Desenvolvimento e aplicação de ferramentas bioquímicas

MarCODE arranca em julho

Rastreamento de produtos comerciais marinhos

O MarCODE tem como parceiros científicos o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e a Docapesca e conta com um financiamento total de €1.257.208,71, sendo cofinanciado pelo Programa Operacional MAR 2020

unsplash - Jakub Dziubak

Seis objetivos para cumprir em 36 meses

  • Implementação de marcadores genéticos para confirmação de espécies recolhidas > contrariar a fraude alimentar;
  • Avaliação de parâmetros elementares, isotópicos, bioquímicos e de consórcios microbianos > marcadores eficazes de origem/local de captura;
  • Testar diferentes metodologias de classificação automática baseadas em processos de inteligência artificial > automatizar o processo de rastreabilidade e melhorar os instrumentos de classificação e rotulagem;
  • Criar cartas nutricionais > promoção de produtos com elevado valor nutricional; • Produzir ferramenta online de consulta pública > consulta de todos os dados relativos a um determinado produto;
  • Produzir informação de suporte para futuras medidas de aconselhamento por parte das entidades competentes (valor ecológico, stocks das populações, dados nutritivos, elementares e bioquímicos) > processo de captura e produção mais sustentável do ponto de vista ecológico e económico;
  • Produzir informação de suporte para futuras medidas de aconselhamento por parte das entidades competentes (valor ecológico, stocks das populações, dados nutritivos, elementares e bioquímicos) > processo de captura e produção mais sustentável do ponto de vista ecológico e económico.

O projeto MarCODE visa desenvolver uma ferramenta multidisciplinar para potenciar o rastreio e a rotulagem ecológica de espécies marinhas de interesse comercial, segundo comunicado de imprensa emitido pela Faculdade. O estudo iniciado este mês de julho deverá terminar daqui a três anos.

Bernardo Duarte, um dos investigadores entrevistados pela rubrica O que faço aqui?, é o coordenador desta investigação realizada na Ciências ULisboa, nomeadamente nos Centro de Ciências do Mar e Ambiente (MARE), Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (BioISI) e LASIGE, apoiados pela infraestrutura analítica do Laboratório de Biomonitorização e Ecotoxicologia (BIOTOX). A equipa interdisciplinar integra ainda Vanessa Fonseca, investigadora corresponsável, bem como investigadores das áreas da Biologia e da Informática, nomeadamente Isabel Caçador, Anabela Silva, Ana Rita Matos, Ricardo Melo, Ricardo Dias, Rogério Tenreiro, Ana Tenreiro, Andreia Figueiredo, Maria José Costa, Patrick Reis-Santos, Susanne Tanner, Rui Rosa, Pedro Mariano, Sara Silva e a Cátia Pesquita.

O MarCODE tem como parceiros científicos o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e a Docapesca e conta com um financiamento total de €1.257.208,71, sendo cofinanciado pelo Programa Operacional MAR 2020 no âmbito do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas.

“Esta ferramenta pretende identificar as espécies marinhas e as zonas de captura/produção de origem, contribuindo para a respetiva valorização ecológica e económica, estimulando o desenvolvimento de programas de certificação.”
Bernardo Duarte

logotipo
Logotipo do projeto

 

ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Luzes

Pela primeira vez a Reitoria da UL abre as suas portas aos estudantes da cidade, organizando um evento noturno para alunos dos ensinos universitário e secundário.

A exposição está a partir de 26 de Abril no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

As provas de doutoramento em Biologia, especialidade de Microbiologia, da Mestre Egídia Maria Valente de Azevedo realizam-se no próximo dia 26 de Abril, pelas 10h:30 na Sala de Actos da

O grande momento do dia é a sessão solene, que inclui este ano o lançamento do segundo volume dos Professores Cientistas e a inauguração do Quadro de Honra.

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Vela

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Páginas