Curso

Identificação de peixes dos ecossistemas fluviais de Portugal

MUHNAC, Lisboa
MUHNAC

Os ecossistemas fluviais portugueses são um património natural único, muito rico em espécies piscícolas endémicas, sendo também um recurso fundamental de água doce. Nas últimas décadas, a forte pressão antrópica sobre estes ecossistemas tem conduzido a mudanças consideráveis das comunidades piscícolas: as espécies nativas têm registado importantes reduções populacionais e observa-se um aumento do número de espécies exóticas e a expansão geográfica das suas populações.

A monitorização das populações piscícolas é um instrumento fundamental para uma gestão sustentável das mesmas e dos ecossistemas fluviais onde se integram, constituindo a fauna piscícola um dos elementos de qualidade biológica utilizados para avaliar o estado ecológico dos curso de água, tal como é imposto pela Diretiva Quadro da Água. Porém, a maioria das espécies piscícolas nativas apresenta elevada semelhança morfológica e frequente ocorrência de hibridação, o que dificulta uma correta identificação da espécie observada, comprometendo deste modo a efetiva gestão e conservação destes valores naturais.

Este curso intensivo, com duração de uma semana, tem como objetivo aprofundar o conhecimento sobre as comunidades de peixes existentes nos ecossistemas fluviais portugueses. O curso terá uma forte componente prática, dando a oportunidade aos participantes de conhecer e aprender a identificar as mais de 60 espécies nativas e exóticas encontradas nos nossos rios. Será dada ênfase à distribuição geográfica das diferentes espécies, morfologia, ecologia, diversidade genética, conservação, técnicas de captura e amostragem, ética e bem-estar e problemática das espécies exóticas.

Pretende-se que no final deste curso os participantes tenham adquirido competências que lhes permitam participar ativamente no estudo, monitorização e gestão sustentável das comunidades piscícolas.

Curso a decorrer de 09 a 13 de outubro de 2017, com inscrições até 04 de outubro de 2017.

MUHNAC - Museu Nacional de História Natural e da Ciência / MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente / cE3c - Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais / SIBIC - Sociedade Ibérica de Ictiologia

Por Alexander Usvyatsov (Universidade de Lisboa, CMAF-CIO).

Luis Miguel dos Santos Vilar Ferreira apresenta a dissertação "A multi-level model for risk assessment in SIEM".

Circuito enquadrado no ambiente de montado que circunda a aldeia do Lousal.

Caminhe na natureza e abra as portas ao conhecimento científico que os monumentos megalíticos da região oferecem.

O Desafio Societal 1 do Horizonte 2020 - “Saúde, alterações demográficas e bem-estar” - conta com um orçamento 2.000 M€ para o financiamento de projetos na área da saúde entre 2018 e 2020.

A cerimónia contará com as contribuições de José Artur Martinho Simões, Diretor da Faculdade de Ciências, Professora Maria Isabel Fraga Alves e Professor Luís Correia, bem como dos homenageados, Professora Ivette Gomes e Professor Helder Coelho.

Maria Alexandra Soares Gomes Cardoso de Oliveira apresenta a tese "Boulder deposits related to extreme marine events in the western coast of Portugal".

Sessão de abertura do ano letivo 2017/2018 do PD-FCTASna qual será feita a apresentação das disciplinas e dos seminários pela coordenação do Programa e pelos docentes responsáveis

Por Jorge Buescu (Departamento de Matemática, FCUL).

As provas, requeridas por Pedro Miguel Nunes da Rosa Dias Duarte, decorrem nos dias 28 e 29 de setembro de 2017.

Dedicada ao tema “SCILIFE - Science in Everyday Life / Ciência no dia-a-dia”, a Noite Europeia dos Investigadores em Lisboa terá lugar no Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa.

Por Julie Pullen (Stevens Institute of Technology).

Por António Klein (Laboratory of Coastal Oceanography, CEO/CFM, Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis-SC, Brazil).

Por Emílio Franco (Universidade do Porto).

A sessão mensal das Noites no Observatório celebra a Noite Europeia dos Investigadores 2017, com um programa cheio de atividades.

Excecionalmente, o Planetário abrirá as portas às 19h45.
 

Candidaturas a Bolsas de Doutoramento a decorrer até 02 de outubro de 2017.

Programa de Formação Contínua de Professores do Ensino Básico (3.º ciclo) e Secundário, grupos 420 e 520.

Por Franz Gatzweiler (Executive director of the 10-year global interdisciplinary research programme on “Health and Wellbeing in the Changing Urban Environment: a Systems Approach," created by the International Council for Science (ICSU), and sponsored by the Un

Adaptationism, i.e. the claim that natural selection provides a sufficient explanation for the evolution of most traits, pervades all aspects of biological thinking.

Por Artur Tiago Silva (CERIS, Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa).

The European Symposium on Nanofluids (ESNf) will be a series of international conferences to be organized in Europe and the very first one (1st ESNf) will be held in Lisbon, Portugal during 8-10 October 2017.

Os ecossistemas fluviais portugueses são um património natural único, muito rico em espécies piscícolas endémicas, sendo também um recurso fundamental de água doce.

A conferência conta com a participação de Jorge Marques da Silva e Cristina Branquinho, da FCUL.

A iniciativa conta com a participação de Henrique Leitão (FCUL), decorrendo as expressões de interesse até 12 de maio de 2017.

For understanding Nature, modern science has turned to mathematical and physical models that dramatically simplified the complexity of natural phenomena and processes.

Páginas