Sessão final da Unidade Curricular Projeto Empresarial

A unidade curricular Projeto Empresarial contou, em 2017, com a participação de nove alunos de mestrado de Ciências e 38 alunos da licenciatura de Finanças do ISCTE-IUL

ACI Ciencias

Todos os anos, desde 2005, a unidade curricular Projeto Empresarial proporciona meses de trabalho de equipas formadas por estudantes de mestrado e mestrado integrado de diferentes áreas de Ciências e de Finanças do ISCTE-IUL.

Durante um semestre, estas equipas multidisciplinares desenvolvem ideias de negócio passando pelas diferentes fases exigidas de um projeto empresarial em contexto real (menos a implementação, nesta fase). Ou seja, trabalham as diferentes componentes de um plano de negócios - desde as mais técnicas às de cariz contabilístico e financeiro -, bem como exploram temas científicos e tecnológicos que sustentam a resposta de mercado do projeto que decidem desenvolver.

“Para os estudantes de ambas as escolas é uma experiência de cooperação muito próxima das que vão viver em contexto de trabalho uma vez que são pessoas com formações diferentes e, por isso mesmo, formas de pensar diferentes. (…) Por trabalharem em conjunto, assiste-se sempre a uma ‘contaminação positiva’ em que os alunos de Ciências se familiarizam com alguns dos termos financeiros e os alunos de Finanças tentam compreender melhor tecnologias que de outra forma apenas contactariam do ponto de vista do utilizador.” Bruno Santos Amaro, coordenador de projetos do Tec Labs, Centro de Inovação.

Em 2017, 47 alunos completaram a disciplina. Nove alunos de mestrado e mestrado integrado de Ciências - Engenharia da Energia e Ambiente, Tecnologias da Informação, Ecologia e Gestão Ambiental, Física, Biologia -, os restantes 38 da licenciatura de Finanças do ISCTE-IUL. Seis grupos de trabalho foram formados.

Eco-Vital

Dot Sting

Bit Farm

Genius Academy

Green Fil

See Science

“Sempre tive muito interesse na área do empreendedorismo e vi aqui uma oportunidade de ligar o meu curso à possibilidade de abrir uma empresa. Ficar já com as bases dos passos a seguir para a implementação de futuros projetos é importante”, declara Jéssica Soares, do 3.º ano da licenciatura de Física, membro do grupo See Science.

No mês de junho, os seis grupos apresentaram os seus modelos de negócio publicamente, em Ciências, perante um júri composto por Rogério do Ó, Business Angel (Eggnest), Diogo Palha, da NERSANT, Associação Empresarial da Região de Santarém, Ana Fonseca, do Labs Lisboa e Audax IUL, José Vale, da IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I.P e Miguel Vieira, Business Angel (Emevê, SGPS).

Durante os comentários finais sobre os projetos apresentados e sobre a área curricular, todos os jurados fizeram questão de parabenizar as instituições responsáveis, bem como as equipas que durante um semestre trabalharam nos projetos e naquele dia deram a conhecer os seus trabalhos.

Dos seis grupos, três foram distinguidos. Os grupos Ecovital, Genius Academy e BitFarm, ficaram em 1.º, 2.º e 3.º lugares, respetivamente.

“Termos tido o apoio dos professores ao longo de todo o projeto, desde a raiz da ideia até ao dia de hoje, foi muito importante para o nosso crescimento e para a ideia que criámos. Agora, pretendemos mesmo implementar o projeto”, reforça o grupo que ocupou o primeiro lugar, Ecovital.

Para o ano, há mais: mais ideias, mais projetos, mais jovens empreendedores.

Comentários dos jurados

“Adoro este projeto. É ímpar e potenciador do muito que pode acontecer no mundo do empreendedorismo em Portugal.” Rogério do Ó, Business Angel (Eggnest)

“Parabéns a todos. E, sobretudo, aos alunos de Ciências que fazem esta disciplina por opção. Não tenho dúvidas que é uma linha muito importante no vosso currículo.” Diogo Palha, NERSANT, Associação Empresarial da Região de Santarém

“Gostei bastante das apresentações. Gostava de sublinhar a importância da identificação dos indicadores financeiros e de viabilidade, as fontes de financiamento e as necessidades de financiamento, e como todos vocês o fizeram e bem. Percebeu-se que entenderam bem o conceito.” Ana Fonseca, Labs Lisboa e Audax IUL

“Tocámos aqui diferentes instrumentos importantes para o mundo em que vivemos.” José Vale, IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I.P.

“Parabéns não só pelo tangível do programa mas sobretudo pelos intangíveis: pela inspiração e motivação que esta iniciativa transmite. Parabéns também pela diversidade de temas apresentados.” Miguel Vieira, Business Angel (Emevê, SGPS)

Raquel Salgueira Póvoas, Área de Comunicação e Imagem
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Fluxo de energia bancária

“O princípio de que aumentar o capital dos bancos favorece a estabilidade bancária, para além de estar errado, penaliza países como o nosso de forma ainda mais gravosa”, refere em entrevista Pedro Gonçalves Lind, um dos autores do regular article “The Dynamics of Financial Stability in Complex Networks”.

Os cidadãos estrangeiros abrangidos pelos programas “Erasmus Mundus” e “Ciência sem Fronteiras” podem ter autorização de residência em menos de 15 dias e direito à mobilidade no espaço da União Europeia.

Jardim

Através do sistema Concursos pode aceder a mais informações sobre o convite publicado no Jornal Oficial da União Europeia.

Vela

Aos familiares, amigos e colegas a FCUL apresenta as sinceras condolências.

Adultos e criança em atividade da Ciência Viva no Verão

Até 15 de setembro, a iniciativa Ciência Viva no Verão percorre o País organizando mais de 1700 atividades científicas gratuitas para toda a população. As inscrições permanecem abertas até 15 de setembro, de acordo com o calendário de atividades. Nesta altura, já são mais de 20 mil os inscritos.

Nos dias 9 e 10 de Agosto a plataforma Moodle da FCUL vai estar inacessivel devido a uma manutenção de rotina.

As nossas desculpas pelos possiveis incómodos causados.

Liliana Caldeira junto aos posters

A investigação sempre foi um objetivo, que ganhou força após o prémio para melhor poster ser-lhe atribuído numa importante conferência internacional. Até ao final do ano, Liliana Caldeira, aluna de doutoramento em Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL, deverá defender a tese.

Pontos de interrogação

"Aquando da candidatura, o projeto estava numa fase embrionária e foi o Programa de Estímulo à Investigação da FCG que deu força e motivação para avançar”, diz Jocelyn Lochon, um dos vencedores da edição 2011 do Programa de Estímulo à Investigação.

Aluna entrevistada, sentada numa rocha

“O mais importante é saber gerir o tempo, ter alguma disciplina, definir os objetivos a alcançar e não dispersar”. A declaração pertence a Ana Bastos, jovem investigadora da FCUL e uma das vencedoras em 2011 do Programa de Estímulo à Investigação da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG).

Cara do aluno entrevistado

“Acredito que o meu projeto vá ter efeitos na área da Saúde Pública. Ainda que não seja já nesta fase, espero poder contribuir para evoluções, por exemplo, ao nível da vacinação”, refere Tomás Aquino, um dos vencedores da edição de 2011 do Programa de Estímulo à Investigação.

A Bial, procura um Bioestatista para a oportunidade de emprego que pode ser visualisada em maior detalhe na página através do link:

Information dissemination in unknown radio networks with large labels

Professor Shailesh Vaya,
Xerox Research Centre, India,

July 20 at 10h00 on room 6.3.38

Estudantes sentados, junto a uma mesa

O pedido de apoio à formação pós-graduada na área da Geologia do Petróleo deve ser apresentado até 15 dias úteis, após o último dia do prazo de inscrição no respetivo curso.

Já é possível solicitar a criação de Unidades Curriculares na plataforma Moodle para o ano letivo 2012/2013.

Os pedidos podem ser realizados no Portal da FCUL, após inicio de sessão.

O Centro de Informática terminou, no passado dia 12 de Julho, a migração de um equipamento central na rede da FCUL.

A excelência de sempre na construção do futuro. Escolhe um dos nossos cursos de Física, Astronomia e Astrofísica, Engenharia Física, ou Engenharia Biomédica e Biofísica. [ + ]

Alunos da FCUL no pátio do C6

O “6th SPJ-OCS” realiza-se pela primeira vez em Portugal. Os organizadores do evento acreditam que “este congresso contribui para dar uma imagem do potencial científico de Portugal” nesta área.

Chieko Asakawa and Hironobu Takagi

17 Julho 2012 - 10h30
Anfiteatro da Fundação da FCUL

Chieko Asakawa and Hironobu Takagi

17 Julho 2012 - 10h30
Anfiteatro da Fundação da FCUL

Pormenor de obra artística

Os promotores do FP7 acreditam que “centenas de instituições científicas de toda a União Europeia irão apresentar propostas” e esperam captar novos participantes, nomeadamente pequenas e médias empresas, incrementando dessa forma a competitividade europeia.

Carlos Miguel Farinha, bioquímico docente do DQB e investigador do BioFIG , foi premiado em Junho com o Romain Pauwels Research Award, atribuído pela European Respiratory Society.

 

2ª fase de candidaturas:  15 a 22 de Julho.

O mestrado em Matemática para Professores é uma excelente oportunidade para consolidar,  recordar e aprender muitos temas relacionados com a matemática escolar.

No dia 12 de Julho foram feitas as apresentações de quatro trabalhos feitos no âmbito da disciplina de Projecto em Matemática para o Ensino do Mestrado em Matemática para Professores.

A Universidade de Lisboa e a Fundação Amadeu Dias estão a atribuir bolsas aos alunos de 1º Ciclo de qualquer área do saber, leccionado na Universidade de Lisboa e que já tenham concluído o 1.º ano curricular, ou alunos que frequentem&n

Páginas