FCUL no mundo do trabalho

“Aprender fazendo”

Imagem cedida por Rafael Soledade

Portal de Emprego da FCUL

Investir na inserção profissional dos alunos de Ciências é uma das fortes apostas da FCUL. Para isso, a Faculdade dispõe de um serviço de apoio na ligação entre os mundos empresarial e académico - o Portal do Emprego.Aqui, os alunos e os alumni da FCUL encontram oportunidades criadas por empresas inscritas na rede e cujo ramo de atividade contemple as áreas de formação da FCUL.
Para fazer parte deste portal, é necessário fazer o registo na página http://emprego.fc.ul.pt/. Depois, cada utilizador fica responsável pela gestão do seu perfil pessoal, bem como pela disponibilização do seu currículo e pela respetiva candidatura às ofertas. Para qualquer apoio necessário, existe uma equipa pronta a ajudar através de contacto presencial, ou por email emprego@fc.ul.pt ou telefone 21 750 00 00 (ext.: 25336).Bom trabalho!

Foi há cerca de um ano e meio que Rafael Soledade aceitou o desafio: combinar a formação académica com a atividade profissional. Em setembro de 2012, o aluno do Departamento de Informática da FCUL iniciava o estágio curricular na Accenture, empresa de consultoria global de gestão, serviços de tecnologia e outsourcing. O objetivo? Desenvolver a tese de mestrado em Engenharia Informática centrada na “Solução integrada de reconhecimento de veículos através de métodos baseados em vídeo”.

O tema surgiu em resposta à “baixa automatização no reconhecimento de matrículas nos Estados Unidos da América”. Assim, o projeto partiu da perceção de que, atualmente, “a validação automática dos dados de um veículo que passe num ponto de portagem eletrónico - onde é tirada uma foto ao veículo para depois serem enviados os dados de pagamento, ao invés da tradicional cobrança de portagem paga na hora -, é feito através de algoritmos de reconhecimento dos caracteres (OCR) presentes na imagem da matrícula” e, por isso, “o projeto consistiu essencialmente em desenvolver um método alternativo a este, chamado fingerprinting de imagens, que permite ter taxas de sucesso mais elevadas no reconhecimento e validação da matrícula, pois a identificação é feita com base em pontos de interesse visuais detetados na imagem”, explicou o informático.

O trabalho desenvolvido contribuiu para a abertura de um nicho de mercado já que, como explica o aluno, “[para além da diferenciação face à concorrência em relação ao] módulo de fingerprinting utilizado, trata-se de uma tecnologia state-of-the-art, ainda com muito poucas soluções implementadas a nível mundial. Neste campo, somos pioneiros”. A importância do projeto reforçou-se com a sua venda a um cliente nos EUA.

“Aprender fazendo”

Levado a cabo durante nove meses, a metodologia de trabalho centrou-se na leitura de documentação, desenho, implementação e realização de testes. Durante o processo, a fase de investigação e leitura de documentação bem como a fase de otimização do algoritmo, foram as principais dificuldades sentidas pelo aluno.

Para lá das dificuldades, o aluno enfatiza as diferentes aprendizagens adquiridas, como sendo o contacto com diversas frameworks e bibliotecas e o conhecimento de novas metodologias de planeamento de tarefas. Foi também neste contexto, o do “mundo do trabalho”, que Rafael aprendeu a importância de uma das “velhas máximas” dos professores- “isto vai ser-vos muito útil!” -, uma vez que, como contou, “o principal desafio de toda a experiência foi o contacto com as frameworks Java com que tive de trabalhar, pois implicou ter de relembrar e aplicar toda uma série de conceitos teóricos que aprendi durante o curso e que, de forma errada, muitas vezes achamos que não nos serão mais úteis após sairmos da faculdade”. Desta forma, afirma não ter dúvidas quanto à importância dos ensinamentos apreendidos em Ciências: “foi devido às bases de conhecimento que adquiri na FCUL que consegui por em prática tudo aquilo que foi proposto no decorrer do projeto. Caso contrário, a experiência teria sido muito menos positiva em todos os aspetos”.

Oportunidades à vista

Interessado, colaborante e sistemático. Estes são os adjetivos que, para António Ferreira, professor do DI-FCUL e orientador desta tese, melhor definem Rafael Soledade. Sobre a oportunidade “agarrada” pelo aluno, o professor reforça: “este caso de sucesso mostra as virtudes da simbiose entre a universidade e o meio empresarial, mesmo que por tempo limitado à duração da unidade curricular de dissertação/projeto em Engenharia Informática, e pode servir de base para inspirar futuros alunos do mestrado em Engenharia Informática e a comunidade académica em geral”. A mesma opinião é partilhada pelo aluno, que acrescenta: “(…) esta ligação [permite] esclarecer e desmistificar algumas ideias erradas que os alunos muitas vezes têm sobre o mundo do trabalho”.

Depois de entregar a tese, avaliada com 19 valores, o aluno foi admitido na empresa Accenture e continua a trabalhar no mesmo projeto, com a mesma equipa.

Futuramente o estudante gostaria de “experimentar outras realidades”, para lá das indústrias das portagens. No entanto, a nível técnico, é com as tecnologias Java que pretende trilhar o seu caminho.

Aos colegas da FCUL, Rafael Soledade deixa o conselho: “não tenham medo de concorrer a uma tese inserida num contexto empresarial. É uma experiência enriquecedora, irão ter contacto com tecnologias novas muito específicas a este meio e é ainda uma excelente oportunidade de enriquecerem o vosso currículo”.

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

Ester Luísa Rodrigues Dias, professora jubilada do extinto Departamento de Educação da FCUL, faleceu no dia 11 de fevereiro de 2013.

As ações de formação e de sensibilização em segurança e saúde do trabalho procuram divulgar conhecimentos teóricos e práticos de maneira a prevenir acidentes de trabalho e doenças profissionais, permitindo também  intervenções eficazes e eficientes em casos de emergência.

Sala de aula com alunos sentados e tomando notas

"Os estudantes da FCUL, incluindo os estudantes de licenciatura, dispõem do background e conhecimentos certos para participar nestes módulos", esclarece Nathalie Gontier, coordenadora do laboratório AppEEL e das respetivas Escolas de Inverno e de Verão.

Rosto de Vera Carvalho

As inscrições para o programa Erasmus terminam a 10 de fevereiro. Se tens interesse neste programa de mobilidade conhece a história de Vera Carvalho, aluna Erasmus na Dinamarca.

Pormenor de obra de arte

Para os fundadores do AppEEL, este laboratório pode ser considerado o primeiro centro no mundo a reunir investigadores que estudam a evolução sociocultural a partir das teorias que formam parte da Síntese Expandida.

 

O Departamento de Matemática recebeu ontem, dia  4 de Fevereiro, cerca de 70 alunos (9º ano) do  Agrupamento de Escolas D. Miguel de Almeida - Abrantes.

Entre os empregos mais bem pagos contam-se os que estão ligados às engenharias.

Capa

Esta coleção de Livros Brancos foi organizada pela META-NET, uma rede de excelência parcialmente financiada pela Comissão Europeia, que levou a cabo uma análise dos recursos e tecnologias da linguagem atualmente disponíveis. A análise abordou as 23 línguas oficiais europeias assim como outras línguas importantes na Europa a nível nacional e regional. 

O Prémio João Branco é uma iniciativa conjunta da Universidade de Aveiro e da família do designer Jo

Dia 4 Fevereiro 2013 – 14:00h às 19:30h (Sala 2.2.15)

Primeiro plenário do IPBES

Grupo liderado por Henrique Miguel Pereira, investigador do Centro de Biologia Ambiental da FCUL, submete à apreciação da comunidade científica o desenvolvimento de um sistema de monitorização da biodiversidade baseado num conjunto de variáveis essenciais.

Rosto de Maria Antónia Amaral Turkman

“Ao longo dos últimos dois séculos a Estatística foi indispensável em confirmar muitas das maiores descobertas científicas e inovações da humanidade, tais como a partícula bosão de Higgs e a Revolução Verde na agricultura”, declaram Daniel Paulino, presidente da Sociedade Portuguesa de Estatística e Maria Antónia Amaral Turkman, coordenadora do CEAUL.

Dois artigos -- contando com docentes e investigadores do GeoFCUL no seu elenco de autores -- assinalados no “TOP 25 Hottest Papers” de Abril-Junho de 2011 da revista Journal of South American Earth Studies (Sciencedirect / Elsevier).

Henrique Leitão foi eleito membro efetivo da Académie International d'Histoire des Sciences, pela relevância da sua carreira e produção intelectual. Para o historiador das ciências foi uma “honra enorme” receber a distinção, “a maior ambição de qualquer estudioso ou cientista”.

Proposal for a REGULATION OF THE EUROPEAN PARLIAMENT AND OF THE COUNCIL.

Laying down the rules for the participation and dissemination in 'Horizon 2020 – the Framework Programme for Research and Innovation (2014-2020).

EUA represents over 850 universities and university associations across 47 European countries. Its highly diverse membership covers the full spectrum of universities participating in European research programmes.

Vai realizar-se de 18 a 20 de Março de 2013, em honra do Professor Ross Leadbetter, o "Symposium on Recent Advances in Extreme Value Theory ".

Face de Maria Amélia Martins-Loução

O Flora-On sistematiza informação fotográfica, geográfica, morfológica e ecológica de todas as espécies de plantas vasculares autóctones ou naturalizadas listadas para a flora de Portugal. Atualmente, através deste portal acede a 164 famílias, 836 géneros e 2991 espécies.

Cortejo académico na Aula Magna

A cerimónia de abertura do ano letivo de 2012/2013 marca uma nova etapa do ensino superior público.
Exegi monumentum aere perennius - Ergui um monumento mais duradouro que o bronze.
Da nova Universidade de Lisboa vê-se o mundo...

Crianças dos 5 aos 9 anos descobrem as Ciências na FCUL

A FCUL abriu as portas do conhecimento aos alunos do Colégio Infantes de Portugal, de Palmela. Durante uma manhã, os laboratórios de Biologia e de Química e Bioquímica foram explorados por cerca de 20 crianças com idades compreendidas entre os 5 e os 9 anos.

Páginas