Opinião

Um mundo cá dentro e outro lá fora

#COVID19 #EuFicoEmCasa

Porta entreaberta

As sensações de segurança e proteção são necessidades psicológicas básicas e, por isso, a sensação de não as ter “no mundo lá fora” é geradora de tanta ansiedade

unsplash - Jan Tinneberg
Andreia Santos
Andreia Santos
Fonte ACI Ciências 

Se para algumas pessoas ter estado confinado à sua casa foi gerador de ansiedade, para outras é agora a ideia de sair de casa que começa a afigurar-se como pouco apelativa, desconfortável ou mesmo ansiogénica.

As razões para a ansiedade surgir agora são diversas, desde as mais óbvias, como a ideia de que lá fora é “onde está o vírus”, o perigo de contaminação e a incerteza quanto ao futuro, às menos óbvias, como o enfrentar de receios internos. Muitas pessoas foram tomando consciência destes pensamentos, mas muitas vezes a sentir que não são legítimos de serem partilhados. Podemos ter pensamentos como:  “sofro muito menos de stress ao trabalhar a partir de casa e por isso, não quero voltar”, “não senti grande necessidade de estar com os outros”, “senti-me aliviado por não ter de ir a compromissos que não queria e não conseguia dizer que não”, “sentia-me sempre tão ansioso no dia-a-dia, que finalmente comecei a sentir-me calmo e protegido”.

Estar em casa, da forma como se tem estado, pode surgir como o “único lugar” seguro, dando uma forte sensação de proteção. Em oposição, a ideia de sair torna-se ameaçadora. Esta é uma ideia que é preciso cuidar, para que não se torne avassaladora e angustiante no processo de retomar, no encontro entre o “mundo cá dentro” e o “mundo lá fora”.

As sensações de segurança e proteção são necessidades psicológicas básicas e, por isso, a sensação de não as ter “no mundo lá fora” é geradora de tanta ansiedade. Em resposta, o nosso organismo diz-nos “aqui é que estás bem”, no entanto, a longo prazo, pode criar-se um problema, pois ao evitar constantemente este “mundo lá fora” está-se simultaneamente a aumentar o medo (os níveis de ansiedade).  Assim, não se está a lidar com a realidade nem se criam oportunidades para se desenvolver mecanismos de adaptação à mesma.

Algumas reflexões úteis…

  • Quais as pequenas coisas (por exemplo, caminhadas, passeio com um amigo) que eu posso fazer para me ir ligando “ao mundo lá fora” de forma gradual, para que me vá sentindo cada vez mais confiante neste retomar?
  • No final, também podemos contar com a nossa adaptabilidade! As transições implicam rearranjos mas, se olharmos para a nossa história, possivelmente encontramos alguns exemplos que revelaram em nós recursos para acomodar esses processos de mudança.
Andreia Santos, Gabinete de Apoio Psicopedagógico da Área de Mobilidade e Apoio ao Aluno de Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Anfiteatro

"As Jornadas tiveram um balanço bastante positivo (...) elucidaram e esclareceram algumas dúvidas importantes para os estudantes (...) ", conclui a Comissão de Curso de Engenharia Geográfica.

Museu do Quartzo é inaugurado e recebe o nome de Galopim de Carvalho, professor jubilado do Departamento de Geologia.

Céu com nuvens escuras

As candidaturas à oficina de formação terminam a 21 de maio. As sessões realizam-se às terças e quintas-feiras, entre as 17h30 e as 20h30.

A exposição “O Cálculo de ontem e de hoje”, elaborada pelo Departamento de Matemática em colabora&

Lâmpada

Estudantes de Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL promovem reunião especializada. O Ne2b2 existe desde outubro de 2008.

Luzes

Pela primeira vez a Reitoria da UL abre as suas portas aos estudantes da cidade, organizando um evento noturno para alunos dos ensinos universitário e secundário.

A exposição está a partir de 26 de Abril no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

As provas de doutoramento em Biologia, especialidade de Microbiologia, da Mestre Egídia Maria Valente de Azevedo realizam-se no próximo dia 26 de Abril, pelas 10h:30 na Sala de Actos da

O grande momento do dia é a sessão solene, que inclui este ano o lançamento do segundo volume dos Professores Cientistas e a inauguração do Quadro de Honra.

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Vela

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Páginas