Entrevista com Daniela Marques Godinho

Algoritmos de aprendizagem automática para deteção de tumores na mama

Novo método premiado durante 12.º Congresso do Comité Português da URSI

Esquema

Esquema representativo do sistema de Imagiologia por Micro-ondas com aplicação aos gânglios linfáticos axilares

DMG

Daniela Marques Godinho recebe o 3.º lugar do Best Student Paper Award do 12.º Congresso do Comité Português da URSI, com a submissão do trabalho "Classificação de sinais de imagem por microondas para auxiliar o diagnóstico do cancro da mama"
Fonte ANACOM

Daniela Marques Godinho, aluna de doutoramento em Engenharia Biomédica e Biofísica de Ciências ULisboa, foi distinguida com o 3.ª lugar do Best Student Paper, edição de 2018, durante o 12.º Congresso do Comité Português da URSI. "Classificação de sinais de imagem por micro-ondas para auxiliar o diagnóstico do cancro da mama" foi o tema do trabalho premiado.

Na entrevista que se segue fique a conhecer o trabalho iniciado durante uma bolsa de investigação da FCiências.ID e quais são os planos da Daniela Marques Godinho para o futuro.

Em que consiste o trabalho alvo de distinção?

Daniela Marques Godinho (DMG) - O trabalho distinguido com este prémio consistiu na apresentação de um novo método que utiliza algoritmos de aprendizagem automática para deteção de tumores na mama. Este método está associado à técnica de Imagiologia por micro-ondas e permite criar imagens complementares (com recurso a algoritmos de aprendizagem automática) às imagens obtidas pelos algoritmos tradicionais de reconstrução e assim reduzir as taxas de falsos negativos e falsos positivos. Este trabalho começou a ser desenvolvido durante uma bolsa de investigação da FCiências.ID antes de iniciar o meu doutoramento e ao qual tem sido dada continuidade em paralelo com o projeto de doutoramento.

Como está a correr o doutoramento? 

DMG - Iniciei o doutoramento em Engenharia Biomédica e Biofísica em março de 2018, sob orientação da professora Raquel Conceição, do IBEB Ciências ULisboa e do professor Carlos Fernandes, do IT IST. O projeto tem como título “Axillary Lymph Node Microwave Imaging (ALN-MWI) to Improve Breast Cancer Diagnosis” e consiste em projetar um sistema para diagnosticar os gânglios linfáticos da zona axilar que são metastizados pelo cancro da mama. A metastização destes gânglios faz parte dos critérios para o estadiamento do cancro da mama e atualmente ainda não existe nenhuma técnica de diagnóstico com sensibilidade e especificidade satisfatórias. Acreditamos que com a Imagiologia de Micro-ondas, uma técnica de baixo custo e não-ionizante, podemos auxiliar este diagnóstico, reduzindo os riscos e custos associados à remoção - muitas vezes desnecessária - de gânglios saudáveis. O projeto encontra-se ainda numa fase inicial, tendo já alguns resultados preliminares da criação de modelos anatomicamente realistas da zona da axila e do desenho e projeção da configuração das antenas que vão emitir e receber os sinais micro-ondas.

Que planos tem para o futuro?

DMG - A área de ensino sempre me atraiu, mas acima de tudo gostaria de continuar envolvida em projetos ligados às tecnologias médicas, que sejam inovadores e que procuram ter impacto e melhorar o bem-estar das pessoas.

“A Daniela é uma excelente aluna, com uma capacidade de trabalho (bem feito) invejável! É muito metódica, organizada e trabalhadora, e muito rapidamente começou a aplicar as ferramentas que aprendeu durante o curso de Engenharia Biomédica numa área nova para ela: a de imagiologia por micro-ondas. É uma motivação para mim poder trabalhar com ela neste projeto no dia-a-dia.”
Raquel Conceição

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Estão abertas as candidaturas à edição de 2013 do Prémio Academia Lx, destinado a trabalhos de investigação e estudos sobre temas com relevância prática para a cidade de Lisboa.  

Aceitam-se candidaturas de docentes para inclusão numa  Bolsa de Recrutamento, para a Área de Finanças e Economia - Secção Autónoma de Estatística, d

FCUL promove cooperação com EMBL

A passagem do diretor-geral do EMBL pela FCUL, foi registada através de uma reportagem multimédia. Fique a saber mais sobre esta visita bem como os pormenores do evento “Molecular Biology in Portugal and EMBL”!

De 8 de Julho a 30 de Agosto as bibliotecas do C4 e C8 têm alteração nos horários de funcionamento

Doctorate in Applied and Engineering Physics

Programa Doutoral em Física Aplicada e Engenharia Física

Arthur Vieira, estudante do mestrado integrado em Engenharia Física e Emiliano Pinto, aluno de mestrado em Física Nuclear e Partículas, são os diretores da revista trimestral do Departamento de Física da FCUL e  que integra uma equipa editorial constituída por outros 16 discentes.

Challenge4you desafiou estudantes dos cinco aos vinte anos

“Aquilo que aqui aprendemos faz parte da cultura geral e todos nós devemos ter algumas ideias sobre o local onde estamos inseridos e sobre esta união de que todos fazemos parte e que tanto nos ajuda”. A declaração é da estudante e participante Adriana Pereira de 17 anos.

Para uma crítica das perspectivas recentes da União Europeia sobre o Ensino Superior

Recomendações para melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem.

Implicações no Quebramento do Gondwana e sua Correlação com as bacias da Margem Atlântico Sul e Atlântico Central

É crucial que estatísticos e investigadores em Ciências do Ambiente mantenham uma colaboração estreita, para que continuem a ser desenvolvidos métodos estatísticos e computacionais adequados que permitam dar resposta continuada aos desafios presentes e futuros.

Está disponível a edição de 2012 do JCR (Journal Citation Reports).

O trabalho de cinco investigadoras portuguesas foi distinguido no início de junho em Boston, nos EUA. O congresso mundial contou com mais de 800 cientistas de 50 países.

[Tec Labs]i – Potenciar a Inovação

“Os alunos da FCUL tiveram uma experiência única que não vão esquecer ao longo da sua vida académica e profissional”, denota Rui Ferreira, administrador do Tec Labs – Centro de Inovação da FCUL.

Visita de Estudo à nova Universidade de Lisboa

“[Viveu-se um ambiente] muito propício ao debate onde o intercâmbio de ideias e de boas práticas foram muito gratificantes e uma mais-valia para os participantes e oradores do evento”, declarou Luísa Cerdeira, pró-reitora da Universidade de Lisboa e presidente do FORGES.

Álvaro de Campos

TABACARIA

O Departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (DI-FCUL) vai organizar a 3 de julho deste ano a primeira edição do 

“Eu sempre gostei de fazer desenho geométrico e sempre me interessei pelos azulejos e seus painéis e pela calçada portuguesa pela sua beleza, pela arte, e porque têm potencialidades científicas, estéticas e didáticas praticamente ilimitadas”, conta o investigador do Grupo de Física-Matemática, distinguido recentemente com o Prémio Abordagem Inovadora “SOS Azulejo 2012”.

As bibliotecas do C4 e C8 têm horários alargados durante a época de exames de 1 a 29 de Junho.

Mestrados DBA 2013-2014

Investigadores do projeto “Climate Change Iniciative – Ocean Colour”

A equipa do projeto “Climate Change Iniciative – Ocean Colour” esteve reunida na FCUL, nos dias 21 e 22 de maio. Os investigadores avaliaram as ações em curso e discutiram alguns assuntos com a comunidade de end-users.

Jorge Manuel Ribeiro Rezende galardoado com o prémio “Abordagem Inovadora”

Intervenção na cerimónia de entrega dos Prémios 'SOS Azulejo' 2012:

Sessões dias 24 e 25 de junho 2013

Páginas