Opinião

Mais Botânico na Cidade

Palmira Carvalho, Raquel Barata e David Felismino
César Garcia - Muhnac

Inaugurado em 1878, o Jardim Botânico de Lisboa, integrado no Museu Nacional de História Natural e da Ciência (Universidade de Lisboa), completa este ano 135 anos de existência. Com o objetivo de apoiar o ensino prático da botânica na então Escola Politécnica (1837), foi plantado nos terrenos, com secular tradição científica e pedagógica, do Noviciado jesuíta da Cotovia e do Real Colégio dos Nobres.

Espaço de múltiplas valências, nunca se restringiu à sua função didática, científica e ambiental, desempenhando sempre um importante papel social e cultural como local de passeio e lazer entre a população estudantil e entre os lisboetas. Ainda hoje nele se cruzam o estudo botânico académico e a curiosidade erudita sobre a natureza, o bem-estar, o descanso e o passeio de visitantes portugueses e estrangeiros. Sobre ele pretende-se agora a construção de um futuro, assente na gestão sustentada dos recursos naturais e na expansão e consolidação do deleite estético imediato dos horizontes naturais, das sombras, das flores e das águas.
Parte superior do Jardim Botânico
Fonte: José Cardoso - Muhnac
Legenda: Parte superior do Jardim Botânico. Cedrus deodara, conhecido como Cedro do Himalaia ou apenas deodara

Desde sempre, o Jardim Botânico é um espaço aberto que apresenta uma relevante continuidade, permitindo, do ponto de vista ecológico, a circulação do ar, da água e da fauna, particularmente aves, simultaneamente com, no que ao humano diz diretamente respeito, a circulação de residentes ou de utilizadores ocasionais. Sem nunca perder as suas valências científicas e culturais, o Jardim desempenha um papel fulcral na construção da cidade, do seu equilíbrio, da sua identidade e da sua vivência. Longe de ter um papel acessório na construção da malha urbana, o Jardim - com uma extensão de perto de quatro hectares - estrutura o espaço da Sétima Colina, onde é a zona verde mais relevante. A sua ligação com a zona baixa da cidade - a Avenida da Liberdade - marca a união física das freguesias circundantes (Santo António e Misericórdia), estruturando e dando corpo às relações e vivências das populações locais e ocasionais. Interstício no meio do tecido edificado da Lisboa contemporânea no qual se verifica uma apropriação informal diária enquanto espaço de brincadeira, de jogo ou de convívio, destaca dessa forma o seu enorme potencial nas múltiplas dinâmicas da comunidade local e da cidade em geral.

O Jardim Botânico deve, mais do que nunca e no futuro, ser encarado como um espaço de coesão urbana, fundamental e complementar ao espaço edificado e à sua articulação com a envolvente, em termos ecológicos, estéticos, culturais, históricos, sociais e económicos. Este olhar assume-se como condição vital para a sua compreensão e preservação, garantindo não só o seu usufruto como o reconhecimento da sua relevância para o desenvolvimento e para a vivência da cidade de Lisboa.

David Felismino, Palmira Carvalho e Raquel Barata, Muhnac-UL

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Pages