Navsafety, uma ajuda na gestão do tráfego marítimo

Ciências ULisboa integrou consórcio do projeto, com a colaboração de cinco investigadores do IDL

vários barcos no mar
Hamish Kale [Unsplash]

Cinco docentes e investigadores do Instituto Dom Luiz (IDL) participaram no consórcio do projeto NAVSAFETY, cujo principal objetivo foi o desenvolvimento de uma plataforma digital de auxílio às entidades portuárias na gestão do tráfego marítimo. O projeto, coordenado pela Universidade de Aveiro (UA), e financiado pelo programa Fundo Azul, terminou no mês de setembro.

logotipo do projeto
Logotipo do projeto
Fonte IDL

NAVSAFETY – “Tecnologias emergentes de deteção remota no suporte em tempo real à segurança da navegação em zonas portuárias” foi levado a cabo por um consórcio entre o Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM), polo da UA, a Ciências ULisboa, o Instituto Superior de Engenharia do Porto, a Simbiente, uma empresa de gestão de recursos naturais, a Direção Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos e a Administração do Porto da Figueira da Foz.

Os investigadores do IDL envolvidos no projeto foram Ana Nobre Silva, Bárbara Proença, Cristina Lira, César Andrade e Rui Taborda. O principal objetivo foi o desenvolvimento de uma ferramenta de monitorização, em tempo real, para auxílio nas operações de acesso a portos com problemas específicos relacionados com a forte dinâmica dos fundos marinhos.

O protótipo desenvolvido baseia-se na recolha de dados de vídeo-monitorização sobre a zona de acesso ao porto. Numa primeira fase, esta ferramenta fornece informação sobre a superfície do mar, nomeadamente sobre as ondas que se propagam na região adjacente ao porto. A partir do conhecimento da velocidade de propagação destas ondas obtêm-se indicações indiretas sobre a profundidade. A este processo de cálculo de profundidade a partir da velocidade de propagação das ondas dá-se o nome de “inversão batimétrica”, um dado que fornece indicadores de profundidade bastante úteis para a gestão de acesso aos portos.

vários ecras de telemovel com o prototipo da aplicação
Protótipo da plataforma
Fonte Navsafety

O caso de estudo escolhido para o projeto foi o porto da Figueira da Foz. Neste local, explica Bárbara Proença, existe uma necessidade constante de obter um conhecimento atualizado sobre o fundo do mar, devido à elevada dinâmica sedimentar que origina a formação de uma grande barra arenosa submarina. Quando a barra se desenvolve em frente ao canal de navegação, diminuindo a profundidade do canal de acesso ao porto, esta pode impedir a entrada das embarcações de maior calado (parte submersa do navio), existindo um risco acrescido de acidentes na entrada e saída do porto. Para certas condições de agitação marítima, e com a presença da barra submarina desenvolvida, podem ocorrer fenómenos de rebentação das ondas que colocam em risco a segurança da navegação.

Navsafety contou com um financiamento de cerca de 180 000 €. Arrancou em julho de 2019 e teve uma duração de três anos e três meses.

A 19 de julho o projeto foi apresentado a seis eurodeputados da Comissão das Pescas do Parlamento Europeu, que se encontravam de visita a Portugal para conhecer as con­di­ções operacionais de alguns por­tos nacionais, bem como so­luções tecnológicas disponíveis no mercado e algumas das tecnologias em desenvolvi­men­to nos centros de conhecimento, como é o caso deste projeto. O acontecimento teve destaque no Diário de Aveiro.

Para além da investigação científica e tecnológica inerente, os investigadores centraram-se na aplicação real e transferência de conhecimento sobre as características do fundo submarino, uma necessidade transversal a vários portos, em particular os mais suscetíveis a problemas de assoreamento. O desenvolvimento de ferramentas práticas irá permitir perceber em que locais existem problemas de assoreamento, possibilitando prever possíveis falhas na segurança da navegação.

O protótipo desenvolvido foi testado, com a realização de um exercício de previsão da batimetria na área de estudo, por ocasião de uma tempestade que colocou à prova o algoritmo desenvolvido. “Os resultados foram muito bons e colocaram em evidência o potencial, mas também a responsabilidade que a operacionalização de um sistema desta natureza apresenta”, partilha Bárbara Proença.

Para a investigadora, “o balanço é muito positivo, não só pelo trabalho que foi desenvolvido, através de colaborações e parcerias que se consolidaram, mas também pelas perspetivas de trabalho futuro”. Cumpridos os objetivos a que se propuseram, será agora necessário operacionalizar a ferramenta, que, diz Bárbara Proença, implica ainda “um longo e desafiante caminho a percorrer”

Está disponível no YouTube um webinar no qual foi apresentado o projeto.

GJ com IDL Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O Centro de Informática migrou todo o sítio antigo para o novo Portal da FCUL.

O Centro de Informática colocou em produção, durante a ultima semana de Maio, um equipamento de rede central na arquitectura de comunicações da FCUL.

Na Licenciatura em Matemática (LM) da FCUL, o leque de opções do 3º ano da LM foi alargado e passou a incluir as seguintes disciplinas, que estarão já disponíveis no ano lectivo de 2012/13:

 

 

Em exibição no:

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

1 de Junho de 2012 a 28 de Abril de 2013

 

 

Os cadernos e as comissões eleitorais estão publicitados no portal da FCUL, assim como o Despacho D/101/2012, que integra o calendário de eleições.

A eleição do Presidente do Departamento de Física  terá lugar de 3 a 5 de Julho de 2012

Comissão Eleitoral

Informações úteis:

Constituição da Comissão Eleitoral

A festa dos finalistas de Geologia juntou familiares, amigos, colegas e professores.

Conforme o despacho D/101/2012,  as eleições para a Presidência do Departamento de Informática, irão decorrer entre 3 e 5 de Julho de 2012 na secretaria do departamento.

 

Estão abertas as inscrições para o ‘Mestrado em Matemática para Professores’ (1ª fase de candidaturas até dia 15 de Junho)

 

No âmbito do nº 3 do artigo 9º do Regulamento Eleitoral, e de acordo com o calendário de eleições para Presidentes dos Departamentos, já se encontra disponível o 

A Eleição do Presidente do Departamento de Biologia Animal terá lugar de 3 a 5 de Julho de 2012 na Secretaria do Departamento

A inscrição nos exames dos dias 4 e 5 de junho podem ser excecionalmente realizadas até às 23h59m de 1 de junho.

A eleição do Presidente do DBV  terá lugar de 3 a 5 de Julho de 2012

Matéria escura

Um grupo de 19 cientistas, 14 deles investigadores do Centro de Física Nuclear da UL e do Instituto Tecnológico e Nuclear da UTL, publicaram recentemente novos resultados que contrariam as alegadas descobertas sobre a matéria escura.

PSMR2012 Conference

Estudante de doutoramento no IBEB ganha prémio para o melhor Poster

Tomás Aquino

Bolseiro do CFMC distinguido pela Fundação Calouste Gulbenkian

Imagem de Kairos em pedra

O próximo e quinto número da revista do Centro de Filosofia das Ciências da UL é lançado em novembro. A submissão de textos termina a 30 de setembro.

Encontra-se aberto concurso para bolsa de estágio na área de suporte aos laboratórios letivos e de investigação do Departamento de Informática da Faculdade de Ciências.

Simulação de uma proteína

Quatro lições sobre proteínas.  As investigadoras Maria José R. Gomes e Patrícia Faísca apresentam quatro razões para não faltar à quinta iniciativa do projeto Ciência na UL.

O Dr. Rui Lopes ex-aluno do Departamento de Informática e investigador no LASIGE, actualmente a trabalhar na Google, foi um dos responsáveis da equipa de desenvolvimento do doodle de hoje (23 de Maio).

A Investigação dos Doutores de Amanhã

Lâmpada

"O objetivo é partilhar com os colegas das outras faculdades a experiência que tivemos, e estamos a ter, com a implementação do modelo de gestão por objetivos, assente na identificação dos processos", diz Ana Rocha, secretária-coordenadora da FCUL.

Vários círculos com várias cores

A reunião de entrada livre e sujeita a prévia inscrição inclui sessões plenárias e workshops sob o tema genérico “Prosseguir a excelência, promovendo as competências da UL”.

Produtos alimentares

“Partilhar o que se tem pode ser um convite a algum sacrifício – mas a solidariedade não pode ser só um sentimento, tem de ser um compromisso de ação”, refere Graça Vieira, professora aposentada da FCUL, a propósito da campanha "Vamos dar com o coração".

Páginas