a FCUL e em particular, o Departamento de Informática, vão ser "invadidos" pelos alunos do secundário. Para visitar o DI-FCUL já temos cerca de 200  alunos inscritos.

Maqueta do Campus Sustentável da UL

As expetativas da equipa da Universidade Verde só podiam ser elevadas: as verbas alcançadas no âmbito desta iniciativa serão usadas para implementar medidas de eficiência energética, já identificadas nas auditorias realizadas.

Trial para todos os membros da b-on

 

“No stand da FCUL descobrimos áreas que não sabíamos sequer que existiam e que agora vamos querer pesquisar, já valeu a pena ter vindo. Vamos ter mais informação e hipóteses para ponderar!”, declarou um grupo de alunos da Escola Salesiana de Manique a visitar a banca da FCUL na Futurália.

Rosto de Fernando Ramos

“A maioria das instituições de ensino superior em Portugal têm qualidade superior às do Brasil, contrariando de forma que não deixa dúvidas a 'recomendação' do Governo brasileiro”, escreve Fernando Ramos num artigo publicado no jornal "Público" no passado dia 26 de março.

O artigo intitulado "PAMPA in the wild: a real-life evaluation of a lightweight ad-hoc broadcasting family" da autoria de Christopher Winstanley, Ra

O Departamento de Informática marcou presença na última edição da Futurália. A Futurália, a Feira de Ofertas Educativas e Formativas para estudantes, realizou-se de 13 a 16 de Março, na Feira Internacional de Lisboa (FIL)

“Luís Mendes Victor dedicou uma carreira de mais de 40 anos à investigação nas diversas áreas da Geofísica. Professor Catedrático da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa desde 1991, ensinou Geofísica, Sismologia, Prospeção Geofísica, Hidrologia e Física dos Recursos Naturais”, refere o colega e amigo, Jorge Miguel Miranda.
 

Atualmente, a nova rubrica disponibiliza entrevistas realizadas a participantes e colaboradores da última edição do Dia Aberto e a dois investigadores que trabalham na área da surdez genética.

Rosto de Teresa Alpuim

Pode-se dizer, sem risco de exagero, que a Estatística é a mais social das ciências exatas.

Programa M23

Atualmente 47 alunos estudam na FCUL através do programa Maiores de 23 anos. A FCUL conversou com uma dessas alunas, Ana Jardim, de 35 anos, aluna do 2.º ano de Engenharia Informática.

FCUL esclareceu possíveis candidatos ao programa M23 no Open Day pelo Núcleo de Formação ao Longo da Vida

“Tenho interesse em prosseguir os estudos académicos por vários motivos, entre eles o pessoal, sei que posso dar muito mais não só para mim como também para a sociedade e também porque poderei melhorar a minha condição de trabalho”, afirma Elísio Gomes, de 31 anos e visitante do Dia Aberto a Maiores de 23 da UL.

Antenas do ALMA

O primeiro de uma série de vodcasts de divulgação científica do CAAUL dedicados aos maiores tópicos da atualidade em Astronomia apresenta o ALMA.

Rosto de Luísa Maria Abrantes

“A professora Luísa Maria Abrantes será sempre recordada pela sua enorme dedicação e empenho durante os 40 anos de serviço a esta casa”, refere o seu colega e amigo Jorge P. Correia.

A FCUL volta a marcar presença na Futurália, na FIL, no Parque das Nações, juntamente com outras unidades orgânicas da UL, entre 13 e 16 de março.

“Foi o professor Henrique Leitão que me alertou para o facto de a questão do real impacto de Pedro Nunes na náutica do seu tempo estar por resolver.

Páginas