FCUL moderniza Centro de Dados

Servidor da FCUL
Unidade de Informática da FCUL

As ações de modernização e de alargamento do Centro de Dados da FCUL, sito no edifício C1, piso 2, já foram iniciadas e irão decorrer durante todo o verão.

A partir do próximo ano letivo, todos os equipamentos relacionados com os serviços de Tecnologias de Informação e Comunicação da FCUL vão estar concentrados num único local.

Esta junção de equipamentos permitirá resolver alguns problemas relacionados com o consumo excessivo de energia, a falta de fornecimento eficaz de energia elétrica e de manutenção preventiva de toda a infraestrutura, assim como possibilitar um controlo ambiental adequado do novo Centro de Dados.

As intervenções no âmbito deste projeto já são visíveis e irão implicar a interrupção temporária de alguns serviços informáticos, em determinadas datas e anunciadas previamente, sempre que possível.

Para Pedro Rosa, coordenador da Unidade de Informática (UI) da FCUL ou Centro de Informática, como é vulgarmente designada entre alunos, professores e funcionários, o ano 2012 tem sido especialmente inovador em termos de reestruturação tecnológica: “Após a abertura do novo Portal da FCUL, que possibilitou uma concentração de dezenas de sítios existentes no mundo FCUL e a utilização de tecnologias novas para disponibilização de serviços, foi iniciada a migração de parte do núcleo central da rede de dados, para um novo equipamento com performances substancialmente superiores e com capacidade de utilização de novos serviços que, principalmente ao nível de segurança, serão fundamentais nos próximos anos”.

O parceiro da FCUL neste projeto é a empresa Novabase. O material técnico é da American Power Conversion (APC) - Schneider Electric. As ações de melhoramento em curso beneficiam não só a Faculdade, como também a própria Universidade. “A UL irá alojar equipamentos no novo Centro de Dados e poderá utilizá-lo como elemento redundante para a prestação de serviços a outras unidades orgânica da Universidade”, conclui Pedro Rosa.

Atualmente, a Unidade de Informática, criada em 1987 sob a designação de Centro de Cálculo, disponibiliza algumas dezenas de serviços, alguns deles utilizados 24 horas por dia, como é o caso do correio eletrónico, do Moodle, do sistema de impressão, dos servidores de web, das bases de dados, entre outras infraestruturas virtuais.

A reestruturação do Centro de Dados vai beneficiar especialmente as atividades de ensino, de investigação e de apoio à própria gestão da Escola. Pedro Rosa explica que nos últimos anos, a UI-FCUL tem tido “um crescimento significativo na quantidade de equipamento alojados, quer pela consolidação da prestação de serviços na área da informática, quer pelas solicitações de alojamento das várias unidades da Faculdade - acrescentando que -, o crescimento do número de equipamentos criou problemas de escala”. O atual projeto visa resolver esses problemas.
 

Caraterísticas do futuro Centro de Dados da FCUL

  • Armários adequados ao alojamento de equipamentos informáticos;
  • Janelas com vidros duplos e estores térmicos, bem como toldos afixados no exterior;
  • Refrigeração realizada por dois sistemas de ar frio, permitindo um melhor aproveitamento energético. O arrefecimento da sala utilizará um sistema de free cooling, que só funciona quando a temperatura exterior permite, apresentando uma poupança de energia significativa relativamente à utilização exclusiva de equipamentos de ar condicionado;
  • UPS modular e expansível, com uma capacidade de crescimento assinalável, contemplando ainda um sistema com módulos de potência redundantes, e que permitem a continuação das operações, mesmo que um dos módulos se avarie;
  • Gerador com uma autonomia significativa para toda a infraestrutura do Centro de Dados;
  • Distribuição de energia elétrica com capacidade para realização de métricas de consumo pormenorizadas;
  • Gestão centralizada possibilitando o controlo ambiental do Centro;
  • Sistema de deteção e extinção de incêndio, com utilização de gás apropriado para locais com alojamento de equipamentos informáticos. O sistema de deteção é aplicado à sala e a cada um dos bastidores;
  • Iluminação baseada em LED.
Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

Páginas