Investigação

Bolsas UL/FAD apoiam jovens investigadores

Bolsas Universidade de Lisboa / Fundação Amadeu Dias
Reitoria da Universidade de Lisboa

Reforçar a integração científica e a inclusão dos diplomados no meio empresarial e encaminhar os alunos de graduação para a descoberta científica são os principais objetivos do concurso para atribuição de bolsas UL/FAD.

Implementado em 2007, o programa destina-se aos estudantes do 1.º ciclo da Universidade de todas as áreas do saber aqui lecionadas, entre elas, Ciências, Letras, Medicina, Direito, Belas-Artes, Psicologia, Medicina Dentária, Ciências Sociais, Educação e Geografia e Ordenamento do Território.

Em quatro edições a iniciativa já apoiou 134 projetos, sendo a FCUL a instituição que contabiliza o maior número de bolseiros UL/FAD, setenta. Do total de bolseiros distinguidos registam-se ainda 18 projetos oriundos de alunos da Faculdade de Farmácia, 15 da Faculdade de Letras, 11 da Faculdade de Psicologia (anteriormente designada Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação), 12 da Faculdade de Medicina, três da Faculdade de Direito, dois da Faculdade de Medicina Dentária, dois do Instituto de Educação e um da Faculdade de Belas-Artes.

Na última edição, respeitante ao ano letivo 2011/2012, houve 27 trabalhos galardoados, 12 deles pertencentes a alunos da FCUL.

Bruno Carapinha, coordenador do Núcleo de Relações Externas da UL, reforçou a importância da iniciativa: “É fundamental promover uma cultura de participação ativa no mundo da investigação tão cedo quanto possível no percurso académico do estudante, incentivando-o a pensar de forma criativa e a conceber modos de concretizar uma ideia que lhe pareça ter interesse e merecer o apoio de avaliadores dessa mesma ideia”, acrescentando que o balanço da participação dos alunos da FCUL tem sido “muito positivo, visto que tem havido um número elevado de candidaturas, muitas delas bem sucedidas, o que prova que os projetos apresentados têm merecido a aprovação dos avaliadores ao longo dos anos”.

A bolseira Fátima Cardoso, apoiada para a conceção do projeto “Mecanismos da Ação Antitumoral de Complexos Organometálicos de Ouro (I)”, deu conta da sua experiência no ano letivo 2011/2012.“Quando vi que iria receber a bolsa fiquei mais que feliz, tinha uma oportunidade única de começar a trabalhar naquilo que quero fazer durante toda a minha carreira profissional: investigação!”, refere com entusiasmo a jovem estudante do 2.º ano de Biologia.

O aluno do 2.º ano de Bioquímica, João Coelho, distinguido no mesmo ano, reforçou a importância da participação nesta iniciativa e deixou conselhos aos colegas: “Este tipo de bolsas permite o desenvolvimento de capacidade e mentalidade prática acerca da Ciência, assim como permite a inserção e interação num ambiente diferente do habitual laboratório que se experiencia durante a licenciatura”. O jovem cujo trabalho incide sobre a doença genética da Fibrose Quística aconselhou ainda os colegas, que concorreram e não foram apoiados, a não desistir.

O número de bolsas a atribuir a cada umas das áreas do saber da UL, assim como o valor, varia de ano para ano. Os critérios de seleção baseiam-se no interesse e originalidade do projeto, média de curso do estudante e curriculum vitae do tutor.

Cada aluno é acompanhado por um tutor, por si escolhido, que irá orientar e avaliar o projeto de investigação. Na fase da conceção, o tutor terá de ser um docente ou investigador da UL (ou convidado) com grau de doutor. No que concerne à segunda fase do trabalho, o tutor terá de ser também docente da UL e deverá “responsabilizar-se pela realização de um pequeno projeto em ligação com o tecido empresarial”.

Para o professor Carlos Farinha, docente do Departamento de Química e Bioquímica e orientador do João Coelho, este tipo de iniciativas é “muito útil para implementar uma maior dinâmica às nossas atividades de investigação e permitir uma crescente ligação dos estudantes de 1.º ciclo a esse tipo de atividades”.

No final de cada edição todos os projetos são apresentados num fórum público onde são atribuídos dois prémios extra: um destina-se ao melhor poster, outro à melhor apresentação oral.

No ano letivo 2012/2013, serão 25 os projetos apoiados com uma bolsa no valor de 1.900 euros destinada exclusivamente aos estudantes. Até ao momento a Reitoria da UL recebeu 97 candidaturas. Este ano o prazo do programa foi prorrogado até 6 de setembro, sendo que os resultados deverão ser anunciados a 28 de setembro. A FCUL deseja boa sorte a todos os concorrentes!

Alunos da FCUL premiados em 2011/2012 com as Bolsas UL/FAD

Engenharia Biomédica e Biofísica
Andreia Sofia Oliveira Gaspar – “Implementação de um Software para Análise de Realce Tardio em Ressonância Magnética Cardiovascular”
Biologia
Evelina Daniela Teixeira Rodrigues – “Cuidados Parentais em Chimpanzés: Estudo de Interações Parentais numa População em Cativeiro do ZOO de Lisboa, Baseado no Grau de Parentesco e Idade”
Fátima Sofia dos Santos Cardoso – “Mecanismos da Ação Anti-tumoral de Complexos Organometálicos de Ouro (I)”
Maria José Minhoto Diniz da Costa – “Mecanismo de Resistência ao Arsénio numa Levedura Extremófila”
Mário Artur Santos Mira - “Evolução do Comportamento de Acasalamento da Natureza para o Laboratório: Será que as Fêmeas sabem a Diferença?”
Telma Soraia Guedes Laurentino – “Influência do fungo Batrachochytrium Dendrobatidis na Longevidade e Estrutura Etária de Urudelos”
Bioquímica
Ana Catarina Alcarva Pontes - “Otimização do Método de Quantificação de TTR em Extrato de Fígado Humano”
Ana Iolanda d’Armada Moreira - “Caracterização Molecular e Estrutural do Sintase do Óxido Nítrico de Leishmania Infantum
João Pedro Lourenço Coelho – “Desenvolvimento de Nova Metodologia para Estudo da Biogénese e Processamento da Proteína CFTR responsável pela Doença Genética Fibrose Quística”
Geologia
Marco Cantídio Azevedo – “Avaliação do Potencial e Natureza Metalogenética do Acidente de Juromenha (Zona de Ossa-Morena), através de Metodologias Analítica e Cartográficas Estruturais de Pormenor”
Susana Margarida da Graça Santos – “Química-mineral das Lavas da Ilha de Santa Maria (Açores): Implicações Petrogenéticas”
Matemática Aplicada
Diogo Afonso Carocho de Sousa Costa – “Visualização de Estruturas com Diferentes Níveis de Detalhe no Âmbito da Biologia Vegetal”

Espólio info-Ciências digital
Entrevista com Rafael Galupa
Entrevista com Patrícia Santos
Bolsas UL/FAD - 3.ª edição
Bolsas UL/FAD

 

Raquel Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt
Filipa Rocha

A estudante de doutoramento na Ciências ULisboa e professora assistente no IST desenvolveu um sistema que utiliza blocos tangíveis para promover a aprendizagem digital inclusiva para crianças com deficiência visual, ensinando assim literacia digital e eliminando barreiras educativas.

cérebro

O primeiro grande modelo de Inteligência Artificial generativa para a língua portuguesa, para cada uma das variantes, do Brasil e de Portugal, gratuito, em código aberto e com acesso universal está disponível desde este mês e tem 900 milhões de parâmetros. "Trata-se de um marco histórico muito importante na preparação tecnológica da língua portuguesa para a era digital", diz António Branco, professor do DI Ciências ULisboa.

Joaquim Alvez Gaspar

Encontra a resposta a esta pergunta na exposição final do projeto Medea-Chart - As Cartas Náuticas Medievais e Renascentistas: origem, uso e evolução, inaugurada a 18 de maio, no Instituto Hidrográfico e em exibição até setembro deste ano. Joaquim Alves Gaspar, investigador principal do projeto, efetuou uma visita guiada à exposição.

Grande auditório com pessoas

A ULisboa é uma das melhores universidades portuguesas, segundo o portal Research.com, com 131 cientistas entre os mais influentes, dos quais 29 dizem respeito a investigadores, cujo trabalho tem sido realizado na Faculdade e nas suas unidades de investigação.

Rosto de Patrícia Chaves

Patrícia Chaves, atualmente no 3.º ano de doutoramento em Ciências ULisboa, está entre os 12 finalistas da primeira edição da competição Três Minutos de Tese – 3MT ULisboa. A final tem lugar a 30 de maio, às 18h30, no Museu Nacional de História Natural e da Ciência da ULisboa. Patrícia Chaves está atualmente no 3.º ano do programa de doutoramento Biologia e Ecologia das Alterações Globais.

tejadilho de uma carro com paineis solares

Uma equipa de investigadores do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia e do Instituto Dom Luiz, está a recrutar voluntários para uma campanha de ciência cidadã, cujo objetivo é estimar o potencial da mobilidade solar, utilizando os próprios veículos. A campanha decorre no âmbito do projeto “Solar Cars”.

telescópio

Um grupo de cientistas da Ciências ULisboa e da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, membros do CENTRA - Centro de Astrofísica e Gravitação, participam no desenvolvimento do Mid-infrared ELT Imager and Spectrograph (METIS), um poderoso instrumento que vai equipar o maior telescópio do mundo - o Extremely Large Telescope (ELT) – em construção pelo European Southern Observatory (ESO) em Armazones, Chile.

logotipo simpósio

O simpósio internacional sobre “Os impactos humanos na conetividade funcional dos ecossistemas marinhos” realiza-se entre 22 e 25 de maio, no Cineteatro Municipal João Mota, em Sesimbra. Mais de 100 investigadores, gestores marinhos e políticos de 30 países de todo mundo partilham as últimas descobertas na temática e discutem as políticas de gestão e preservação destes ecossistemas.

Sala de reuniões com várias pessoas sentadas

Volker Mehrmann esteve na Ciências ULisboa, em outubro de 2022, para participar na reunião do Comité Executivo da EMS, que pela primeira vez ocorreu em Portugal. “A comunidade matemática portuguesa orgulha-se de, ao longo das últimas décadas, ter colocado com cada vez maior intensidade e reconhecimento Portugal no mapa da Matemática europeia e mundial”, diz Jorge Buescu, professor do Departamento de Matemática da Ciências ULisboa, vice-presidente da EMS, presente nestas reuniões desde 2018.

imagem com linhas e ligações luminosas

O Centro de Matemática, Aplicações Fundamentais e Investigação Operacional em conjunto com o Centro de Estudos de Gestão do Instituto Superior Técnico tem vindo a organizar a série "Workshop on Combinatorial Optimization". A 4.ª edição do evento terá lugar no próximo dia 8 de maio, em formato online.

3 pessoas a mostrar uma capa da Faculdade com o protocolo dentro

Realizou-se esta quarta-feira, dia 3 de maio, a assinatura da adenda ao acordo de cooperação do “UPskill - Digital Skills and Jobs”, um programa que aposta na requalificação de pessoas desempregadas ou em situação de subemprego, nas várias áreas das TIC. No âmbito deste acordo, a Faculdade irá participar como entidade formadora.

chuteira e uma bola de futebol

Em 2022, 23 alunos da Ciências ULisboa foram distinguidos com medalhas desportivas, em cerca de 50 provas de competições universitárias, nacionais e internacionais, nas modalidades karaté, taekwondo, judo, atletismo e natação, alcançando resultados de excelência.

mamífero toirão

O novo Livro Vermelho dos Mamíferos de Portugal Continental, apresentado esta terça-feira, atualiza o conhecimento sobre as espécies de mamíferos terrestres e marinhos da fauna de Portugal Continental e faz uma revisão dos estatutos de ameaça das espécies.

conjunto de pessoas - foto de grupo dos participantes

Nos dias 11 e 18 de março, realizaram-se no Departamento de Química e Bioquímica as semifinais das Olimpíadas de Química + e Júnior, respetivamente.

menina a escrever num papel com formulas matemáticas

Professores da Ciências ULisboa integraram equipas da Direção Geral de Educação, criadas para definir as aprendizagens essenciais para a Matemática do Ensino Secundário.

4 investigadores

Quatro investigadores do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente estiveram embarcados em expedições oceanográficas no Oceano Atlântico e Oceano Austral, com o objetivo de estudar os processos biogeoquímicos do oceano.

foto de grupo com mulheres homenageadas

O quarto volume do livro “Mulheres na Ciência”, editado pela Ciência Viva, conta com retratos de 101 cientistas portuguesas de diferentes gerações e áreas do conhecimento científico, onze delas investigadoras na Ciências ULisboa.

4 pessoas em frente de uma tela de apresentação

No âmbito da UC “Voluntariado Curricular”, realizaram-se no passado dia 19 de janeiro as apresentações dos projetos dos alunos. Esta UC promove a formação e o desenvolvimento pessoal dos estudantes, sensibilizando-os para as temáticas da solidariedade, tolerância, compromisso, justiça e responsabilidade social.

Henrique Leitão e José María Moreno

Henrique Leitão e José María Moreno Madrid, investigadores do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia (CIUHCT) ​​​​​​ganham (em ex-aequo) o prémio Almirante Teixeira da Mota pelo seu livro "Desenhando a Porta do Pacífico. Mapas, Cartas e Outras Representações Visuais do Estreito de Magalhães".

instrumento matemático

Está patente na Fundação Caixa Agrícola Costa Azul, em Santiago do Cacém, “O Cálculo de Ontem e de Hoje”, uma exposição didática concebida pelo Departamento de Matemática da Ciências ULisboa e pelo Museu Nacional de História Natural e da Ciência, em parceria com o Centro de Ciência Viva do Lousal.

alimentos

O programa da Antena 1 intitulado “Os desafios da alimentação sustentável”, que contou com a colaboração da ULisboa, Universidade Nova de Lisboa e Universidade do Algarve, foi lançado a 6 de fevereiro. Envolvido neste projeto esteve Bruno Pinto, investigador do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente, polo da Ciências ULisboa.

Maria Manuel Torres

Maria Manuel Torres, professora do DM Ciências ULisboa, é a protagonista do quinto vídeo do projeto “Porquês com Ciência” sobre Matemática e Sustentabilidade.

pessoas numa exposição

A iniciativa “Café Ciências” está de regresso, após uma pausa forçada devido à pandemia. As sessões terão lugar às quartas-feiras, pelas 17h30, na Galeria Ciências, promovendo olhares cruzados sobre a exposição “A Porta do Pacífico: Uma viagem cartográfica pelo Estreito de Magalhães”.

Marta Panão no estudio FCCN

Marta Panão, professora do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia da Ciências ULisboa, é a protagonista do quarto vídeo do projeto “Porquês com Ciência”, disponível no YouTube da Faculdade. A pergunta “Como pensar a energia nos edifícios do futuro?” está diretamente relacionada com a licenciatura em Engenharia da Energia e Ambiente.

fotografia dos dois premiados

Dois estudantes da Ciências ULisboa receberam, em 2022, Bolsas de Investigação para Doutoramento Maria de Sousa, atribuídas pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, em colaboração com a Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica.

Páginas