Crónicas em Ciências

Um mar de tranquilidade

Pormenor do mapa de Grimaldi-Riccioli

Imagem cedida por LT

Luís Tirapicos
Fonte ACI Ciências ULisboa

Quando há 50 anos, em julho de 1969, astronautas norte-americanos (missão Apollo 11) pousaram pela primeira vez na Lua as suas impressões registaram uma imensa desolação. O ambiente, sem vida ou atmosfera, que aí foram encontrar quadrava bem com o nome atribuído à grande planície crivada de crateras onde haviam chegado: o Mar da Tranquilidade.

De facto, embora tranquilo não se trata de um mar. Como é que a região ganhou esse nome? Na verdade, a resposta encontra-se na longa história da Selenografia, a arte/ciência que se ocupou da cartografia da Lua. Desde que Galileu Galilei (1564-1642) realizou as primeiras observações detalhadas da Lua com o telescópio que foram notadas semelhanças com aspetos da geografia terrestre. Desse modo, vários autores, por analogia com a Terra, e pensando tratarem-se de mares começaram a designar as grandes manchas escuras e planas como tal. No século XVII, com a melhoria da qualidade dos telescópios, seriam publicados mapas que incluíam sistemas de nomenclatura dos principais acidentes topográficos da Lua.

Destacaram-se em meados do século as propostas de Johannes Hevelius (1611-1687) e Giovanni Battista Riccioli (1598-1671). Este último, um jesuíta Italiano, publicou em 1651 no seu livro Almagestum novum um mapa, realizado em colaboração com o companheiro Francesco Maria Grimaldi (1618-1663), onde apresentava uma nova nomenclatura para a face visível da Lua. A proposta, depois de avanços e recuos, veio a constituir a base da nomenclatura que ainda hoje usamos. Por isso para encontrar a origem do nome basta olhar com atenção para o mapa de Grimaldi-Riccioli: em pouco tempo localizamos a legenda Mare Tranquilitatis.

Nota da redação
Luís Tirapicos é um dos organizadores da exposição "Cartografia Histórica da Lua - Nos 50 anos da Apollo 11", patente na Galeria Ciências até 31 de outubro.

Luís Tirapicos, investigador do Departamento de História e Filosofia das Ciências e Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Anfiteatro

"As Jornadas tiveram um balanço bastante positivo (...) elucidaram e esclareceram algumas dúvidas importantes para os estudantes (...) ", conclui a Comissão de Curso de Engenharia Geográfica.

Museu do Quartzo é inaugurado e recebe o nome de Galopim de Carvalho, professor jubilado do Departamento de Geologia.

Céu com nuvens escuras

As candidaturas à oficina de formação terminam a 21 de maio. As sessões realizam-se às terças e quintas-feiras, entre as 17h30 e as 20h30.

A exposição “O Cálculo de ontem e de hoje”, elaborada pelo Departamento de Matemática em colabora&

Lâmpada

Estudantes de Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL promovem reunião especializada. O Ne2b2 existe desde outubro de 2008.

Luzes

Pela primeira vez a Reitoria da UL abre as suas portas aos estudantes da cidade, organizando um evento noturno para alunos dos ensinos universitário e secundário.

A exposição está a partir de 26 de Abril no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

As provas de doutoramento em Biologia, especialidade de Microbiologia, da Mestre Egídia Maria Valente de Azevedo realizam-se no próximo dia 26 de Abril, pelas 10h:30 na Sala de Actos da

O grande momento do dia é a sessão solene, que inclui este ano o lançamento do segundo volume dos Professores Cientistas e a inauguração do Quadro de Honra.

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Vela

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Páginas