Quintas do MARE

Padrões globais da biodiversidade marinha e o potencial impacto das alterações climáticas

Transmissão através de Videoconferência

Por: Joana Portugal (MARE-UÉvora)

As espécies marinhas são altamente suscetíveis às alterações climáticas, como demonstrado em numerosos estudos. Porém muitos desses estudos focam-se num número reduzido de espécies ou numa determinada área geográfica (local ou regional). Neste contexto, a presente dissertação tem como objetivo investigar os padrões globais de biodiversidade marinha e projetar como estes poderão estar modificados no final do século. Este trabalho constitui a primeira abordagem macroecológica que investiga, numa escala global, os impactos das alterações climáticas em taxa marinhos com alto interesse económico, como lagostas (125 espécies), cefalópodes (161 espécies) e pequenos peixes pelágicos (103 espécies). Os padrões globais de biodiversidade marinha para todos os taxa analisados mostram maior riqueza na zona dos trópicos e menor número de espécies nas maiores latitudes. No entanto, estes padrões podem sofrer modificações significativas até ao final do século verificando-se uma tendência generalizada das espécies migrarem para latitudes maiores de forma a encontrarem refúgio em áreas com boa adequação ambiental. Os modelos usados nesta tese (modelos de nicho ecológico) projetam alterações significativas na distribuição das espécies analisadas, com impactos profundos na riqueza e abundância em áreas vitais para a saúde dos oceanos e para as pescas, a longo prazo. Esta dissertação representa um contributo importante para o conhecimento dos padrões globais da biodiversidade nos oceanos futuros. Servindo os seus resultados para orientar estudos pormenorizados em áreas de risco elevado ou com espécies mais vulneráveis e informar a tomada de decisões com vista a proteção de espécies marinhas com elevado valor económico e ambiental. Contudo, atendendo aos efeitos das alterações climáticas já sentidos nos oceanos, é crucial avaliar a capacidade de adaptação destas espécies e encontrar modelos híbridos que melhor nos permitam orientar medidas de gestão e conservação futuras.

Transmissão em direto

14h00
MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente

Seminário de Tese no âmbito do Doutoramento em Biologia e Ecologia das Alterações Globais.

Colóquio de Matemática, por Carlos André (Departamento de Matemática | Ciências ULisboa e CEAFEL-Ciências - Centro de Análise Funcional, Estruturas Lineares e Aplicações).

Logótipo do evento, sobre um fundo branco

Understanding plant water relations at several scales under climate change is the theme of the XV Portuguese-Spanish Water relations Symposium: “Water relations under climate change: from genes to ecosystem”.

Seminário Helena Avelar de Astronomia e Astrologia Antiga, por Martin Gansten (Lund University e Umeå University).

Logótipos ERC e EIC

A sessão visa apresentar os programas ERC e EIC e as potenciais sinergias que podem ser estabelecidas entre ambos.

Fotografia de candidatos, acompanhada do título "M23 2022|2023"

A ULisboa promove o Dia Aberto M23, um evento que pretende aproximar o público adulto do meio universitário.

In this course, we promote a multidisciplinary approach presenting the most recent findings on the topic and challenging the traditional way of considering symbiotic associations as exceptions and not as the rule.

The goal of this course is to provide to the participants with current and practical knowledge on urban ecology, including ecological and social aspects.

Neste encontro, vamos descobrir as potencialidades da utilização do Jamboard - um quadro branco digital gratuito da Google - em trabalhos colaborativos.

Nesta formação, aprenderemos a criar apresentações dentro do Mentimeter, a criar diferentes tipos de slides e a selecionar as configurações mais adequadas aos objetivos pedagógicos.

Nesta formação, iremos abordar as diferentes etapas do processo de planificação de unidades curriculares e refletir conjuntamente em boas práticas sustentadas pela investigação.

Fotografia de placa de identificação de zona de plantação de vinha

Candidaturas até 28 de fevereiro de 2022.

This course aims to explore ways of communicating science to non-specialized audiences, such as policy makers, industry, general public (including students and teachers), through their engagement and participation in citizen science activities.

O evento pretende juntar técnicos, investigadores, estudantes, produtores, industriais e demais agentes da fileira, contribuindo para a atualização de dados sobre o setor e a partilha de conhecimentos sobre as potencialidades da flora portuguesa, para além, das condições edafoclimáticas nacionais que potenciam produtos de elevada qualidade.

This course introduces the field of island biogeography, a discipline that has long influenced other research areas such as macroecology, community ecology, evolution and conservation biology.

Scientists, as the main actors in the production of scientific knowledge, have the responsibility of having an active voice in communicating this knowledge – and that can be achieved for example by a conscious use of the communication tools at their disposal and a better articulation with journalists, among other means.

This course aims at providing students with basic knowledge of R programming, allowing them to manipulate and visualize data with R.

This course aims at providing students with statistical knowledge and tools to manipulate, analyze and visualize biological data with R. It also includes an introduction to modeling, simulations and Bayesian statistics.

Under the general framework of Global Change Ecology, the goal of this course is to provide the participants with the most recent and practical knowledge on the use of Functional Diversity.

The course provides essential skills and knowledge that enable the participants to develop climate change adaptation strategies.

The objective of this course is to provide participants with basic knowledge on a) the fundamental aspects of experimental design and b) workflows, platforms and tools to increase reproducibility at all scientific levels.

This is a mostly practical course offering an overview on different community ecology and macroecological methods and software. These will include all steps of a research project, from the optimal sampling of communities to process inference from large-scale patterns of taxon, phylogenetic and functional diversity.

This course aims to walk through the grounds of modern botany studies, covering subjects that have been excluded from most academic curricula.

The course aims at enabling the participants to use different methods to measure the impacts of pollutants on ecosystems. Basic knowledge will be provided through theoretical and practical lessons on how to select and use the most suitable metrics based on the analysis of multiple compartments of the ecosystems.

This course offers an overview of the different ways to measure biodiversity, and provides tips for the stratification of primary biodiversity data and the construction of variables that describe its various facets. It also includes an in-depth review of the different types of data used to measure biodiversity and their problems and limitations.