M23

“Afirmar talentos e impulsionar o sucesso”

FCUL esclareceu possíveis candidatos ao programa M23 no Open Day pelo Núcleo de Formação ao Longo da Vida
GCIC-FCUL

De acordo com o lema “proporcionar novas oportunidades de formação ao longo da vida que afirmam talentos e impulsionam o sucesso”, a UL tem à disposição de todos os que com mais de 23 anos queiram “vivenciar experiências de aprendizagem únicas”, o processo de acesso M23.      

Sob coordenação do Núcleo de Formação ao Longo da Vida (NFLV-UL), as portas da Reitoria da UL abriram-se em fevereiro passado para receber todos os interessados em obter esclarecimentos sobre quaisquer temáticas relacionadas com este programa, celebrando-se assim, o segundo Dia Aberto aos M23. Ao todo, o evento contou com 193 participantes.

António Sampaio da Nóvoa, reitor da UL, deu as boas-vindas a todos aqueles que querem continuar a aprender, reforçando a importância da aprendizagem ao longo da vida: "Precisamos de uma outra maneira de estar na escola, de uma outra maneira de estar na universidade".

Já o término da atividade foi assinalado por uma novidade em relação ao ano anterior, a realização de um workshop. “Percebemos que era importante dar a hipótese aos candidatos de trabalharem a candidatura e, nesse sentido, promovemos um workshop explorando mais a parte prática [elaboração do currículo, redação de uma carta de motivação]. Estamos numa lógica de reconhecimento das aprendizagens experienciais e promover um acesso com base nesse conhecimento é fundamental e decisivo”, explicou Joana Soares, coordenadora do NFLV-UL.

No átrio da reitoria, ao lado das bancas informativas das diferentes faculdades que compõe a UL, bem como do NFLV-UL, Instituto de Orientação Profissional, Serviços de Ação Social e outros institutos da Universidade, a FCUL marcou presença com o seu stand habitual de visitas às escolas prestando as informações respetivas sobre a sua oferta formativa.

Elísio Gomes, de 31 anos, decidiu passar pela banca da Faculdade dando conta dos seus planos futuros: “Pretendo candidatar-me a Física. Deixei de estudar há já alguns anos… Tenho interesse em prosseguir os estudos académicos por vários motivos, entre eles o pessoal, sei que posso dar muito mais não só para mim como também para a sociedade e também porque poderei melhorar a minha condição de trabalho. Sempre tive interesse na área das Ciências, nunca tive oportunidade de seguir e, agora, decidi retomar”.

Já Carlos Lopes, antigo camionista, agora desempregado, percorreu o mundo confrontando as diversas realidades que compõe cada cultura. Aos 51 anos, decidiu apostar naquilo que para si move qualquer cidadão, o conhecimento. “Acho que a verdadeira luz é mesmo o conhecimento. Quando convivemos com algo que conseguimos perceber, desenvolver teorias, então passamos a conhecer-nos melhor e isso pacifica-nos, faz-nos ficar mais satisfeitos”, reforçou aquele visitante.

Fonte: GCIC-FCUL
Legenda:Elísio Gomes, de 31 anos, foi um dos possíveis futuros alunos M23 da FCUL a procurar informação na banca, pretende seguir a área da Física

Para continuar a satisfazer as necessidades de tantos outros interessados com mais de 23 anos, este programa, existente desde o ano letivo de 2006 /2007 e que já concedeu a oportunidade académica na UL a cerca de 1500 estudantes, aposta na ligação direta entre técnicos e público adulto e/ou candidatos concedendo-lhes um acompanhamento desde o início do processo. Prova disso, são as oficinas de apoio, entre elas a oficina M23, oficina de matemática e oficina de escrita.

De acordo com o histórico de candidaturas ao ingresso via M23, na FCUL, destacam-se os dois últimos anos letivos como sendo os de maior adesão. Das 905 candidaturas totais em 2010/2011, 114 dirigiram-se à FCUL, e em 2011/2012, das 714, 113 candidatos optaram por Ciências. Nesta contabilização destaca-se o curso de Engenharia Informática como sendo o mais requisitado, 63 candidaturas em 2010/2011 e 61 em 2011/2012.

O processo de aprovação do candidato passa por duas fases, a primeira destina-se à avaliação de conhecimentos e competências através de uma prova teórica e/ou prática, com um peso de 40%, a segunda fase, remete para uma entrevista cujo objetivo é a apreciação do currículo escolar e profissional do candidato bem como das suas motivações, tendo o peso de 60%.

Na FCUL, Maria Helena Mendonça, professora do Departamento de Química e Bioquímica, é uma das intervenientes no processo que, desde o início, orienta os alunos M23 nas mais diversas questões.

“Os primeiros alunos que entrevistámos para os Maiores de 23, em 2006/2007, eram pessoas com um enriquecimento muito grande do seu currículo que vinham só para os cursos que gostavam, queriam ‘fazer aquilo que não fizeram antes’. Hoje em dia, acho que já está a ser muito aproveitado por pessoas mais novas, que, por exemplo, não tiveram possibilidade de entrar pelo meio tradicional. (…) É também importante chamar à atenção de que os trabalhadores estudantes têm da nossa parte um pouco mais de apoio porque eles não têm a semana toda para vir fazer os trabalhos, principalmente nestas áreas que eles gostam e isso é importante”.

Fonte: UL
Legenda: Este ano, o término da atividade foi assinalado pela a realização de um workshop

Ana Jardim, aluna de 38 anos a frequentar o curso de Engenharia Informática, ingressou na FCUL através do M23 em 2011. Tendo uma ocupação profissional, o seu percurso académico é desenvolvido em regime pós-laboral. Se pudesse classificar a Faculdade escolheria os adjetivos “conceituada e ótima”, quanto ao curso define-o como sendo, “exigente, intenso e muito interessante”.

“A grande mais-valia é dar uma oportunidade às pessoas que por qualquer razão não conseguiram dar continuidade à sua formação logo após o secundário e que agora o pretendem fazer. A meu ver, a motivação é maior e a experiência profissional e maturidade compensam a falta de ritmo de estudo em relação aos alunos que vêm diretamente do secundário”, declara a aluna M23.

Este ano, o período de candidaturas estende-se até dia 28 de março. Depois das diversas etapas que marcam o processo, os resultados serão conhecidos a 12 de julho.

A todos os candidatos, a FCUL deseja boa sorte e um ótimo recomeço académico!

Reportagem Dia Aberto M23

Este projeto multimédia pode ser visualizado através do canal YouTube da UL, inclui testemunhos de participantes, organizadores e colaboradores.
 

 

Espólio info-Ciências digital
FCUL já admitiu 254 estudantes no âmbito dos concursos e regimes especiais
Maiores de 23
Maiores de 23
Maiores de 23
752 candidaturas no âmbito dos “Maiores de 23”
“Maiores de 23”

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt
Joana Ribeiro, Bárbara Henriques e Filipa Carvalho no simpósio

A Sociedade Portuguesa de Doenças Metabólicas (SPDM) atribuiu uma bolsa de apoio à investigação Dr. Aguinaldo Cabral, no valor de 10.000€, a Bárbara Henriques, investigadora do Departamento de Química e Bioquímica e investigadora principal do Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (BioISI), polo da Ciências ULisboa. É a primeira vez que um investigador da Ciências ULisboa recebe este prémio.

Cinco alumni e logotipo da rubrica

Esta foi a pergunta feita a cinco alumni da Ciências ULisboa durante o mês de maio. A primeira série de lives transmitidas em direto no Instagram também está disponível no canal YouTube da Faculdade. Estas primeiras cinco conversas descontraídas e enriquecedoras contaram com a presença de Eduardo Matos, Dário Hipólito, Ana Prata, Margarida Ribeiro e João Graça Gomes.

Planta de tomate

“O efeito da competição e simbiose na virulência de um parasita de plantas" - um projeto coordenado pelas cientistas Alison Duncan e Sara Magalhães - é um dos quatro projetos vencedores da 1.ª edição do Prémio Tremplin Mariano Gago.

Paisagem antártica na zona de estudo

As alterações climáticas amplificam as ondas de calor no continente antártico. Esta é a conclusão apresentada pelos cientistas Sergi González-Herrero, David Barriopedro, Ricardo M. Trigo, Joan Albert López-Bustins e Marc Oliva num artigo publicado na Communications Earth & Environment.

Alexandre M. Ramos, Francisco S. N. Lobo, Margarida D. Amaral e Sara C. Madeira

Alexandre M. Ramos, Francisco S. N. Lobo, Margarida D. Amaral e Sara C. Madeira são as personalidades da Faculdade distinguidas com os Prémios Científicos ULisboa/Caixa Geral de Depósitos (CGD) 2021. Os seus colegas Cláudio M. Gomes e Francisco Malta Romeiras também são agraciados nesta edição com menções honrosas. A cerimónia de atribuição destes prémios e menções honrosas acontece no próximo dia 28 de junho, no salão nobre da Reitoria da ULisboa.

Fernando Antunes, João Pires da Silva e Fadhil Musa

A Delox, a spin-off do Tec Labs – Centro de Inovação da Ciências ULisboa, acaba de anunciar a angariação de 750 mil euros de financiamento para desenvolver as etapas necessárias até ao início da comercialização do novo sistema de biodescontaminação.

Estrelas

Qual é o nosso lugar no Universo? A resposta a esta e tantas outras questões encontra-se no livro do astrofísico David Sobral, que em 2015 descobriu a galáxia CR7, a mais brilhante do Universo, e que está disponível nas livrarias a partir desta terça-feira e tem lançamento marcado para esta quinta-feira, 19 de maio, pelas 18h30, no campus da Faculdade, no edifício C6, anfiteatro 6.1.36.

grande auditório da Faculddade com pessoas

O livro “ESPRESSO: Uma Aventura no Deserto de Atacama”, da autoria dos cientistas Alexandre Cabral  e Nuno Cardoso Santos, foi apresentado ao público numa cerimónia ocorrida no grande auditório da Faculdade no passado dia 14 de maio. A obra bilingue e gratuita dá a conhecer a aventura tecnológica e humana da construção do ESPRESSO, com fotografias e memórias criadas no deserto mais seco no mundo, no Chile.

logotipo radar

Vigésima terceira rubrica Radar Tec Labs, dedicada às atividades do Centro de Inovação da Faculdade. A empresa em destaque é a NBI – Natural Business Intelligence.

pessoas observam a exposição

“De Lisboa para os Trópicos” é o nome da mais recente exposição da Ciências ULisboa, patente no átrio do edifício C6 desde 21 de abril e que vai estar em exibição até ao próximo dia 21 de junho. A mostra itinerante de fotografias assinala o 2.º aniversário do Colégio Tropical, uma unidade transversal da ULisboa.

Logotipo CHI 2022

A principal conferência internacional dedicada aos fatores humanos em sistemas computacionais distinguiu com a classificação de melhor apresentação 25 papers, destaque para o paper "Investigating the Tradeoffs of Everyday Text-Entry Collection Methods" sobre as vantagens e desvantagens de vários métodos de introdução de texto.

Margarida Amaral

Margarida Duarte Amaral dirigiu o Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (BioISI) durante oito anos. Esta entrevista é sobre o passado, o presente e o futuro e como “o todo é maior do que a simples soma das suas partes”.

pin sobre palavra credit

Conceição Freitas, presidente do Conselho Científico da Ciências ULisboa, escreve sobre a prestigiante subida da ULisboa no Center for World University Rankings e no SCImago Institutions Rankings.

4 fotografias da envolução do terreno

Life Ribermine é o nome de um projeto ibérico responsável pelo restauro geomorfológico de minas em Portugal e Espanha. A  Associação Centro Ciência Viva do Lousal, da qual Ciências ULisboa é associada fundadora, é o único parceiro português do projeto.

Saco com logotipo da jobshop em destaque

A XII edição da Jobshop Ciências 2022 - a feira anual de emprego da Ciências ULisboa realiza-se nos próximos dias 11 e 12 de maio, no campus da Faculdade, no Campo Grande. Cerca de 80 entidades participam nesta edição e poderão contactar diretamente os estudantes, graduados e pós-graduados da Faculdade em stands, workshops e sessões de recrutamento. Além de empresas, também participam no acontecimento unidades de I&D da Faculdade.

Vários edificos - imagem com duas cores

Com foco na posição de Portugal em comparação com os restantes países europeus, a rubrica "Dados Contados" abordou temas como educação, desigualdade salarial, direitos LGBTQ+, impostos e imigração, entre outros, através de diversos indicadores estatísticos. Durante toda a produção, a autenticidade das fontes e a correta representação dos dados foram as duas principais preocupações.

duas pessoas a fazerem uma experiencia, e um monitor do Dia Aberto ao fundo a observar

Depois de duas edições com atividades online, o Dia Aberto em Ciências regressa este ano às atividades presenciais. A investigação científica e o ensino vão estar no centro da programação, abrangendo todas as áreas científicas. São mais de 70 as atividades disponíveis, entre visitas a laboratórios, atividades científicas, palestras, speed dating com cientistas, visitas ao campus e conversas rápidas sobre os cursos.

Henrique Leitão e Gracinda Gomes

Os cientistas da Faculdade foram eleitos sócios honorários da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM), juntamente com outras quatro personalidades, duas delas da ULisboa. Atualmente a SPM tem nove sócios honorários.

Jaime A. S. Coelho, professor convidado do Departamento de Química e Bioquímica e investigador do polo desta faculdade do Centro de Química Estrutural, foi distinguido pela Sociedade Portuguesa de Química (SPQ) com o Prémio para Melhor Químico Orgânico Jovem 2021.

Alunos na biblioteca do C8

Os artigos da revista Astronomy & Astrophysics (A&A), uma das principais revistas científicas de Astronomia do mundo, já são publicados em acesso aberto, através do subscribe-to-open (S2O), um modelo de ciência aberta por assinatura.

5 quitones

Artigo científico publicado no Journal of Paleontology dá conta da descoberta em Portugal de duas novas espécies de moluscos marinhos do Pliocénico (há cerca de 3,6 Ma) . O cientista Carlos Marques da Silva é um dos autores deste trabalho.

pessoa a ver uma fotografia da exposição

Crónica sobre a exposição “De Lisboa para os Trópicos”, da autoria de Rúben Oliveira e Teresa Vaz, curadores da mostra e que a partir de 21 de abril e até 21 de junho vai estar em exibição no átrio do edifício C6, no campus da Faculdade.

Cinco oradores e vários alunos a assistir

A Matemática une. O tema das comemorações do Dia Internacional da Matemática 2022 reflete o espírito de quem organiza atividades de divulgação científica, na Faculdade e fora dela, e também de quem participa. Fique a par das atividades do IDM, e conheça a opinião de estudantes e professores.

Logotipo das comemorações do Dia da Faculdade

Após dois anos a comemorar um aniversário de forma remota, em 2022, a comunidade da Faculdade volta a reunir-se no grande auditório da Ciências ULisboa para celebrar os 111 anos da instituição, criada por decreto a 19 de abril de 1911. A cerimónia comemorativa acontece no próximo dia 27 de abril, a partir das 14h00.

Logotipo da olimpíadas

A semifinal das Olimpíadas de Química Mais (OQ+) e a semifinal das Olimpíadas de Química (OQ) Júnior acontecem, respetivamente, nos próximos dias 30 de abril e 7 de maio, no campus da Faculdade. Professores e estudantes do Departamento de Química e Bioquímica colaboram em ambos os eventos.

Pages