60 Minutos de Ciência

As alterações climáticas vão ser importantes a partir de quando?

Edifício Caleidoscópio, Lisboa
MUHNAC

O aquecimento do sistema climático é inequívoco e muitas das mudanças observadas desde a década de 1950 não têm precedentes no último milénio. A maior parte do aquecimento global desde 1880 ocorreu nos últimos 35 anos, sendo de realçar que 16 dos 17 anos mais quentes registados ocorreram desde 2001. Nas últimas décadas, as vastas extensões de gelo da Gronelândia e da Antártida têm vindo a perder massa de uma forma crescente.

A influência humana sobre o clima é inequívoca, resultando em grande medida das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) produzidas pelas atividades humanas, que incluem atividades industriais, a queima de combustíveis fósseis, o uso de fertilizantes e a desflorestação. O aquecimento da atmosfera e dos oceanos e a elevação do nível do mar persistirão por vários séculos, tal sucedendo mesmo se a emissão de GEE cessasse de imediato devido ao longo tempo de residência na atmosfera de alguns desses gases, aos mecanismos climáticos de realimentação (feedback) e às escalas temporais mais lentas com que muitos dos efeitos se produzem no sistema Terra.


Breve nota biográfica sobre o orador: Ricardo Trigo é Professor Associado do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia e coordenador do grupo de Climatologia e Alterações Climáticas no Instituto Dom Luiz (IDL), ambos da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. A sua pesquisa incide na análise da variabilidade e alterações climáticas no sul da Europa, bem como na caraterização da componente meteorológica de eventos extremos climáticos como as secas, ondas de calor, inundações e incêndios florestais. Publicou mais de 180 artigos indexados (índice h=43). Recebeu um Prémio da Royal Meteorological Society (Reino Unido) em 2008 e o Prémio UL-CGD de 2017 pela produção cientifica na área das Ciências da Terra.​

17h30

The objective of this course is to introduce participants to the details of communication and writing scientific publications.

Seminário de Lógica Matemática, por Bruno Jacinto (Universidade de Lisboa).

Seminário Permanente de Filosofia das Ciências, por Anna Ciaunica (CFCUL/GI2).

Seminário de Formação Avançada em Jardins, Paisagens e Ambiente, por Daniela Araújo e Mauro Nascimento (Museu de Lisboa | EGEAC).

Logótipo do evento, sobre um fundo branco

A iniciativa conta com o apoio do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia.

Seminário conjunto do Centro de Estatística e Aplicações da Universidade de Lisboa e do Centro de Matemática Computacional e Estocástica, por Kristen Campbell (University of Colorado Anschutz Medical Campus, USA).

Research at the Faculty of Sciences

Participation is free but prior registration is suggested.

Encontro Scientia, por Rui A. P. Perdigão (EChanges - Chair Professor and Head of the Met Institute for Complex System Science, Vienna, Austria / NORA Climate Dynamics and Complexity Chair, Vienna, Austria & Princeton NJ USA / CCIAM coordinator at cE3c, Lisboa, Portugal).

Hi-Phi Seminar, por Nathalie Gontier (Ciências ULisboa, CFCUL) e Luís Tirapicos (Ciências ULisboa, CIUCHT).

Geometry Webinar, por Giosuè Muratore (CMAFcIO).

Conversa com Galopim de Carvalho.

Logótipo da IAESTE, sobre uma fotografia da cidade de Edimburgo

Candidaturas online de 01 a 31 de outubro 2021.

Imagem alusiva ao Concerto e Conferência

Concerto e conferência pela Orquestra Metropolitana de Lisboa.

Encontro Scientia, por Maria Amélia Martins Loução (PSE - cE3c).

Imagem ilustrativa do programa, acompanhada do respetivo título

Um programa de aceleração de ideias e negócios, promovido pela redeSaúde, com candidaturas até 15 de outubro de 2021.

Conversa com Galopim de Carvalho.

The objective of this course is to introduce participants to the details of communicating science to non-specialized audiences, including, but not exclusive to, public and private stakeholders, students and teachers, and media professionals.

Conversa com Galopim de Carvalho.

The course aims at providing an introduction to stable isotopes ratios as tools to understand global, ecosystem and community level bio/geo cycles; light isotopes: H, N, C, O and S isotopes, geo cycles and ecological significance; sampling and analytical methodologies in stable isotope analysis.

This course aims to evidence the importance of natural history collections for the study of biodiversity, to show new tools and approaches to extract and disseminate biodiversity data from natural history collections and to increase awareness of young researchers for the scientific and cultural value of Natural History Museums.

Conversa com Galopim de Carvalho.

EvoS aims at turning evolutionary theory into a common language to areas that pertain to the natural world, including human affairs.

Conversa com Galopim de Carvalho.

Fotografia de plantas

Pre-proposals submission until 30 November 2021, 15:00 CET(local time in Brussels).

O evento tem como tema central o "Conhecimento ao serviço das áreas classificadas" e marca o seu regresso ao formato presencial, mas com a possibilidade de participação online!

Páginas