Opinião

Laboratório vivo de Permacultura

PermaLab na FCUL

Experiência três irmãs em setembro de 2016 quando o milho passava os três metros de altura nos canteiros com melhor solo

HortaFCUL

David Avelar


Florian Ulm

Está a nascer um laboratório vivo de permacultura (PermaLab) na FCUL, uma zona que convida a implementação de projetos propostos pela permacultura e sua monitorização com metodologias científicas.

Este espaço resulta de uma parceria entre a HortaFCUL, o centro cE3c e a FCUL, em curso desde o início de 2016 no sentido de fomentar a colaboração entre elementos da comunidade, promover a investigação/ação e melhorar a HandPrint da FCUL. O PermaLab encontra-se na zona norte da FCUL, junto ao parque de estufas.

Dos padrões para os detalhes

A partir da observação e análise das várias características e fatores que influenciam o local, como a topografia, o sector solar, o vento, as fontes poluentes e os recursos hídricos, elaborou-se um plano geral para o PermaLab.

O plano geral pretende integrar as várias experiências que irão ocorrer no PermaLab potenciando as sinergias entre elementos do sistema, no sentido de aumentar a sua exergia.

Integrar em vez de segregar

Este projeto convida a implementação de projetos multidisciplinares, criando uma arena de colaboração que congrega alguma da diversidade das partes interessadas da FCUL em fechar ciclos e promover o conhecimento.

O PermaLab convida à integração na iniciativa de “tod@s aquel@s” que se sentirem motivados, tiverem ideias e comprometidos com a sua implementação, trabalhando em rede com os restantes elementos.

Mais informações em http://hortafcul.wixsite.com/home/permaculture-living-labhttps://www.facebook.com/hortafcul/


Esquema ilustrativo dos vários temas analisados na conceção do Plano geral do PermaLab
Fonte HortaFCUL

Pequenas soluções e lentas

A concretização do plano quer-se orgânica, evoluindo ao ritmo da energia investida pelos colaboradores do projeto, focada na monitorização e comunicação dos seus resultados.Das várias ideias e sonhos que existem para o local, atualmente estão a decorrer três experiências com objetivos distintos mas interligados:

  • Três irmãs

Parceria – Doutoramento David Avelar (BEGC) e Florian Ulm (BIODIV) e Mestrado Mariana Ramos. Entidades: HortaFCUL, Associação Colher para Semear, Center for Econics.

Objetivo – Perceber em que medida a complexidade do solo e culturas se relaciona com a produtividade do sistema e o seu desempenho termodinâmico. São testados várias tipologias de tratamentos do solo (terra, composto urbano, composto de acácia e relva) e de variedades cultivares (monocultura de milho e policultura das três irmãs: milho, feijão e abóbora), replicados em 16 canteiros de 2x2metros.

Sinergias – Alimentos distribuídos pela HortaFCUL, biomassa para o compostor e sementes para o banco vivo de sementes HortaFCUL.

  • Compostor

Parceria - HortaFCUL, Plant-Soil Ecology cE3c, Assessoria para a Segurança do Trabalho na FCUL, Equipa de Jardinagem.

Objetivo – Fechar o ciclo orgânico da FCUL, reciclando todos os resíduos vegetais dos espaços verdes da FCUL até à primavera de 2017 (fase 1) e os resíduos orgânicos adequados dos bares e cantinas da FCUL (fase 2). Por outro lado servir de zona de testes de diferentes métodos de compostagem e usos dos seus produtos para eventuais experiências científicas. Foi planeado e construído um compostor tricompartimentado de 7m comprido, 2,5m de altura e 2m de profundidade, uma zona de receção de resíduos, adquirido um bio triturador e criada uma equipa de coordenação e manutenção.

Sinergias internas – Recebe matéria-prima das várias experiências do PermaLab e dos espaços verdes da FCUL e produz composto para a experiência Tampão.


Construção do compostor em novembro de 2016 por voluntários amigos
Fonte HortaFCUL

  • Tampão

Parceria - HortaFCUL e cE3c

Objetivo – Testar várias técnicas de regeneração do espaço (ex.: vala e combro em curva de nível para retenção de água e matéria orgânica para acelerar o desenvolvimento de camadas férteis do solo) e diferentes grupos funcionais e consociações de plantas autóctones, com vista a criar uma zona tampão entre uma das estradas mais movimentadas de Lisboa (2.ª circular) e o restante PermaLab. Explorar métodos sistémicos de monitorização da eficácia das soluções (ex.: paisagem sonora).

Sinergias internas – Recebe os produtos do compostor e atenua a poluição sonora, visual e química recebida no PermaLab.


Criação da primeira cama elevada em outubro de 2016 - servirá de tampão às fontes de poluição. Depois de criada foi regada para humedecer e ativar o composto que se encontra no interior
Fonte HortaFCUL

 

David Avelar & Florian Ulm, guardiões da HortaFCUL
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Miguel Ramos

Miguel Ramos, professor do Departamento de Matemática da FCUL, faleceu esta quinta-feira, dia 3 de janeiro. O corpo será velado no dia 5 de janeiro, entre as 17h00 e as 24h00, na Capela da Igreja das Furnas, em São Domingos de Benfica, assim como no dia 6 de janeiro, a partir das 12h00, seguindo-se a missa pelas 15h00. A cerimónia de cremação ocorre no Cemitério dos Olivais.

Miguel Ramos (1963-2013)

Estão disponíveis os calendários de exames do 2º ciclo para as seguintes áreas:

- Mestrados de Engenharia Geográfica e SIG

Repórter e câmara de filmar

Após as palavras , chegam os sons e as imagens  do dia em que a FCUL voltou a fazer parte da “Rota das Vocações de Futuro” da associação EPIS. A reportagem está disponível na página do YouTube da Faculdade, bem como na pasta de vídeos do Facebook.

 

O histórico de aluno no Portal da FCUL foi atualizado e renovado.

Relembramos que pode utilizar os vários meios ao dispor para deixar comentários ou sugestões sobre os serviços da FCUL.

Bruno Almeida, doutorado em História das Ciências pela Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL e membro do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, ganha "Prémio Cultura 2012" atribuído pela Sociedade de Geografia de Lisboa.

Alunos informam-se sobre programas de mobilidade internacional

“É uma grande oportunidade que estou a ter, a Faculdade dá um grande apoio aos alunos. (…) Estou a gostar do convívio com os colegas, das aulas, das disciplinas e da cultura portuguesa”, sublinha Daniel Martins, aluno oriundo do Brasil a estudar Biologia na FCUL.

Pela 2.ª vez, o Dia Internacional proporcionou a divulgação de programas de mobilidade internacional junto dos alunos, esclarecendo dúvidas e curiosidades. Durante o acontecimento, trocaram-se experiências, conheceram-se hábitos e tradições de diferentes países e, acima de tudo, enalteceu-se o espírito de convívio em ambiente "além-fronteiras".

Candidaturas para Base de Recrutamento de Professores Auxiliares Convidados do DF

“MARAVILHAR-SE: reaproximar a criança da Natureza” 

Foi duplicado o espaço de armazenamento nas áreas de alunos. A nova quota é agora de 1 Gb.

 

Com o intuito de inovar e proporcionar os melhores temas aos alunos da Faculdade de Ciências no que diz respeito às novas tecnologias, a

David Luz e Pedro Machado, investigadores do Centro de Astronomia e Astrofísica da UL, fazem parte de uma equipa de investigadores que ao fim de dois anos conseguiu medir os ventos da atmosfera de Vénus a partir da Terra. Até então, só era possível fazê-lo recorrendo a sondas espaciais.

À semelhança dos anos anteriores o Departamento de Química e Bioquímica vai promover a realização de Ações de Formação para os professores do Ensino Básico e Secundário na modalidade oficina.

Encontram-se abertos concursos para recrutamento postos de trabalho de Professor Auxiliar, nas áreas disciplinares de Meteorologia, de Geofísica, de Engenharia Geográfica e de Oceanografia Física, Astronomia e Astrofísica, constantes do mapa de pessoal docente d

Empresa Outmind trabalha o conceito de marketing sensorial aliado à tecnologia

“Queremos dar a conhecer um novo espaço, uma nova marca, uma nova estratégia para o Tec Labs e também, claramente, incentivar as pessoas a terem uma atitude diferente face ao empreendedorismo”, sublinhou Luís Matos Martins, presidente do Conselho de Administração do Tec Labs.

Imagem alusiva à extração de óleos essenciais

Aquele que é hoje conhecido como o ISEO teve início em setembro de 1969, quando quatro cientistas da área da farmacognosia se reuniram, informalmente, em Leiden, na Holanda, para discutir problemas comuns, relacionados com a análise de óleos essenciais. Docentes/investigadores da FCUL participam, desde 1989, nesse congresso e já o organizaram por duas vezes.

Membros de uma tuna, durante uma atuação

Diário de bordo da nave Esperança. Uma viagem por um dos acontecimentos musicais da comunidade académica com especial tradição…

Pormenor de obra de arte

Invest in our future, invest in science”. A mensagem é clara, concisa e direta. Por um mundo melhor, um grupo de personalidades do Champalimaud Neuroscience Programme lançou recentemente um blogue no qual procuram sensibilizar a comunidade para a importância da ciência nas nossas vidas.

Está aberto concurso, até ao dia 07 de dezembro de 2012, para admissão de voluntários para a prestação de serviço em regime de contrato na Categoria de Oficial Técnico Superior Naval (TSN) e Oficial Técnico Naval (TN).

A sessão de encerramento contou com uma breve troca de ideias acerca dos novos desafios e possibilidades oferecidos pelo software Open Source, em particular, pela cada vez maior procura de formação em Quantum GIS.

Páginas