FCUL moderniza Centro de Dados

Servidor da FCUL
Unidade de Informática da FCUL

As ações de modernização e de alargamento do Centro de Dados da FCUL, sito no edifício C1, piso 2, já foram iniciadas e irão decorrer durante todo o verão.

A partir do próximo ano letivo, todos os equipamentos relacionados com os serviços de Tecnologias de Informação e Comunicação da FCUL vão estar concentrados num único local.

Esta junção de equipamentos permitirá resolver alguns problemas relacionados com o consumo excessivo de energia, a falta de fornecimento eficaz de energia elétrica e de manutenção preventiva de toda a infraestrutura, assim como possibilitar um controlo ambiental adequado do novo Centro de Dados.

As intervenções no âmbito deste projeto já são visíveis e irão implicar a interrupção temporária de alguns serviços informáticos, em determinadas datas e anunciadas previamente, sempre que possível.

Para Pedro Rosa, coordenador da Unidade de Informática (UI) da FCUL ou Centro de Informática, como é vulgarmente designada entre alunos, professores e funcionários, o ano 2012 tem sido especialmente inovador em termos de reestruturação tecnológica: “Após a abertura do novo Portal da FCUL, que possibilitou uma concentração de dezenas de sítios existentes no mundo FCUL e a utilização de tecnologias novas para disponibilização de serviços, foi iniciada a migração de parte do núcleo central da rede de dados, para um novo equipamento com performances substancialmente superiores e com capacidade de utilização de novos serviços que, principalmente ao nível de segurança, serão fundamentais nos próximos anos”.

O parceiro da FCUL neste projeto é a empresa Novabase. O material técnico é da American Power Conversion (APC) - Schneider Electric. As ações de melhoramento em curso beneficiam não só a Faculdade, como também a própria Universidade. “A UL irá alojar equipamentos no novo Centro de Dados e poderá utilizá-lo como elemento redundante para a prestação de serviços a outras unidades orgânica da Universidade”, conclui Pedro Rosa.

Atualmente, a Unidade de Informática, criada em 1987 sob a designação de Centro de Cálculo, disponibiliza algumas dezenas de serviços, alguns deles utilizados 24 horas por dia, como é o caso do correio eletrónico, do Moodle, do sistema de impressão, dos servidores de web, das bases de dados, entre outras infraestruturas virtuais.

A reestruturação do Centro de Dados vai beneficiar especialmente as atividades de ensino, de investigação e de apoio à própria gestão da Escola. Pedro Rosa explica que nos últimos anos, a UI-FCUL tem tido “um crescimento significativo na quantidade de equipamento alojados, quer pela consolidação da prestação de serviços na área da informática, quer pelas solicitações de alojamento das várias unidades da Faculdade - acrescentando que -, o crescimento do número de equipamentos criou problemas de escala”. O atual projeto visa resolver esses problemas.
 

Caraterísticas do futuro Centro de Dados da FCUL

  • Armários adequados ao alojamento de equipamentos informáticos;
  • Janelas com vidros duplos e estores térmicos, bem como toldos afixados no exterior;
  • Refrigeração realizada por dois sistemas de ar frio, permitindo um melhor aproveitamento energético. O arrefecimento da sala utilizará um sistema de free cooling, que só funciona quando a temperatura exterior permite, apresentando uma poupança de energia significativa relativamente à utilização exclusiva de equipamentos de ar condicionado;
  • UPS modular e expansível, com uma capacidade de crescimento assinalável, contemplando ainda um sistema com módulos de potência redundantes, e que permitem a continuação das operações, mesmo que um dos módulos se avarie;
  • Gerador com uma autonomia significativa para toda a infraestrutura do Centro de Dados;
  • Distribuição de energia elétrica com capacidade para realização de métricas de consumo pormenorizadas;
  • Gestão centralizada possibilitando o controlo ambiental do Centro;
  • Sistema de deteção e extinção de incêndio, com utilização de gás apropriado para locais com alojamento de equipamentos informáticos. O sistema de deteção é aplicado à sala e a cada um dos bastidores;
  • Iluminação baseada em LED.
Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

 Nos dias 29 e 31 de outubro de 2014 realiza-se uma reunião em Heildelberg, na Alemanha, com o intuito de apresentar os 106 novos membros ao EMBO Council.

Ano Internacional da Cristalografia 2014

O Departamento de Geologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa associa-se à comemoração do Ano Internacional da Cristalografia.

MATEMÁTICA E ENSINO

De acordo com o Despacho do Senhor Diretor da Faculdade, a eleição do Presidente do Departamento de Matemática terá lugar no próximo dia 30 de Maio.

Conferência no dia 16 de Maio, 11h30, anfiteatro 3.2.15, Edifício C3, FCUL, Campo Grande, Lisboa.

Marta Lourenço

Marta Lourenço, membro do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, da Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências e subdiretora do Museu Nacional de História Natural e da Ciência foi galardoada com a Medalha George Sarton pela Universidade de Gent.

Imagem de Octávio Pinto

O seminário integrado na disciplina de Agricultura e Florestas, do mestrado em Ecologia e Gestão Ambiental, realiza-se dia 7 de maio, pelas 11h15, no edifício C2, 2.º piso, sala 2.2.14.

Christoph Meyer

Christoph Meyer começou a trabalhar no Centro de Biologia Ambiental de Ciências, em fevereiro de 2009. A estadia em Ciências tem corrido bem.

Tectonics and Neotectonics of the western North America and Associated Hazards

Conferência no dia 29 de Maio, 12h00, sala 6.2.56, Edifício C6, FCUL, Campo Grande, Lisboa.

EuroGP2014

Stefano Ruberto, Leonardo Vanneschi, Mauro Castelli & Sara Silva foram distinguidos com o best paper award for EuroGP 2014, durante a "17th European Conference on Genetic Programming", ocorrida entre 23 e 25 de abril, em Granada, Espanha.

A Biblioteca do Conhecimento Online, celebra o seu 10.º Aniversário

“Nestas formações, ensina-se, entre outros aspetos, a detetar situações de paragem cardiorrespiratória precocemente, a saber ligar o 112 rapidamente, sabendo dizer o que é importante, e iniciar manobras básicas, como compressões torácicas para manter alguma circulação e oxigenação dos órgãos vitais até à chegada de ajuda”, explicou o formador do INEM, Rui Rebelo.

The biosphere-atmosphere interactions mediate the largest exchanges in the global carbon cycle. Understanding the role of climate and other environmental factors on the carbon cycle of terrestrial ecosystems is key for assessing vulnerabilities and future feedback into the climate system.

A reportagem multimédia “Sonhar com o futuro” inclui testemunhos de candidatos ao ensino superior e que participaram na edição do ano passado do Dia Aberto.

Carla Nunes, Maria M. M. Santos e Carlos Baleizão

Os desafios que os novos mecanismos de financiamento suscitam apelam à criação de equipas multidisciplinares e complementares que incrementem o impacto da investigação desenvolvida.

Com o objetivo de mostrar as funções, tarefas e responsabilidades do cientista, o Departamento de Química e Bioquímica, o Departamento de Biologia Vegetal  e o IBEB receberam nos seus laboratórios 12 alunos do 12.º ano do Colégio São João de Brito.

Imagem editada pelo DI

O project Lusica e a contribuição para a exposição Retro Computing no 

Pormenor do cartaz do Programa de Estímulo à Investigação 2013

Entre 1994 e 2013, a Fundação Calouste Gulbenkian atribuiu bolsas a 32 alunos da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa ao abrigo do Programa de Estímulo à Investigação. Na última edição Alexandra Symeonides e Sara Realista foram as felizes contempladas.

Alexandra Symeonides

“A Fundação Calouste Gulbenkian, com este incentivo, está a permitir-me começar uma atividade de investigação na área da análise estocástica mas, sobretudo, está a permitir-me ganhar bagagem para vir a explorar esta área em projetos a outros níveis”, reforça a investigadora do Grupo de Física Matemática da Universidade de Lisboa.

“Toda a minha formação académica - licenciatura e mestrado -, ocorreu na Faculdade e foi sem dúvida esta instituição que contribuiu para a obtenção deste prémio. Proporcionou-me os melhores ensinamentos tanto a nível pessoal como a nível científico, tendo em conta os excelentes profissionais que nela estão inseridos”, declara a cientista Sara Realista.

NASA, ESA, Hubble Heritage (STScI/AURA)-ESA/Hubble Collaboration, e A. Evans (University of Virginia, Charlottesville/NRAO/Stony Brook University)

O projeto internacional de “ciência cidadã” consiste numa plataforma online pioneira, que procura o envolvimento do público na classificação visual de milhões de galáxias.

Estudante de Ciências na biblioteca do C4

Entre os dias 14 a 21 de abril de 2014, inclusive, a biblioteca do C4 está aberta entre as 9h00 e as 17h00.

No total, contabilizaram-se 64.082 visitantes, entre estudantes, recém-licenciados e profissionais, uma subida de 19% face à edição anterior que registou 54.337 visitantes.

Pormenor gráfico do projeto NAADIR

A exposição está em exibição até 29 de junho de 2014.

Páginas