Futuro observatório espacial das altas energias

IA lidera um dos sistemas de controlo da missão Athena da ESA

Conceção artística do telescópio espacial Athena (Advanced Telescope for High-Energy Astrophysics)

Conceção artística do telescópio espacial Athena (Advanced Telescope for High-Energy Astrophysics)

IRAP, CNES, ESA & ACO

Portugal, através do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), uma das unidades de investigação e desenvolvimento da Faculdade, ganhou um contrato tecnológico da Agência Espacial Europeia (ESA) relativo à missão Athena (Advanced Telescope for High-Energy Astrophysics), uma das grandes missões do programa de longo prazo Cosmic Vision desta agência.

Nos próximos dois anos, a equipa portuguesa envolvida na missão Athena – da qual fazem parte 18 investigadores e técnicos, incluindo três estudantes de doutoramento de Ciências ULisboa, e à qual se juntam também investigadores da Universidade do Porto - lidera o desenvolvimento de um sistema ótico para o telescópio espacial que fará uma radiografia do Universo nos raios X na próxima década. 

O trabalho em consórcio com três indústrias ligadas ao sector aeroespacial (Frezite High Performance, Evoleo Technologies – portuguesas - e Thales Alenia Space – italiana) vai desde o desenho e desenvolvimento do sistema de medida, à conceção da componente ótica e execução dos testes.

O telescópio Athena tem lançamento previsto para 2031. Conhecer a forma como os buracos negros com a massa de milhões de sóis determinaram a formação das primeiras galáxias e a evolução de galáxias como a nossa, ou ajudar a compreender como é que essas galáxias se arrumaram em estruturas com a extensão de centenas de milhões de anos-luz e que são o “esqueleto” do Universo, são alguns dos objetivos a alcançar, lê-se no comunicado de imprensa emitido pelo IA.

“O sistema que vamos fazer é um instrumento ótico que permite verificar a direção do espelho [do telescópio de 2,5 metros de diâmetro] e garantir que não existem deslocamentos laterais com um erro maior do que a centésima parte do milímetro entre o sensor de cada instrumento e o ponto focal do espelho. Mas o espelho está a 12 metros de distância. É um rigor muito grande”, comenta - na notícia publicada pelo IA -, Manuel Abreu, membro deste instituto e investigador da Faculdade.

De acordo com José Afonso, investigador do Departamento de Física (DF) e coordenador do IA, "Ciências ULisboa tem vindo a aumentar a sua capacidade e a sua intervenção no desenvolvimento científico e tecnológico de alguns dos projetos mais importantes para o avanço da Astrofísica, não só nos próximos anos, mas nas próximas décadas". No caso concreto deste contrato tecnológico, este é, de acordo com o investigador, “mais um sucesso de um esforço de quase 30 anos na Faculdade, que hoje é capaz de se apresentar, com os seus centros de investigação na vanguarda da investigação nesta área”.

O envolvimento estratégico nesta missão da ESA existe desde 2013. Em 2018 foi ainda organizado na Faculdade um dos encontros internacionais da equipa da missão Athena, onde se discutiu o desenvolvimento do instrumento Athena-WFI , os seus objetivos científicos e a preparação do centro de dados. Acontecimentos que demonstram "a aposta na Astrofísica da próxima geração" e que consolidam “a visão de longo prazo que garante que a nossa investigação irá continuar a dar frutos no futuro”, reforça José Afonso.

Raquel Salgueira Póvoas, Área de Comunicação e Imagem com Grupo de Comunicação de Ciência do IA Ciências UlLisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Missão Athena

Conferência por Jorge Carvalho (LNEG) no dia 29 de Novembro, no GeoFCUL

Encontram-se abertos concursos para recrutamento de um posto de trabalho de Professor Auxiliar na área disciplinar de Astronomia e Astrofísica, e de dois postos de trabalho de Professor Auxiliar, na área disciplinar de Engenharia da Energia.

 Projetados com o objectivo de monitorizar as condições do Estado do Tempo, os satélites meteorológicos são atualmente utilizados em muitas outras áreas do estudo da Terra; por exemplo, a partir de medições efetuadas pelo satélit

Camião de longo curso em via rápida

Existe uma enorme vontade de potenciar a economia baseada no conhecimento. O Ecossistema de Transportes ambiciona transformar Portugal num polo de referência, dinamizando projetos em inovação aberta, reconhecendo a oportunidade estratégica que se coloca.

A Unidade de Informática informa que desde hoje, dia 13 de Novembro de 2012 às 9h00, o Portal da FCUL está em IPv6.

Estão a ser enviadas, desde o passado fim de semana (3/11), mensagens de correio eletrónico para alguns utilizadores de contas fc.ul.pt com solicitação de preenchimento de formulários web ou respostas via mail com dados pessoais dos utilizadores.

Devido ao numero excessivo de mensagens falsas que nos últimos tempos têm chegado às caixas de correio dos utilizadores da FCUL, algumas delas dando a entender que são enviadas de endereços internos, fomos obrigados a tomar medidas mais restritivas em relaç

Boletim da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) integra Portal RCAAP

Alunos brasileiros

A Faculdade de Ciências recebeu cerca de 70 alunos de mobilidade, vindos do Brasil.

Aula aberta - Mestrado em Biologia Molecular e Genética

7 de Novembro, 11:00, sala 2.4.16

 

INFORMAÇÃO

Recent years have witnessed the emergence of new sequencing technologies that are revolutionizing the approach to public health problems.

Na FCUL existe uma unidade curricular designada Projeto Empresarial. Esta “cadeira”, comum ao ISCTE-IUL, prepara os alunos para a realidade empresarial e tecnológica. No total, cerca de 300 alunos já a frequentaram.

Carlos Rafael Mendes

A tese do antigo aluno da FCUL, Carlos Rafael Borges Mendes e recentemente premiada, contou com a orientação conjunta das professoras Vanda Brotas e Virginia M. Tavano.

Web of Science Book Citation Index - Trial para todos os membros b-on

Estão abertas as inscrições para a disciplina que promove o empreendedorismo - Projeto Empresarial. Todos os alunos de mestrado ou nos dois últimos anos de mestrado integrado podem candidatar-se até dia 16 de novembro.

A FCUL, bem como toda a Universidade de Lisboa está sem acesso à Internet desde cerca das 11:45 da manhã.

Professora Olga Pombo, autora do livro "O Círculo dos Saberes"

“Estou convencida que a imagem do círculo constitui um arquétipo, uma determinação conceptual prévia a toda a investigação”, defende Olga Pombo, docente na FCUL e autora do livro “O Círculo dos Saberes”.

Imagem ilustrativa do livro "O Círculo dos Saberes"

“A apresentação do livro seguirá um formato sério e discreto. O professor Shahid Rahman fará uma apresentação e apreciação do livro e eu agradecerei todas as suas palavras, sejam elas elogiosas, sejam críticas", afirma a autora Olga Pombo.

Trial para todos os Membros da b-on.

Pessoas a correr junto ao Marquês de Pombal

A primeira Corrida da Ciência aconteceu o ano passado por ocasião das celebrações dos 100 anos da FCUL. A edição deste ano integra-se na 2.ª Edição do AmbientALL – Universidade em Movimento.

O concurso de programação destina-se a alunos universitários e este ano junta 16 equipas, oriundas de oito instituições universitárias portuguesas. A equipa da FCUL chama-se BigO(1).

Imagem da professora Maria José Boavida

“Colega amiga”, “orientadora empenhada e humanista” e “investigadora solidária”, assim se recorda Maria José Boavida (1948 – 2012).

Desenho do campus da FCUL

As tabelas e notas científicas, assim como as regras elementares de segurança em laboratórios são algumas das mais-valias deste “livro”.

Páginas