Opinião

O problema da procrastinação

“Amanhã começo…”

A procrastinação é uma das grandes causas do insucesso académico e fonte de muito sofrimento e conflito interno. Para conquistar a procrastinação podemos começar por nos questionarmos: porque é que ando, constantemente a adiar

ACI Ciências

Provavelmente já todos tivemos quele pensamento e sensação: ainda tenho tempo, vou deixar isto para fazer depois…. O problema surge quando sentimos que este pensamento aparece demasiadas vezes e sentimos de um modo consistente que andamos a adiar algo há demasiado tempo, representando o modo como funcionamos na maior parte das vezes. É neste sentido que surge o conceito de procrastinar, isto é, adiar sucessivamente aquilo que temos para fazer, e sentirmo-nos simultaneamente culpados por estarmos a adiar.

Por exemplo, não estudar para um exame que se vais ter daqui a três dias e em vez disso, estar a ver séries e ao mesmo tempo sentir-se culpado por não estar a estudar.


Andreia Santos
Fonte ACI Ciências

A procrastinação é uma das grandes causas do insucesso académico e fonte de muito sofrimento e conflito interno. Ela acontece por várias razões, entre elas: a falta de vontade, isto é, pura e simplesmente, a pessoa não quer fazer aquilo que anda a adiar. Em vez de ser honesta consigo própria e dizer que de facto não quer fazer aquilo e que escolheu conscientemente não fazer, age como se estivesse no meio de um misterioso processo bloqueador do qual é vítima; a insegurança, necessidade de planeamento extrema antes de iniciar a tarefa; o medo de falhar; o perfeccionismo; uma sensação distorcida do tempo e dificuldades ao nível da autodisciplina, ou seja, dificuldade em começar e ainda, a crença de que a motivação vem antes da ação.

Para conquistar a procrastinação podemos começar por nos questionarmos: porque é que ando constantemente a adiar?

Propomos o seguinte desafio: escolhe uma coisa que tens andado a procrastinar. Escreve o que é, sê específico (tudo não serve). Escolhe uma coisa concreta e real que gostarias de fazer. Depois: escreve quando é que exatamente pretendes começar a tarefa, esta é a melhor maneira de te comprometeres contigo próprio. Estabelece objetivos específicos em vez de objetivos vagos e indefinidos - em vez de pensares, vou estudar mais logo, pensa especificamente o quê, quando e quanto. Por exemplo, fazer um resumo da matéria dada em análise até hoje, logo a partir das 15h00, isto vai dar-te uma direção e um sentimento de sucesso logo que consigas. Por último, quebra a inércia, começa a fazer qualquer coisa relacionada com a tarefa, a ação no aqui e no agora, ajuda-nos a motivarmo-nos e, por sua vez, gera mais ação.

Andreia Santos, Gabinete de Apoio Psicopedagógico da Área de Mobilidade e Apoio ao Aluno de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

“A inovação é tipo ‘ovo de Colombo’, depois de se saber, parece fácil. Só que ‘saber’ significa um longo caminho de amadurecimento do conhecimento”, declara Maria Filomena Camões, docente do Departamento de Química e Bioquímica da FCUL, a propósito da atribuição da Bolsa Europeia de Excelência de Investigação.

A. M. Galopim de Carvalho num dos geoparques

O pioneiro da Geoconservação em Portugal sente-se agradado pelo reconhecimento dos mais de 20 anos de serviço em prol da preservação e salvaguarda dos geoparques, considerando o tributo um importante incentivo para a defesa territorial, para a promoção da geodiversidade e para o desenvolvimento sustentável baseado no património geológico.

Isaac Carrêlo e Rita Almeida, alunos do curso de Engenharia e Energia do Ambiente e Eva Barrocas, do curso de Biologia, viajaram até Cabo Verde para fazer parte da equipa Turtle Foundation. Durante um mês de experiências intensas, protegeram tartarugas e levaram os ensinamentos apreendidos na FCUL até à comunidade local.

Mapa

O Memorando de Entendimento celebrado com Portugal estabelece oito áreas programáticas para a respetiva alocação de verbas para 2009/2014. A abertura de concursos para Portugal deve acontecer ainda este ano.

Palestra por Jennifer de Jonge

Centro de Biotecnologia Vegetal/IBB

Evolução Tecnológica e o Cadastro Territorial Multifinalitário no Brasil

VicenTuna anima Sessão de Boas-vindas

Receber os novos alunos numa sessão de boas-vindas é uma das tradições da FCUL. Agora, o espírito da cerimónia pode ser conhecido pela voz dos profissionais e alunos que fizeram parte da última sessão, através de uma reportagem multimédia presente na página do YouTube da Faculdade, bem como na pasta de vídeos do Facebook.

Pormenor de obra de arte

Atualmente, o antigo aluno da FCUL é post-doc na Universidade Federal do Rio Grande - Fundação Universidade do Rio Grande, no Brasil, sendo responsável por projetos na área da Biologia Antártica – Biologia Polar.

Miguel Ramos

Miguel Ramos, professor do Departamento de Matemática da FCUL, faleceu esta quinta-feira, dia 3 de janeiro. O corpo será velado no dia 5 de janeiro, entre as 17h00 e as 24h00, na Capela da Igreja das Furnas, em São Domingos de Benfica, assim como no dia 6 de janeiro, a partir das 12h00, seguindo-se a missa pelas 15h00. A cerimónia de cremação ocorre no Cemitério dos Olivais.

Miguel Ramos (1963-2013)

Estão disponíveis os calendários de exames do 2º ciclo para as seguintes áreas:

- Mestrados de Engenharia Geográfica e SIG

Repórter e câmara de filmar

Após as palavras , chegam os sons e as imagens  do dia em que a FCUL voltou a fazer parte da “Rota das Vocações de Futuro” da associação EPIS. A reportagem está disponível na página do YouTube da Faculdade, bem como na pasta de vídeos do Facebook.

 

O histórico de aluno no Portal da FCUL foi atualizado e renovado.

Relembramos que pode utilizar os vários meios ao dispor para deixar comentários ou sugestões sobre os serviços da FCUL.

Bruno Almeida, doutorado em História das Ciências pela Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL e membro do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, ganha "Prémio Cultura 2012" atribuído pela Sociedade de Geografia de Lisboa.

Alunos informam-se sobre programas de mobilidade internacional

“É uma grande oportunidade que estou a ter, a Faculdade dá um grande apoio aos alunos. (…) Estou a gostar do convívio com os colegas, das aulas, das disciplinas e da cultura portuguesa”, sublinha Daniel Martins, aluno oriundo do Brasil a estudar Biologia na FCUL.

Pela 2.ª vez, o Dia Internacional proporcionou a divulgação de programas de mobilidade internacional junto dos alunos, esclarecendo dúvidas e curiosidades. Durante o acontecimento, trocaram-se experiências, conheceram-se hábitos e tradições de diferentes países e, acima de tudo, enalteceu-se o espírito de convívio em ambiente "além-fronteiras".

Candidaturas para Base de Recrutamento de Professores Auxiliares Convidados do DF

“MARAVILHAR-SE: reaproximar a criança da Natureza” 

Foi duplicado o espaço de armazenamento nas áreas de alunos. A nova quota é agora de 1 Gb.

 

Com o intuito de inovar e proporcionar os melhores temas aos alunos da Faculdade de Ciências no que diz respeito às novas tecnologias, a

Páginas