Seminário Ciência e Império

Guerra, Informação e Propaganda: A "conquista das almas " na Guerra Colonial 1961-1974

Rui M. Pereira, lHC/FCSH-NOVA

Sala 8.2.11, FCUL, Lisboa

Este seminário destina-se à apresentação de trabalhos em curso sobre as inter-relações entre conhecimento científico, tecnologia e formações imperiais. O seminário convoca historiadores, antropólogos e cientistas sociais em geral para uma reflexão conjunta e interdisciplinar sobre a ciência e o fenómeno colonial.

Realiza-se nas segundas quartas-feiras de cada mês, das 12h30 às 13h30, alternadamente na Faculdade de Ciências e no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

As sessões são abertas à comunidade académica e não académica, apelando à participação de investigadores nacionais e estrangeiros, de diferentes instituições.

Resumo

Nos últimos anos tem-se intensificado a investigação e o debate sobre o investimento científico e do conhecimento nas diversas épocas da afirmação do império colonial português, desde a fase da expansão marítima à derradeira fase tardo-colonial.

Todavia, os últimos anos do colonialismo português, indissociavelmente mercados pela Guerra Colonial (1961-1974) não tem merecido a mesma atenção da comunidade académica.

É comummente aceite que a guerra alterou profundamente, até na substância, de alguns dos princípios estruturantes da política colonial portuguesa (p.ex. com a abolição do estatuto do indigenato e a automática concessão de cidadania a todo os africanos), eludindo algumas das contradições mais marcantes na caracterização de situação colonial.

Numa primeira fase do estado Novo, entre 1936 1955, ocupação científica foi assumida como política oficial, institucionalizada mesmo na forma da Junta das Missões Geográficas e Investigações Coloniais (após 1953, Junta de Investigação Ultramarina, JIU).

Apos 1955 e até ao despontar da luta armada nas colónias, numa inflexão dessa política científica colonial, deslocalizou-se esse investimento no conhecimento das colónias, até então centrado na Metrópole, para as próprias colónias, fundando-se em algumas delas (Angola e Moçambique) Institutos de Investigação científica e pondo-se termo às missões científicas, episódicas e de curta duração (durante a férias de verão) que académicos provindos das universidades de Lisboa, Coimbra e Porto dirigiam no terreno por pouco mais de um par de meses.

Concomitantemente, determinavam-se linhas de Investigação nos centros de pesquisa da JIU, possibilitando a permanência dos investigadores em missões de longa duração nas colónias, ano após ano, de que o exemplo mais emblemático foi o da Missão de Estudos das Minorias Étnicas do Ultramar Português, dirigida por Jorge Dias.

Depois de 1961. o empenho no conhecimento das realidades socias das colónias (para me cingir às ciências sociais) foi reorientado, em grande media, para os objectivos estratégicos da posição portuguesa, numa empresa muito assinalável, congregando esse “conhecimento civil" no esforço da guerra conduzido pelos militares.

A face mais visível e institucionalizada desse conhecimento estratégico foi a criação, em junho de 1961, dos Serviços de Centralização e Coordenação de Informações, em Moçambique e Angola, serviços que iriam ter um papel decisivo na "conquista das almas" através da sua articulação com os Serviços de Ação Psico-Social, estruturas civis que em 1963 passariam a ser enquadradas e dirigidas militares.

12h30
CIUHCT - Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia
CIUHCT

Por José Paulo Viana (APM - Associação de Professores de Matemática).

During recent decades we have witnessed a great development of bioinformatics that has led to the accumulation of a huge amount of biological information.

Por Luís Margalho (Departamento de Física e Matemática, Instituto Superior de Engenharia de Coimbra).

Por Mario Yanez.

Mario Yanez is dedicated to envisioning and inspiring a transition toward life-sustaining, resilient human communities.

Por Jorge Gomes (LIP).

Por Ana Isabel Queiroz (IHC, FCSH NOVA).

Por Leonor R Rodrigues (1,2), F. Zélé (1), I. Santos (1), A. Figueiredo (1,3,4), J. Alpedrinha (1), I. Olivieri (2), S. Magalhães (1).

Por Davide Zucco (Università di Torino).

Beatriz Ferraz Marreiros defende o trabalho de projeto "Uma visão sobre uma forma de retenção de clientes nos seguros automóveis".

Por José Espírito Santo (Universidade do Minho).

Por Marco Silva Mendes (FCUL).

Candidaturas a Bolsas de Doutoramento até 20 de janeiro de 2018.

Mais informações disponíveis em http://biodiv.pt/call-2017-18.

The objective of this course is to introduce participants to the details of communication and writing scientific publications. The main emphasis is on the most common form, the “primary scientific paper”, but other forms will be covered.

Estes seminários destinam-se à apresentação e discussão de estudos de caso em história de cultura material e coleções científicas, museus universitários e património científico em geral.

A organização da informação referente à produção científica e dos ficheiros que lhes estão associados implica, cada vez mais, a utilização de aplicações que permitam gerir a descrição e o arquivo dos documentos.

Phylogenetics is one of the scientific areas of Biology that has grown fast and evolved in methodological terms in the last years.

Lack of fertile land to feed the exponentially growing population, insufficient water availability and quality, changes in the flow of nutrients through the bio-geo-cycles (especially N and P) and climate and land use changes are impacting ecosystems and their capacity to deliv

Por Jacek Radwan (Evolutionary Biology Group, Collegium Biologicum, Adam Mickiewicz University in Poznań).

On completion of the course, the students shall have acquired the following knowledge and understanding:

Aprender a produzir energia, descobrir como se forma a maior onda surfada em todo o mundo ou perceber como podemos falar com um robô, são apenas alguns dos desafios lançados pela Universidade de Lisboa (ULisboa) aos visitantes da exposição “Descobre a ULisboa”.

The continuous urban development associated with the growth of the world population has become one of the most important challenges of the present time. Today, cities accommodate more than 54% of the world's population, a proportion that is expected to increase to 70% by 2050.

The course starts with a short revision of multiple linear regression and generalised linear models, followed by an introduction to linear mixed effects models and generalised linear mixed effects models (GLMM) to analyse nested (also called hierarchical or clustered) data, e.g

Estes cursos breves, dirigidos aos alunos de licenciatura (e mestrado) em Biologia da FCUL, têm como objetivo complementar o seu plano curricular e a oferta já existente para este público-alvo, e decorrem sobretudo aos fins de semana e feriados para evitar sobreposição com

Candidaturas abertas até 28 de fevereiro de 2018.

Estes cursos breves, dirigidos aos alunos de licenciatura (e mestrado) em Biologia da FCUL, têm como objetivo complementar o seu plano curricular e a oferta já existente para este público-alvo, e decorrem sobretudo aos fins de semana e feriados para evitar sobreposição com

Páginas