O dia-a-dia de um ex-aluno de Ciências ULisboa

Nélson Pinto

Engenharia Informática

Nélson Pinto

"A licenciatura em Engenharia Informática, em Ciências ULisboa, permitiu-me aprofundar e adquirir conhecimentos na área da Informática e deu-me força e motivação para continuar o meu percurso académico", conta Nélson Pinto

Glintt

Nélson Pinto
Fonte Glintt

A Glintt - Global Intelligent Technologies, uma multinacional de origem portuguesa, líder em consultoria e serviços tecnológicos na saúde e cotada na Euronext​, conta já com mais de 1050 colaboradores, entre eles alguns ex-alunos de Ciências ULisboa, como é o caso de Nélson Pinto, licenciado em Engenharia Informática e mestre em Engenharia Informática, especialização em Sistemas de Informação. Leia o seu testemunho, fique a par das vantagens do curso e de como é que é trabalhar nesta empresa, que opera a partir de dez escritórios, sediados em seis países - Portugal, Espanha, Reino Unido, Irlanda, Angola e Brasil. Leia o seu testemunho.

Quais foram as vantagens do curso?

Nélson Pinto (NP) - A licenciatura em Engenharia Informática, em Ciências ULisboa, permitiu-me aprofundar e adquirir conhecimentos na área da Informática e deu-me força e motivação para continuar o meu percurso académico. Assim, iniciei o mestrado em Engenharia Informática, com especialização em Sistemas de Informação, onde tive diversas unidades curriculares que me possibilitaram adquirir uma visão alargada de diversos temas e complementar a minha formação.

De que forma a Faculdade contribuiu para o percurso profissional e para a integração na Glintt?

NP - Durante o mestrado, na unidade curricular de Engenharia de Software, tive a oportunidade de ouvir uma palestra da OutSystems sobre uma versão da sua plataforma. Esse foi o trigger para realizar o meu estágio de mestrado, desenvolvendo uma aplicação em OutSystems.

A partir daí, o meu objetivo foi sempre evoluir e ganhar competências em todas as vertentes de OutSystems, bem como em componentes adjacentes.

Como é trabalhar na Glintt?

NP - É bom trabalhar na Glintt! Nestes dois anos, a par do bom acompanhamento que temos por parte da equipa, tenho desenvolvido muitas soft skills e tenho crescido muito profissionalmente.

Que conselhos dá aos ex-colegas, relativamente à Glintt?

NP - Com as Academias Glintt terão a oportunidade de conhecer o mundo da Glintt e perceber qual o caminho ideal. Não precisa de ser perfeito numa área, nem ter conhecimentos profundos numa tecnologia. Apenas precisa de ter vontade de aprender e trabalhar! Eu, ou outro colega, estaremos cá para ajudar naquilo que precisarem.

Glintt com ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Páginas