Encontros de Comunicação de Ciência(s)

Viver a Astronomia - Futuros Cientistas a Comunicar Ciência (Evento Cancelado)

Sala 6.1.36, FCUL, Lisboa
Fotografia de palestra

Cancelamento motivado pela aplicação do plano de contingência da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, na sequência das orientações da Direção-Geral de Saúde e das recomendações por parte da Reitoria da Universidade de Lisboa, relativamente ao novo Coronavírus (COVID-19).

Mais informações: https://ciencias.ulisboa.pt/pt/saude.


O 2.º Encontro de Comunicação em Ciência(s) conta com apresentações de João Retrê (IAstro) e Pedro Russo (Universidade de Leiden). Em discussão, sob o título Viver a Astronomia - Futuros Cientistas a Comunicar Ciência, estarão temas como a importância da comunicação de ciência no contexto da investigação e do estímulo do desenvolvimento de capacidades de comunicação nos jovens e/ou futuros investigadores. Na sessão estará também em análise a nem sempre fácil relação entre investigadores e público, explorando-se alguns maiores desafios atuais da comunicação de ciência.

Inscrições

 

Os Encontros de Comunicação em Ciência(s) realizam-se de dois em dois meses e são a primeira manifestação da Comunidade de Comunicadores de Ciências da Faculdade de Ciências.

Modelo proposto: duas apresentações curtas de 15 minutos (uma pessoa da estrutura FCUL + 1 um convidado do exterior) seguidas de 30 minutos discussão sobre os temas apresentados.

Público-alvo: profissionais de comunicação, comunicadores, investigadores, interessados em comunicação de ciência, em especial da comunidade Ciências ULisboa.


Futuros Cientistas a Comunicar Ciência
João Retrê (Coordenador do Grupo de Comunicação de Ciência / Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa).

Existe a necessidade de um número crescente de pessoas motivadas, que sejam capazes de estabelecer uma ponte entre a investigação e o público, com uma forte componente científica e capacidade de comunicação. Investir e desenvolver estas caraterísticas em estudantes de ciência e futuros investigadores é essencial. Nesta contribuição, falaremos de um programa (Viver Astronomia) que procura sublinhar, desde a formação académica inicial, a importância da comunicação de ciência no contexto da investigação e estimular o desenvolvimento de capacidades de comunicação. Tendo sido inicialmente projetado para estudantes do primeiro ciclo do ensino superior, atualmente conta também com a participação de estudantes de ensino secundário, de mestrado e de doutoramento. Para além destes estudantes, estão também envolvidos membros da comunidade. O projeto teve início em 2009 com 14 estudantes do curso de Física da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Atualmente, passados mais de 10 anos desde a sua criação, conta com a participação ativa de mais de 50 estudantes de diversas áreas do conhecimento, faculdades e universidades. Com uma média atual de adesão de 2 estudantes por mês, foram já mais de 500 estudantes que passaram pelo programa.

 

Os Investigadores e o Público: É complicado
Pedro Russo (Astronomy & Society Group Coordinator / Leiden Observatory Leiden University, the Netherlands).

De acordo com o Índice Anual de Veracidade do Ipsos MORI (2017), a profissão de investigador está no topo das mais confiáveis no Reino Unido, recolhendo os cientistas 83% de confiança. Paralelamente, regista-se um crescimento dos movimentos anti-ciência, desde os negacionistas das alterações climáticas até aos movimentos anti-vacinação.
Um grande volume de atenção e de recursos transfere-se para a compreensão da forma como os cientistas podem melhorar a acessibilidade e partilha da informação científica. Sendo esses esforços importantes, não podem ser o único foco para atingir alguns dos atuais desafios da comunicação de ciência. O crescimento dos movimentos anti-ciência está profundamente ligado a mudanças estruturais na política económica da tecnologia e da comunicação.
Compreender as consequências dessas mudanças e o porquê de terem ocorrido é imperativo para encontrarmos novas abordagens para envolver o público com a ciência. Nesta conversa, o autor analisará a atual relação entre investigadores e público, assim como algumas potenciais estratégias da comunicação de ciência para melhorar esta (complicada) relação.

14h00

Mathematical Logic Seminar, por Jaime Ramos (IST - Universidade de Lisboa).

Logótipos da Sociedade Portuguesa de Física e da comemoração do respetivo Jubileu

Nesta sessão, organizada em parceria com o NFEF-FCUL, será lançado um postal dos CTT evocativo dos 50 anos da SPF e será feito o lançamento do volume 47, n.º 1 da Gazeta de Física.

Seminário de Formação Avançada em Jardins, Paisagens e Ambiente, por Elodie Gomes Marques (DINÂMIA'CET-Iscte - Centro de Estudos sobre a Mudança Socieconomica e o Território).

O programa inclui a atribuição de cartas de reconhecimento de mérito aos melhores alunos que concluíram a licenciatura em Geologia ano letivo 2023, seguida da apresentação do vídeo da excursão final integradora do Mestrado em Geologia da FCUL.

Seminário Doutoral I (Doutoramento em História e Filosofia das Ciências), por Joana Lima de Oliveira.

Logótipo de Ciências ULisboa, título "Dia de Ciências 2024" e frase apelando à participação

23 de abril. Virgínia Dignum, especialista Nações Unidas para IA, é oradora convidada.

Earth Systems Seminar, por Rodrigo Amaro e Silva (IDL, Centre OIE - Mines Paris).

Logótipo da Marinha, título do programa e indicação dos cursos abrangidos

Sessão de divulgação dirigida aos alunos de Ciências das áreas das Engenharias, Matemática e Química.

Título/data/local do evento e logótipos das entidades organizadoras

An event specifically focused on technicalities & Data Science.

Cromeleque dos Almendres

Sessão no âmbito do ciclo de conversas "Aqui, no Universo", por Fábio Silva e Luís Tirapicos (moderação de Vânia Maia).

Talk @LASIGE, por Fernando Gallego Donoso (University of Malaga, Computational Intelligence in Biomedicine - ICB).
 

Comemorações do 30.º aniversário da VicenTuna - Tuna da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

This 7th edition will once again gather specialists in the field of Combinatorial Optimization from several countries to present and discuss recent research work.

Título "Bolsas de Doutoramento Unite! ULisboa", logótipos das entidades promotoras e fotografia de jovem investigadora a utilizar um laptop na esplanada de um café

O 3.º concurso decorre até 30 de abril.

Fotografia de utente a interagir com um médico através de teleconsulta

O workshop, organizado pela redeSAÚDE da ULisboa, pretende explorar de que forma tecnologias de base digital emergentes na área da saúde podem contribuir para o bem-estar e para a melhoria da prestação de cuidados de saúde.

O encontro reúne cientistas, profissionais e estudantes de diferentes áreas e regiões do país focados em desenvolver a investigação marinha, em linha com a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, proclamada pelas Nações Unidas (2021-2030).

Formação modular de 13 de abril a 11 de maio - produção em permacultura.

Logótipo da ação CLEANFOREST

Forests are exposed to multiple global change drivers, wich can constrain their ability to continue providing several ecosystem services (including climate change mitigation). Assessing responses - and underlined mechanisms -  at the whole ecosystem scale is paramount for a holistic understanding of forest response to global change.

Título e data do evento, inseridos em fotografia de cinco jovens em contexto de investigação

Pré-inscrições já disponíveis!

Título do curso

Curso Avançado CEAUL / Gades Solutions.

Título e datas de candidatura do programa, sobre um padrão em tons de roxo e laranja

Submissão de candidaturas até 14 de maio.

Logótipo do EVM 2024

Candidaturas até 15 de maio.

Logótipo do LIP Summer Internship Program e fotografia de jovem investigador

Os estágios podem ter uma duração entre duas semanas e dois meses e realizam-se nos três polos do LIP - candidaturas até 15 de maio.

Os oradores plenários irão falar sobre a importância da interdisciplinaridade de forma acessível para todos, estando previstas palestras e apresentação de pósteres por alunos.

Um evento dirigido aos alunos do ensino secundário, consistindo numa palestra sobre a microscopia e em visitas aos laboratórios de microscopia/demonstrações experimentais simples.

Páginas