Jorge Buescu vice-presidente da European Mathematical Society

European Mathematical Society

Jorge Buescu faz parte da comissão executiva da EMS desde junho de 2018

Imagem cedida por JB
Jorge Buescu
Jorge Buescu é o primeiro português a ser eleito vice-presidente da EMS
Imagem cedida por JB

Jorge Buescu, professor do Departamento de Matemática da Ciências ULisboa, é vice-presidente da European Mathematical Society (EMS). É a primeira vez que um português é eleito vice-presidente da EMS.

O mandato de Jorge Buescu começa em janeiro deste ano e termina no final de 2024. A eleição ocorreu durante Assembleia Geral, em julho do ano passado e que deveria ter tido lugar em Bled, na Eslovénia, mas devido à pandemia acabou por decorrer no ciberespaço, por zoom.

Para Jorge Buescu esta função coloca-o no centro nevrálgico dos processos de discussão e decisão das questões estratégicas relevantes para o desenvolvimento da Matemática a nível europeu. “Creio que é importante também para o país, não apenas pelo prestígio da posição como por mostrar claramente que Portugal é hoje considerado internacionalmente como um parceiro sério e relevante”, refere Jorge Buescu, que faz parte da comissão executiva da EMS desde junho de 2018, integrando a Comissão de Matemática Aplicada, e que colabora com esta organização desde 2008, tendo sido editor da sua newsletter.

A EMS é uma organização chapéu-de-chuva, que para além dos sócios individuais agrega as sociedades científicas nacionais dos países europeus, promovendo e dinamizando a cooperação científica dentro da Europa. Todos os matemáticos podem ser sócios individuais, pagando uma quota simbólica. Institucionalmente, Portugal está representado na EMS pela Sociedade Portuguesa de Matemática e pelo Centro Internacional de Matemática.

“A EMS desempenha um papel único, dando voz a todos os matemáticos da Europa. Para dar três exemplos concretos, organiza o maior congresso europeu de Matemática (ECM, que a pandemia impediu que tivesse lugar em julho de 2020) e tem uma publishing house que edita um grande número de importantes revistas científicas, entre as quais a Portugaliae Mathematica. E age junto das instâncias comunitárias como voz da Matemática: de facto, a EMS é um parceiro sempre ouvido pelo Comissário Europeu da Ciência”, conclui Jorge Buescu.

Ana Subtil Simões, Área Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas