Estudante de doutoramento da Ciências ULisboa distinguida com Prémio Frederico Machado

Distinção destaca investigação no arquipélago dos Açores

vista de uma ilha para outra (Açores)

Esta é a primeira edição do prémio, que pretende ajudar a promover a investigação científica nos Açores

Karim Sakhibgareev [Unsplash]

O Prémio Frederico Machado 2022-2023, o primeiro de índole científica a ser atribuído nos Açores, foi ganho pelas equipas lideradas por Mariana Andrade, aluna da Ciências ULisboa e investigadora do Instituto Dom Luiz (IDL), na área das Geociências, e por Pedro Afonso, investigador do Instituto de Investigação em Ciências do Mar da Universidade dos Açores (OKEANOS), na área das Ciências do Mar.

O prémio, que surgiu no âmbito nas comemorações do centenário do nascimento do cientista e humanista açoriano Frederico Machado, tem como objetivo promover a investigação científica que contribua para aprofundar o conhecimento e o desenvolvimento sustentável dos Açores, bem como a implementação dos objetivos da Agenda 2030 das Nações Unidas para o desenvolvimento sustentável.

A iniciativa partiu do desafio lançado pela Associação dos Antigos Alunos do Liceu da Horta ao OKEANOS, para liderar a componente científica do prémio, e contou com o apoio da Presidência do Governo dos Açores e da Câmara Municipal da Horta.

Mariana Andrade
Mariana Andrade liderou uma das equipas premiadas
Imagem cedida por MA

Mariana Andrade, aluna de doutoramento em Geologia, liderou a equipa responsável pelo artigo “Unraveling the Holocene Eruptive History of Flores Island (Azores) Through the Analysis of Lacustrine Sedimentary Records”, que se debruçou sobre a história eruptiva da ilha das Flores durante o Holocénico, com o objetivo de avaliar os principais fatores que controlam a interação magma/água, e consequentemente a explosividade de erupções vulcânicas em ilhas oceânicas com elevada disponibilidade hídrica.

“Os resultados obtidos mostram que o vulcanismo Holocénico na Ilha das Flores foi mais longo e mais recorrente do que se pensava. O risco vulcânico desta ilha tem sido muitas vezes subvalorizado, dada a sua localização num ambiente tectónico relativamente estável, e tendo em conta a ausência de erupções no registo histórico. Estes novos dados, no entanto, mostram que a Ilha das Flores sofreu diversas erupções num período relativamente recente e, portanto, ao contrário do que é tipicamente assumido, a possibilidade de futuras erupções deve ser devidamente considerada.” – explica a investigadora.

Da equipa de nove investigadores fazem parte Ricardo Ramalho e Armand Hernández, também investigadores do IDL.

Pedro Afonso, investigador do OKEANOS, liderou uma equipa de seis investigadores na elaboração do artigo “The Multi-Annual Residency of Juvenile Smooth Hammerhead Shark in an Oceanic Island Nursery” sobre tubarões-martelo juvenis ao largo das ilhas do Faial e Pico.

O assunto teve destaque numa reportagem da RTP Açores.

A distinção tem um valor pecuniário de 2 500€ para cada uma das equipas.

Nesta primeira edição, foram submetidas a concurso 18 publicações científicas: 8 em Geociências e 10 em Ciências do Mar. No total, estas contribuições foram publicadas em 15 revistas científicas internacionais de elevado impacto, e tiveram como autores 204 investigadores, pertencentes a dezenas de instituições de investigação regionais, nacionais e internacionais.

Marta Tavares, GJ Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Lâmpada

Estudantes de Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL promovem reunião especializada. O Ne2b2 existe desde outubro de 2008.

Luzes

Pela primeira vez a Reitoria da UL abre as suas portas aos estudantes da cidade, organizando um evento noturno para alunos dos ensinos universitário e secundário.

A exposição está a partir de 26 de Abril no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

As provas de doutoramento em Biologia, especialidade de Microbiologia, da Mestre Egídia Maria Valente de Azevedo realizam-se no próximo dia 26 de Abril, pelas 10h:30 na Sala de Actos da

O grande momento do dia é a sessão solene, que inclui este ano o lançamento do segundo volume dos Professores Cientistas e a inauguração do Quadro de Honra.

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Vela

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Páginas