Encontros Scientia

Como alimentar um milhão de pessoas sem veneno e sem perda de solo

Sala 2.2.14, FCUL, Lisboa

Por Gil Penha-Lopes e Daniel Melo-Mattos (CCIAM-cE3c).

Temos uma ideia geral de como é produzida a grande variedade dos alimentos. Atualmente a indústria tem um papel muito mais forte no imaginário das práticas de consumo do que outrora, e a imagem das paisagens de outrora é progressivamente substituída pela imagem da indústria agropastoril. Tal como o consumo sustenta cadeias de produção, as redes tróficas são sustentadas por relações alimentares. Uma ecologia dos territórios é necessária, considerando os mosaicos de paisagens culturais e seus desenhos no tempo e o espaço. Água, solo, sol, clima, biota, desígnios, fluxos genéticos, vontades, todos componentes desta ecologia espaço-temporal que já não é apenas uma ciência, passando a ser um entendimento, uma construção de planos, assim como o caminho que nos permite chegar e construir o futuro.

Esta apresentação tem como objetivo fomentar a reflexão conjunta entre os participantes sobre estes temas embora sempre com o foco na questão científica mencionada. Como alimentar um milhão de pessoas sem veneno e sem perda de solo é uma questão-espelho sobre a presença humana nos territórios, onde a alimentação é o centro, e o ambiente o fim. Esta questão é uma das que atualmente está a ser utilizada para elaborar propostas de investigação-ação participativas para financiamentos o próximo quadro comunitário (como LIFE, entre outras).

12h00-13h00
cE3c - Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais

Presentations by the students of the Integrated Master in Biomedical Engineering and Biophysics.

Speaker: Alberto Giacomello (Department of Mechanical and Aerospace Engineering of Sapienza University of Rome).

Seminários sobre os temas "Sustentabilidade e economia circular - Soluções têxteis valorizadas com resíduos vegetais" e "Microcápsulas e suas aplicações".

Capa do livro

Sessão de lançamento do livro de Maria Amélia Loução (Ciências ULisboa).

Fotografia de um curso de água

Submissão de pré-propostas até 07 de dezembro de 2020.

Imagem ilustrativa da iniciativa

Pré-inscrições a decorrer para as colheitas dos dias 09 e 11 de dezembro.

Imagem ilustrativa do evento, acompanhada da data de realização e outras datas importantes e dos logótipos das entidades organizadoras

O XIX ENE - Desafios para a Nova Década é duplamente especial, pois a SPECO - Sociedade Portuguesa de Ecologia - celebra as suas bodas de prata, 25 anos.

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades - contributos da psicologia no ensino superior

Seminários sobre os temas "Méis Portugueses - caracterização química e avaliação da atividade biológica" e "Other uses for underutilized forest biomass".

Logótipo dos Prémios Científicos Universidade de Lisboa / Caixa Geral de Depósitos, sobre um fundo azul escuro

Decorrem, até 21 de dezembro de 2020, as candidaturas aos Prémios Científicos Universidade de Lisboa / Caixa Geral de Depósitos de estímulo à publicação de artigos científicos.

Objectives: Provide students with basic workflows, platforms and tools to increase reproducibility at all scientific levels.

Objectives: Under the general framework of Global Change Ecology, the goal of this course is to provide the participants with the most recent and practical knowledge on the use of Functional Diversity.

Objectives: The objective of this course is to introduce participants to the details of communication and writing scientific publications. The main emphasis is on the most common form, the “primary scientific paper”, but other forms will be covered.

Objectives: Lack of fertile land to feed the exponentially growing population, insufficient water availability and quality, changes in the flow of nutrients through the bio-geo-cycles (especially N and P) and climate and land use changes are impacting ecosystem

Imagem ilustrativa do concurso, acompanhada do respetivo logótipo

Candidaturas para a 2.ª edição do Campus 2030 a decorrer até 07 de fevereiro de 2021 - uma oportunidade para estudantes, professores e investigadores converterem o seu campus num modelo global de sustentabilidade.

Objectives: Symbiosis is a key strategy for life on Earth.

Objectives: The goal of this course is to provide to the participants with current and practical knowledge on urban ecology, including ecological and social aspects. It aims at providing an integrated approach on urban socio-ecological systems.

Feixes luminosos

Ação de formação dirigida aos docentes e investigadores de Ciências ULisboa, pela formadora Sofia Sá, a decorrer nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2021.

A sessão será transmitida na plataforma Zoom (restrita aos inscritos na ação).

Objectives: Citizen science can be part of the larger process of engaging people in new forms of interaction in scientific research, challenging scientists and citizens whilst enlarging scientific knowledge and providing learning opportunities for all part

Objectives: This course aims at: 1) exploring how scientists can use social media as tools to enhance the communication of their research and the dialogue with society, and 2) discussing the differences that exist in the work of scientists and journalists

Objectives: This course will teach how to apply the SWAT eco-hydrological model to assess the impacts of climate and associated changes on water-soil-plant interactions, and consequences to water resources, soil erosion and nutrient cycles.

Objectives: Provide students with basic knowledge of R programming, allowing them to manipulate and visualize data with R.

Páginas