60 Minutos de Ciência

Porque está a NASA a estudar a água mineral de Cabeço de Vide?

Edifício Caleidoscópio, Lisboa
60 Minutos de Ciência "Porque está a NASA a estudar a água mineral de Cabeço de Vide?"

Portugal possui o mais rico e diversificado Património Hidrotermal da Península Ibérica. A água é, por si só, um dos recursos primários e fundamentais à existência de vida, pelo que importa compreender onde e como existe, como interage com o solo e com a floresta, e como a tratamos, pois sem este conhecimento não conseguimos assegurar a sua exploração sustentável. Enquanto Património, a água mineral natural e termal reflete-se em áreas com elevada importância social e económica, nomeadamente no Turismo, Saúde e do Bem-Estar com a prática do Termalismo, e também na Arquitetura, como são exemplo as Termas romanas de Cabeço de Vide. Durante a sessão, iremos olhar a água enquanto recurso e enquanto Património, dedicando especial atenção à água mineral natural e termal de Cabeço de Vide procurando, através de pequenas demonstrações, descobrir o que faz dela tão singular para ter despertado o interesse da NASA.

Sessão incluída no programa “Ciência e património: Cidades do futuro?”, preparatório da Noite Europeia dos Investigadores (28 set 2018).

Nota biográfica sobre o orador: Carla Sofia Rocha, é natural de Ílhavo, distrito de Aveiro. Com formação académica em Geologia pela Universidade de Coimbra (Licenciatura e Mestrado), é doutoranda da Universidade de Lisboa-IST em Georrecursos com Bolsa Individual de Doutoramento financiada pela FCT. Em todo o seu percurso académico foi colaboradora e monitora nos Museus de Ciência e História Natural da Universidade de Coimbra na área das Geociências, tendo participado ativamente em vários projetos de investigação e cooperado em trabalhos de investigação ligados à hidrogeologia, como por ex. nas lagoas de Quiaios e Tocha, águas mineralizadas de Montouro e nas àguas minerais naturais termais das Corgas do Buçaco. Atualmente estuda a água mineral natural e termal de Cabeço de Vide, uma água com características únicas em Portugal e raras no mundo. ​

17h30

Vanessa Rodrigues dos Santos defende a dissertação "Melhoria ao Sistema de Avaliação de Vulnerabilidades - CVSS".

Por Pedro Pinto (Universidade de Lisboa).

You have certainly heard about solar panels on rooftops. But what about solar façades?

Building façades have plenty of free area, and costs of solar systems are decreasing more and more, so it is paramount to merge energy production with architectural creativity!

Por Gilles Lebeau (Université de Nice Sophia-Antipolis).

João Eduardo Silva Pombinho Batista defende a dissertação "Studying Elements of Genetic Programming for Multiclass Classification".

Por Bernardo San Martin (Universidad Católica del Norte).

O que são as estrelas e os planetas? Para dar resposta ao problema foram introduzidos os novos ramos de conhecimento da Astrofísica e das Ciências Planetárias.

Tiago Filipe Miranda Mota defende a dissertação "Digital Workplace - Office 365 Solution".

As Adaptações da Agricultura às Mudanças Climáticas: França, Portugal e Mediterrâneo

Estes encontros visam aproximar as equipas de investigação de ambos os países assim como dos países parceiros, com o objetivo de desenvolver a cooperação científica, sobretudo no que respeita à iniciativa PRIMA (Partnership for Research and Innovation in the M

A Associação Ludus e o Departamento de História e Filosofia das Ciências da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa tomaram a iniciativa de organizar regularmente um conjunto de conferências de alto nível.

Noite Europeia dos Investigadores 2018

Ciência na cidade é o tema da Noite Europeia dos Investigadores do biénio 2018-2019, o qual pretende aproximar investigadores e sociedade em atividades preparatórias e durante as noites da última sexta-feira de setembro.

Pedro Alexandre Pacheco Pinto Maia defende a dissertação "Resilient Communication in Smart Grids".

Noites no Observatório - Mais perto do inatingível

Por José Afonso (IA - Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço / Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa).

Orçamento Participativo Portugal

O Orçamento Participativo Portugal é um processo democrático deliberativo, direto e universal, através do qual as pessoas apresentam propostas de investimento e que escolhem, através do voto, quais os projetos q

Bolsas de Doutoramento da ULisboa

A ULisboa lançou, em 2015, um Programa de Bolsas de Doutoramento. Reconhecendo a importância que o financiamento dos estudantes tem para o desenvolvimento dos sistemas económico e científico, procurou-se assim criar condições para que os jovens investigadores concretizem o

Alunos de Ciências

Candidaturas online de 01 a 30 de setembro de 2018.

David Manuel da Costa Berto defende a dissertação "Universal Windows Application - Apoio à Inspeção".

SPINON Workshop 2018

A platform that brings together renowned scientists and young researchers in the field of molecular magnetism.

Ricardo João Viegas Ressurreição defende a tese "Evolução tectono-estratigráfica cenozóica do litoral alentejano (sector Melides-Odemira) e enquadramento no regime geodinâmico atual".

Tiago Alexandre Orrico Moucho defende a dissertação "VisuaLeague II - Animated Maps for Performance Analysis in Games".

Rui Pedro Cascalheira Calado defende a dissertação "Auditoria Contínua e os Incidentes de Segurança".

Paulo David Ferreira Antunes defende a dissertação "Monitoring Web Applications for Vulnerability Discovery and Removal Under Attack".

Pedro Miguel Dâmaso Lourenço defende a dissertação "Origination - crowdsourcing na resolução de desafios de negócio".

EuCheMSIL 2018 - 27th Conference on Molten Salts and Ionic Liquids

This series of meetings initiated in 1966 as EUCHEM Conference on Molten Salts in Norway. After molten salt and ionic liquid communities joined forces in 2006, it developed to a true European event organized every two years.

Páginas