Termodinâmica para físicos

Novo livro de Patrícia Faísca publicado em setembro pela editora CRC Press

imagem abstrata representativa de termodinamica

“A Concise Introduction to Thermodynamics for Physicists” é um instrumento de trabalho para estudantes de Ciências Físicas

PF

A Concise Introduction to Thermodynamics for Physicists” é o título do novo livro de Patrícia Faísca, professora do Departamento de Física (DF) na Ciências ULisboa, publicado em setembro pela editora CRC Press. A obra é dirigida a alunos de Ciências Físicas e visa proporcionar um primeiro encontro com a Termodinâmica, os seus princípios, estrutura formal e aplicações.

autoras do livro
Patrícia Faísca com Margarida Cruz e Ana Nunes, que colaboraram na escrita do livro
Fonte GJ Ciências ULisboa

Com oito anos de experiência a lecionar a disciplina de Termodinâmica e Teoria Cinética, nos cursos de Física, Engenharia Física e Engenharia Biomédica e Biofísica, Patrícia Faísca sentiu que era a altura certa para compilar a informação que transmite aos alunos durante as suas aulas, reunindo dados de vários livros da especialidade e toda a experiência de ensino acumulada ao longo do tempo. A sua intenção é que o livro seja um reflexo das suas aulas e da sua forma de ensinar.

“Quando ensinamos temos que ter a preocupação de que os alunos compreendem as matérias da melhor forma possível, e essa é a minha forma de ensinar, que procurei refletir neste livro.” Patrícia Faísca

Na sua opinião é fundamental expor a matéria e interagir com eles. Patrícia Faísca conta que pretende que este livro seja uma experiência interativa e proativa para quem está a ler. Isto é, a intenção da autora passa por expor a matéria, colocar questões e forçar o leitor a parar para pensar. A cientista também procurou usar uma linguagem acessível, estimulante e não frustrante; uma formatação de texto facilitadora da leitura, recorrendo a imagens, gráficos, quadros e uma notação matemática simples e familiar aos alunos.​

capa do livro
O livro pode ser adquirido no site da editora, no formato em papel ou e-book, e estará disponível em breve na biblioteca da Ciências ULisboa. Na compra do livro, o leitor tem direito a receber um conteúdo suplementar, com exercícios e problemas resolvidos.
Fonte PF

Após dois anos a escrever o livro, Patrícia Faísca conta, entusiasmada, que esta foi uma ótima oportunidade, que lhe permitiu partilhar a sua experiência enquanto docente na Faculdade. Sem esta experiência, “não seria o mesmo livro, seria mais formal, menos acessível, mais conservador, e com certeza menos pedagógico”, partilha.

Neste seu livro colaboraram ainda duas professoras do DF Ciências ULisboa. Margarida Cruz e Ana Nunes escreveram os dois últimos capítulos, dedicados, respetivamente, aos Sistemas Magnéticos e à Radiação Térmica.

No prefácio, deixa um agradecimento aos seus alunos, peças fundamentais que a ajudaram a evoluir enquanto professora e com quem tem aprofundando a compreensão da Termodinâmica.

Já pensou escrever um livro?

Patrícia Faísca é doutorada em Física pela Universidade de Warwick, no Reino Unido, no contexto do Programa Gulbenkian de Doutoramento em Biologia e Medicina. É professora auxiliar com agregação do Departamento de Física e vice-ccordenadora do Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (BioISI), onde também dirige a linha temática de Biofísica. Desenvolve a sua investigação na área da Física Biológica com foco nos processos biomoleculares de folding e agregação de proteínas.

Tudo começou com o preenchimento de um inquérito de satisfação sobre os livros que Patrícia Faísca comprava online. Uma das perguntas - “Já pensou escrever um livro?” - e a resposta afirmativa, valeu-lhe um email da editora, com o desafio de apresentar uma proposta de livro sobre Termodinâmica.

À vontade da editora juntou-se a sua, já antiga, de escrever um livro sobre esta área científica. Avançou para a escrita de uma proposta, que diz ter sido mais exigente do que escrever o próprio livro.

Depois de mostrar o projeto, explicar de que forma o livro difere dos já existentes no mercado e escrever um capítulo de amostra, a proposta foi avaliada por um conjunto de revisores e aprovada em abril de 2020.

Marta Tavares com Ana Subtil Simões, Gabinete de Jornalismo Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Gulf Labor Markets and Migration Program (GLMMP), a joint program of the European University Institute (EUI - Florence) and the Gulf Research Center (GRC - Jeddah, Geneva, Cambridge), seeks two Research Assistants (Demographer/Statistician and Lawyer).

Rosto de Vanda Brotas

Estudar a clorofila, único parâmetro biológico visível do espaço, constitui uma ferramenta essencial para se perceber se o clima está a mudar. Este artigo foi publicado no jornal "Público" no passado dia 16 de fevereiro.

Servidor da FCUL

As ações de modernização e de alargamento do Centro de Dados da FCUL ocorreram no verão de 2012. A Unidade de Informática continua a apostar na renovação das condições tecnológicas do campus.

Ilustração de animais

A Âncora Editora define-se como uma editora generalista, que tem vindo a dedicar-se, sobretudo, à publicação de autores portugueses. Até agora A. M. Galopim de Carvalho é o autor com o maior número de livros editados.

O projecto de investigação NAADIR que envolve a Faculade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa e a Faculdade de Ciências da Universidade de L

Átrio do C6

Para os SASUL ainda é prematuro avaliar o Programa Alimentação UL, cujo orçamento se estima ser na ordem dos 192.000,00 €.

Iain Mattaj, diretor-geral do EMBL

“Estou impressionado com a energia que existe na Faculdade e o número de pessoas que aqui trabalham. Acho que estão bem organizados para trabalhar em equipa!”, declara Iain Mattaj, diretor-geral do European Molecular Biology Laboratory, depois de visitar alguns dos laboratórios da FCUL.

Logotipo da inicativa Programa Alimentação UL

O Menu Estudante custa 2,40€ e inclui sopa, prato principal, sobremesa, pão e bebida. A partir de fevereiro o Espaço Estudante, localizado no edifício C6, também vai dispor de micro-ondas permitindo dessa forma o aquecimento de refeições.

Ester Luísa Rodrigues Dias, professora jubilada do extinto Departamento de Educação da FCUL, faleceu no dia 11 de fevereiro de 2013.

As ações de formação e de sensibilização em segurança e saúde do trabalho procuram divulgar conhecimentos teóricos e práticos de maneira a prevenir acidentes de trabalho e doenças profissionais, permitindo também  intervenções eficazes e eficientes em casos de emergência.

Sala de aula com alunos sentados e tomando notas

"Os estudantes da FCUL, incluindo os estudantes de licenciatura, dispõem do background e conhecimentos certos para participar nestes módulos", esclarece Nathalie Gontier, coordenadora do laboratório AppEEL e das respetivas Escolas de Inverno e de Verão.

Rosto de Vera Carvalho

As inscrições para o programa Erasmus terminam a 10 de fevereiro. Se tens interesse neste programa de mobilidade conhece a história de Vera Carvalho, aluna Erasmus na Dinamarca.

Pormenor de obra de arte

Para os fundadores do AppEEL, este laboratório pode ser considerado o primeiro centro no mundo a reunir investigadores que estudam a evolução sociocultural a partir das teorias que formam parte da Síntese Expandida.

 

O Departamento de Matemática recebeu ontem, dia  4 de Fevereiro, cerca de 70 alunos (9º ano) do  Agrupamento de Escolas D. Miguel de Almeida - Abrantes.

Entre os empregos mais bem pagos contam-se os que estão ligados às engenharias.

Capa

Esta coleção de Livros Brancos foi organizada pela META-NET, uma rede de excelência parcialmente financiada pela Comissão Europeia, que levou a cabo uma análise dos recursos e tecnologias da linguagem atualmente disponíveis. A análise abordou as 23 línguas oficiais europeias assim como outras línguas importantes na Europa a nível nacional e regional. 

O Prémio João Branco é uma iniciativa conjunta da Universidade de Aveiro e da família do designer Jo

Dia 4 Fevereiro 2013 – 14:00h às 19:30h (Sala 2.2.15)

Primeiro plenário do IPBES

Grupo liderado por Henrique Miguel Pereira, investigador do Centro de Biologia Ambiental da FCUL, submete à apreciação da comunidade científica o desenvolvimento de um sistema de monitorização da biodiversidade baseado num conjunto de variáveis essenciais.

Rosto de Maria Antónia Amaral Turkman

“Ao longo dos últimos dois séculos a Estatística foi indispensável em confirmar muitas das maiores descobertas científicas e inovações da humanidade, tais como a partícula bosão de Higgs e a Revolução Verde na agricultura”, declaram Daniel Paulino, presidente da Sociedade Portuguesa de Estatística e Maria Antónia Amaral Turkman, coordenadora do CEAUL.

Dois artigos -- contando com docentes e investigadores do GeoFCUL no seu elenco de autores -- assinalados no “TOP 25 Hottest Papers” de Abril-Junho de 2011 da revista Journal of South American Earth Studies (Sciencedirect / Elsevier).

Henrique Leitão foi eleito membro efetivo da Académie International d'Histoire des Sciences, pela relevância da sua carreira e produção intelectual. Para o historiador das ciências foi uma “honra enorme” receber a distinção, “a maior ambição de qualquer estudioso ou cientista”.

Páginas