Seminário

Study of biomarkers in Multiple Myeloma

A statistical approach for longitudinal assessment of extracellular vesicles and its prognostic value

Transmissão através de Videoconferência

Seminário no âmbito da Unidade Curricular de Bioestatística, por Carolina Pestana (Fundação Champalimaud & Centro de Estatística e Aplicações da Universidade de Lisboa).

Ao longo dos anos, registaram-se melhorias significativas no campo oncológico. Estamos atualmente a caminhar para uma medicina mais orientada para o paciente, com o objetivo de monitorizar e acompanhar constantemente a evolução da condição de cada doente. No caso particular do Mieloma Múltiplo, sabemos que pacientes com prognósticos semelhantes podem apresentar outcomes heterogéneos. Isto indica que os mecanismos prognósticos atuais, embora úteis, não são suficientemente precisos. Neste sentido, o estudo de vesículas extracelulares surge como um mecanismo de prognóstico e acompanhamento dos pacientes. Neste projeto, baseado num total de 102 pacientes monitorizados durante um período mediano de 2 anos e utilizando a variável EVs Cargo (correspondente à proporção proteína:partícula) como representativa das vesículas extracelulares, pudemos  provar que, à entrada do estudo, os pacientes que apresentam EVs Cargo > 0,6 µg/108 partículas (alto risco) têm um prognóstico significativamente pior do que os pacientes com EVs Cargo ≤ 0,6 µg/108 partículas (baixo risco). Além disso, foi possível observar que os doentes com SMM de alto risco têm, ao longo do tempo, um prognóstico pior do que os doentes com MM de baixo risco e, em certa medida, até pior do que os doentes com MM de alto risco. Por outro lado, e tendo em conta o ponto de corte estabelecido, foi possível verificar que os doentes que, com o tempo, manifestam uma depleção dos níveis de IgA, níveis elevados de sFLC lambda e um curto tempo em resposta têm maiores chances de apresentar EVs Cargo High e, em consequência, um pior prognóstico. A qualidade do ajustamento do modelo foi verificada pela curva ROC e pela medição da AUC. Além disso, a validade dos resultados obtidos foi verificada pela análise da expressão diferencial de proteínas entre os níveis das variáveis incluídas no modelo, mas também pela comparação de proteínas entre dadores saudáveis e doentes. Através desta abordagem, foi possível não só validar o EVs Cargo como um biomarcador de prognóstico, mas também enquanto mecanismo de acompanhamento dos doentes ao longo do curso natural da sua doença. Embora estes resultados careçam de validação numa coorte maior e seguida durante mais tempo, acreditamos que esta poderá ser uma nova ferramenta a ser utilizada como o primeiro sinal de alarme da deterioração do estado de saúde do doente, permitindo exames mais completos em tais casos.

Palavras-Chave: Modelo longitudinal, análise de sobrevivência, expressão proteica, vesículas extracelulares, mieloma múltiplo.


Transmissão em direto via Zoom.

18h30
CEAUL - Centro de Estatística e Aplicações da Universidade de Lisboa

Celebrating Pedro Duarte's 60th birthday.

Fotografia de campo agrícola e parque eólico

Submissão de iniciativas até 30 de agosto de 2022.

Fotografia de trator em campo agrícola

Submissão de iniciativas até 30 de agosto de 2022.

Fotografia representativa de agricultura sustentável

Submissão de iniciativas até 30 de agosto de 2022.

Fotografia de pessoa a pegar num Ouriço-do-mar

Seminário de Pós-Graduação no âmbito do Doutoramento em Biologia, por Inês Ventura.

As Jornadas Interinstitucionais de Inovação Pedagógica estão abertas a docentes do ensino superior com interesse no seu desenvolvimento profissional pedagógico.

Logótipo da Comissão Europeia e iconografia associada ao Horizon Europe

1.ª edição do curso Horizon Europe, para candidaturas futuras a projetos colaborativos - manifestações de interesse até 05 de setembro de 2022.

Título do evento e iconografia relacionada com a ciência e a saúde

O workshop visa sensibilizar jovens, adultos e idosos para a importância do movimento induzido pela música na saúde e na qualidade de vida sustentável.

Banner do concurso (inclui fotografia apresentada numa anterior edição)

Candidaturas até 30 de setembro de 2022.

Programa a disponibilizar.