Celebração dos 25 anos da SPECO

XIX Encontro Nacional de Ecologia

Desafios para a nova década

Evento online
Imagem ilustrativa do evento, acompanhada da data de realização e outras datas importantes e dos logótipos das entidades organizadoras

As Nações Unidas nomearam esta década como a década do Restauro Ecológico, da Ciência para a Sustentabilidade dos Oceanos e do desenvolvimento de planos de ação para alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

A história recente mostrou que a ação antrópica, geradora dos modelos económicos, sociais e culturais das sociedades entra, facilmente, em conflito com os modelos naturais. A escalada de um conflito local a um dilema mundial é cada vez mais fácil de alcançar… e os conflitos acumulam-se.

Há mais de 30 anos que os cientistas afirmam que o excesso de exploração de recursos, a fragmentação de habitats, o comércio ilegal de espécies, entre outros, estão a enfraquecer as barreiras que protegem a nossa própria saúde. Em dias, uma epidemia escalou a uma pandemia que vincará os seus efeitos durante anos.

Mais do que nunca, a Ecologia, enquanto ciência transversal, e os ecólogos, em particular, são chamados a intervir e a mostrar o seu papel como profissionais relevantes numa sociedade em mudança. Quais os desafios a enfrentar? Como podemos proteger o que ainda temos? Como podemos reverter o que perdemos? Como podemos agir?

A comissão organizadora do XIX Encontro Nacional de Ecologia incentiva a submissão de trabalhos em todos os domínios da ecologia. O congresso será estruturado de forma a destacar 3 grandes temas: restauro e gestão ecológica, biodiversidade e ecossistemas, e recursos marinhos e oceanos.

 

Datas importantes:

Cartaz do XIX Encontro Nacional de Ecologia

SPECO - Sociedade Portuguesa de Ecologia
Título, data, orador e localização do evento

RSS Meetup, por Pedro Rocha (NOVA LINCS, FCT/NOVA).

Seminário Permanente de Filosofia das Ciências, por Gil Santos  (CFCUL/GI2).

In this talk, we will explain some of the methods available for estimating reliable bird vocal activity rate from sound recordings, at individual (i.e. how long individuals need to be monitored) and at population level (number of individuals to record or number of recording days required).

Conferência do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, por Tiziana Di Lorenzo (PhD in Groundwater Ecology, Permanent Researcher at the IRET-CNR, Research Institute on Terrestrial Ecosystems of the National Research Council of Italy).

Evelhecimento ativo

webinar Desafios do Envelhecimento @ULisboa constitui o primeiro de vários encontros do grupo transversal de envelhecimento da redeSAÚDE da Universidade de Lisboa.

Colóquio de Matemática, por Teresa Monteiro Fernandes (Departamento de Matemática | Ciências ULisboa).

O curso visa apresentar uma série de perspetivas sobre o desenvolvimento conceitual da estatística e sobre o uso de inferências e modelos estatísticos nas ciências empíricas.

Sessão de boas-vindas

A sessão de boas-vindas decorre no dia 01 de outubro, no Grande Auditório de Ciências.

Cartaz de apresentação da iniciativa

Young Inventors Prize / European Inventor Award: candidaturas até 01 de outubro de 2021.

Mapa antigo

Workshop internacional associado ao projeto Medea-Chart.

Imagem ilustrativa do curso, acompanhada de várias informações úteis

Um curso dirigido ao público em geral e a estudantes de arte ou ciência (a partir dos 16 anos), com interesse em desenho de observação, ilustração e biologia, com ou sem experiência em desenho.

Pormenor da capa do livro de banda desenhada "O jogo das alterações climáticas"

Lançamento de livro de banda desenhada, da autoria de Bruno PintoQuico Nogueira e Nuno Duarte.

Imagem ilustrativa do FICA - Festival Internacional de Ciência

Ciências ULisboa está fortemente representada neste evento, com dezenas de atividades ao longo dos seis dias de Festival.

The objective of this course is to introduce participants to the details of communication and writing scientific publications.

Imagem ilustrativa do programa, acompanhada do respetivo título

Um programa de aceleração de ideias e negócios, promovido pela redeSaúde, com candidaturas até 30 de setembro de 2021.

The objective of this course is to introduce participants to the details of communicating science to non-specialized audiences, including, but not exclusive to, public and private stakeholders, students and teachers, and media professionals.

The course aims at providing an introduction to stable isotopes ratios as tools to understand global, ecosystem and community level bio/geo cycles; light isotopes: H, N, C, O and S isotopes, geo cycles and ecological significance; sampling and analytical methodologies in stable isotope analysis.

This course aims to evidence the importance of natural history collections for the study of biodiversity, to show new tools and approaches to extract and disseminate biodiversity data from natural history collections and to increase awareness of young researchers for the scientific and cultural value of Natural History Museums.

EvoS aims at turning evolutionary theory into a common language to areas that pertain to the natural world, including human affairs.

The course SoilEco aims at introducing attendants to an updated state of the art of diversity of the soil biota and the functional roles played by soil organisms in key ecological processes.

In this course, we promote a multidisciplinary approach presenting the most recent findings on the topic and challenging the traditional way of considering symbiotic associations as exceptions and not as the rule.

The goal of this course is to provide to the participants with current and practical knowledge on urban ecology, including ecological and social aspects.

This course aims to explore ways of communicating science to non-specialized audiences, such as policy makers, industry, general public (including students and teachers), through their engagement and participation in citizen science activities.

This course introduces the field of island biogeography, a discipline that has long influenced other research areas such as macroecology, community ecology, evolution and conservation biology.

Scientists, as the main actors in the production of scientific knowledge, have the responsibility of having an active voice in communicating this knowledge – and that can be achieved for example by a conscious use of the communication tools at their disposal and a better articulation with journalists, among other means.

Páginas