Sessão final da Unidade Curricular Projeto Empresarial

A unidade curricular Projeto Empresarial contou, em 2017, com a participação de nove alunos de mestrado de Ciências e 38 alunos da licenciatura de Finanças do ISCTE-IUL

ACI Ciencias

Todos os anos, desde 2005, a unidade curricular Projeto Empresarial proporciona meses de trabalho de equipas formadas por estudantes de mestrado e mestrado integrado de diferentes áreas de Ciências e de Finanças do ISCTE-IUL.

Durante um semestre, estas equipas multidisciplinares desenvolvem ideias de negócio passando pelas diferentes fases exigidas de um projeto empresarial em contexto real (menos a implementação, nesta fase). Ou seja, trabalham as diferentes componentes de um plano de negócios - desde as mais técnicas às de cariz contabilístico e financeiro -, bem como exploram temas científicos e tecnológicos que sustentam a resposta de mercado do projeto que decidem desenvolver.

“Para os estudantes de ambas as escolas é uma experiência de cooperação muito próxima das que vão viver em contexto de trabalho uma vez que são pessoas com formações diferentes e, por isso mesmo, formas de pensar diferentes. (…) Por trabalharem em conjunto, assiste-se sempre a uma ‘contaminação positiva’ em que os alunos de Ciências se familiarizam com alguns dos termos financeiros e os alunos de Finanças tentam compreender melhor tecnologias que de outra forma apenas contactariam do ponto de vista do utilizador.” Bruno Santos Amaro, coordenador de projetos do Tec Labs, Centro de Inovação.

Em 2017, 47 alunos completaram a disciplina. Nove alunos de mestrado e mestrado integrado de Ciências - Engenharia da Energia e Ambiente, Tecnologias da Informação, Ecologia e Gestão Ambiental, Física, Biologia -, os restantes 38 da licenciatura de Finanças do ISCTE-IUL. Seis grupos de trabalho foram formados.

Eco-Vital

Dot Sting

Bit Farm

Genius Academy

Green Fil

See Science

“Sempre tive muito interesse na área do empreendedorismo e vi aqui uma oportunidade de ligar o meu curso à possibilidade de abrir uma empresa. Ficar já com as bases dos passos a seguir para a implementação de futuros projetos é importante”, declara Jéssica Soares, do 3.º ano da licenciatura de Física, membro do grupo See Science.

No mês de junho, os seis grupos apresentaram os seus modelos de negócio publicamente, em Ciências, perante um júri composto por Rogério do Ó, Business Angel (Eggnest), Diogo Palha, da NERSANT, Associação Empresarial da Região de Santarém, Ana Fonseca, do Labs Lisboa e Audax IUL, José Vale, da IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I.P e Miguel Vieira, Business Angel (Emevê, SGPS).

Durante os comentários finais sobre os projetos apresentados e sobre a área curricular, todos os jurados fizeram questão de parabenizar as instituições responsáveis, bem como as equipas que durante um semestre trabalharam nos projetos e naquele dia deram a conhecer os seus trabalhos.

Dos seis grupos, três foram distinguidos. Os grupos Ecovital, Genius Academy e BitFarm, ficaram em 1.º, 2.º e 3.º lugares, respetivamente.

“Termos tido o apoio dos professores ao longo de todo o projeto, desde a raiz da ideia até ao dia de hoje, foi muito importante para o nosso crescimento e para a ideia que criámos. Agora, pretendemos mesmo implementar o projeto”, reforça o grupo que ocupou o primeiro lugar, Ecovital.

Para o ano, há mais: mais ideias, mais projetos, mais jovens empreendedores.

Comentários dos jurados

“Adoro este projeto. É ímpar e potenciador do muito que pode acontecer no mundo do empreendedorismo em Portugal.” Rogério do Ó, Business Angel (Eggnest)

“Parabéns a todos. E, sobretudo, aos alunos de Ciências que fazem esta disciplina por opção. Não tenho dúvidas que é uma linha muito importante no vosso currículo.” Diogo Palha, NERSANT, Associação Empresarial da Região de Santarém

“Gostei bastante das apresentações. Gostava de sublinhar a importância da identificação dos indicadores financeiros e de viabilidade, as fontes de financiamento e as necessidades de financiamento, e como todos vocês o fizeram e bem. Percebeu-se que entenderam bem o conceito.” Ana Fonseca, Labs Lisboa e Audax IUL

“Tocámos aqui diferentes instrumentos importantes para o mundo em que vivemos.” José Vale, IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I.P.

“Parabéns não só pelo tangível do programa mas sobretudo pelos intangíveis: pela inspiração e motivação que esta iniciativa transmite. Parabéns também pela diversidade de temas apresentados.” Miguel Vieira, Business Angel (Emevê, SGPS)

Raquel Salgueira Póvoas, Área de Comunicação e Imagem
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Entre os empregos mais bem pagos contam-se os que estão ligados às engenharias.

Capa

Esta coleção de Livros Brancos foi organizada pela META-NET, uma rede de excelência parcialmente financiada pela Comissão Europeia, que levou a cabo uma análise dos recursos e tecnologias da linguagem atualmente disponíveis. A análise abordou as 23 línguas oficiais europeias assim como outras línguas importantes na Europa a nível nacional e regional. 

O Prémio João Branco é uma iniciativa conjunta da Universidade de Aveiro e da família do designer Jo

Dia 4 Fevereiro 2013 – 14:00h às 19:30h (Sala 2.2.15)

Primeiro plenário do IPBES

Grupo liderado por Henrique Miguel Pereira, investigador do Centro de Biologia Ambiental da FCUL, submete à apreciação da comunidade científica o desenvolvimento de um sistema de monitorização da biodiversidade baseado num conjunto de variáveis essenciais.

Rosto de Maria Antónia Amaral Turkman

“Ao longo dos últimos dois séculos a Estatística foi indispensável em confirmar muitas das maiores descobertas científicas e inovações da humanidade, tais como a partícula bosão de Higgs e a Revolução Verde na agricultura”, declaram Daniel Paulino, presidente da Sociedade Portuguesa de Estatística e Maria Antónia Amaral Turkman, coordenadora do CEAUL.

Dois artigos -- contando com docentes e investigadores do GeoFCUL no seu elenco de autores -- assinalados no “TOP 25 Hottest Papers” de Abril-Junho de 2011 da revista Journal of South American Earth Studies (Sciencedirect / Elsevier).

Rosto de Henrique Leitão

Henrique Leitão foi eleito membro efetivo da Académie International d'Histoire des Sciences, pela relevância da sua carreira e produção intelectual. Para o historiador das ciências foi uma “honra enorme” receber a distinção, “a maior ambição de qualquer estudioso ou cientista”.

Proposal for a REGULATION OF THE EUROPEAN PARLIAMENT AND OF THE COUNCIL.

Laying down the rules for the participation and dissemination in 'Horizon 2020 – the Framework Programme for Research and Innovation (2014-2020).

EUA represents over 850 universities and university associations across 47 European countries. Its highly diverse membership covers the full spectrum of universities participating in European research programmes.

Vai realizar-se de 18 a 20 de Março de 2013, em honra do Professor Ross Leadbetter, o "Symposium on Recent Advances in Extreme Value Theory ".

Face de Maria Amélia Martins-Loução

O Flora-On sistematiza informação fotográfica, geográfica, morfológica e ecológica de todas as espécies de plantas vasculares autóctones ou naturalizadas listadas para a flora de Portugal. Atualmente, através deste portal acede a 164 famílias, 836 géneros e 2991 espécies.

Cortejo académico na Aula Magna

A cerimónia de abertura do ano letivo de 2012/2013 marca uma nova etapa do ensino superior público.
Exegi monumentum aere perennius - Ergui um monumento mais duradouro que o bronze.
Da nova Universidade de Lisboa vê-se o mundo...

Crianças dos 5 aos 9 anos descobrem as Ciências na FCUL

A FCUL abriu as portas do conhecimento aos alunos do Colégio Infantes de Portugal, de Palmela. Durante uma manhã, os laboratórios de Biologia e de Química e Bioquímica foram explorados por cerca de 20 crianças com idades compreendidas entre os 5 e os 9 anos.

Encontra-se aberto concurso externo para o Banco de Portugal - Departamento de Supervisão Prudencial, com vista ao preenchimento de vagas de Técnico Superior para a área de supervisão

“A inovação é tipo ‘ovo de Colombo’, depois de se saber, parece fácil. Só que ‘saber’ significa um longo caminho de amadurecimento do conhecimento”, declara Maria Filomena Camões, docente do Departamento de Química e Bioquímica da FCUL, a propósito da atribuição da Bolsa Europeia de Excelência de Investigação.

A. M. Galopim de Carvalho num dos geoparques

O pioneiro da Geoconservação em Portugal sente-se agradado pelo reconhecimento dos mais de 20 anos de serviço em prol da preservação e salvaguarda dos geoparques, considerando o tributo um importante incentivo para a defesa territorial, para a promoção da geodiversidade e para o desenvolvimento sustentável baseado no património geológico.

Isaac Carrêlo e Rita Almeida, alunos do curso de Engenharia e Energia do Ambiente e Eva Barrocas, do curso de Biologia, viajaram até Cabo Verde para fazer parte da equipa Turtle Foundation. Durante um mês de experiências intensas, protegeram tartarugas e levaram os ensinamentos apreendidos na FCUL até à comunidade local.

Mapa

O Memorando de Entendimento celebrado com Portugal estabelece oito áreas programáticas para a respetiva alocação de verbas para 2009/2014. A abertura de concursos para Portugal deve acontecer ainda este ano.

Páginas