Porquê a FCUL?

Fotografia com pontos de interrogação
Octávio Pinto

Guilherme Gaspar, estudante do último ano do mestrado integrado em Engenharia da Energia e do Ambiente da FCUL não tem qualquer dúvida em recomendar o seu curso. Trata-se de um programa de estudos que assenta numa “área em destaque, não só no presente, mas também no futuro”.

O mesmo sucede com o colega Ricardo Leandro, igualmente inscrito no último ano daquele mestrado integrado. “Para além de ser um curso com uma enorme heterogeneidade de matérias em relação ao tema das energias renováveis, tem um protocolo de cooperação com o Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), o que facilita o contacto para possíveis colaborações em projetos de diversas áreas relacionadas com a energia”.Cara de um rapaz

Legenda: Guilherme Gaspar

Ricardo Leandro salienta ainda a existência de outra cooperação, com o Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) e que possibilita a frequência da disciplina Projeto Empresarial, do 3.º ano da licenciatura em Finanças e Contabilidade. “Os alunos de mestrado da FCUL com ideias inovadoras juntamente com os colegas do ISCTE-IUL formam grupos com o objetivo de criar uma ideia de negócio, desenvolvendo um plano de negócios e preparando inclusivamente a sua apresentação pública. Temos como exemplo, do sucesso desta cooperação, a empresa Science4you”, explica. A par das parcerias que enriquecem a oferta formativa da FCUL, o jovem estudante acrescenta ainda como mais-valia do curso, o contacto entre os docentes e os alunos, facto que permite a partilha de experiências e o esclarecimento de dúvidas com maior facilidade.Cara de um rapaz

Legenda: Ricardo Leandro

O mestrado integrado em Engenharia da Energia e do Ambiente existe desde o ano letivo de 2007/2008, sucedendo a licenciatura em Energia e Ambiente (pré-Bolonha). Até 2009/2010 a FCUL concedeu o grau de mestre a 15 estudantes deste curso, de acordo com dados oficiais do Registo de Alunos Inscritos e Diplomados do Ensino Superior. Os candidatos ao ensino superior podem consultar informações úteis sobre o curso, nomeadamente alguns dados sobre as saídas profissionais, no site Candidato a Ciências. A este propósito é de salientar que o European Renewable Energy Council prevê um crescimento fortíssimo a nível europeu da indústria das energias renováveis, estimando dois milhões de postos de trabalho na Europa em 2020. Segundo a Unidade Académica atualmente a FCUL tem inscritos no 1.º ano deste curso 69 estudantes e no último ano letivo 93.

Para Guilherme Gaspar o curso da FCUL está “virado sobretudo para as energias renováveis e para a eficiência energética, formando técnicos que podem vir a contribuir para uma sociedade melhor, mediante o grande apoio e disponibilidade dos docentes, fundamentais para a aprendizagem dos alunos”. O jovem de 23 anos já teve hipótese de escrever um artigo científico, juntamente com Miguel Centeno Brito, investigador do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia, e apresentá-lo sob a forma de poster durante a CPV-7, uma das mais importantes conferências científicas relacionadas com a tecnologia de concentração fotovoltaica, ocorrida em abril do ano passado.

Este tipo de experiência é relevante não só para os alunos, como também para a Faculdade. Guilherme Gaspar sente-se motivado com o seu trabalho académico e deseja contribuir para uma sociedade mais justa e sustentável. Também Ricardo Leandro foi coautor de duas comunicações apresentadas sob a forma de poster naquele evento científico. “Aprendemos bastante sobre os procedimentos que devemos adotar na redação de um artigo científico e ainda mais sobre o tema em que incidiu o nosso trabalho. A publicação do projeto também veio a ser um elemento importante no nosso currículo, sendo de bastante relevância no momento da procura de emprego”, realça o estudante que considerou fundamental o trabalho da orientadora Filipa Reis, estudante de doutoramento ao abrigo do Programa MIT Portugal.

Por ora os candidatos ao ensino superior inscrevem-se para a 1.ª fase dos exames nacionais do ensino secundário, previstos para a 2.ª quinzena de junho. Nos próximos meses muitos decidem que rumo irão dar às suas vidas. Descobre. Escolhe. Concorre. Assim é o slogan da Direção-Geral do Ensino Superior. A FCUL aconselha Engenharia da Energia e do Ambiente.

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Vela

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Páginas