FameLab

André Torcato, Beatriz Barata, João Rodrigues e Rodrigo Serrão foram escolhidos para a semi-final nacional do FameLab 2018, que se realiza a 18 de Março no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa e que juntará os melhores concorrentes das sete eliminatórias regionais.

Rúben Oliveira é ex-aluno de Biologia e do Mestrado em Biologia da Conservação da Faculdade de Ciências e foi finalista na edição do Famelab 2017, tendo ganho o Prémio do Público. Nesta entrevista rápida, explica a importância de concorrer a este concurso e como o mesmo lhe abriu portas para as funções que hoje desempenha no Ce3c e na SPECO. 

«A FCUL tem uma comunidade de estudantes bastante ativa e é muito bom que esta oportunidades tenha chegado tão perto dos estudantes. Espero mesmo que haja muitos candidatos e tenho a certeza que terão muita qualidade»

Marta Santos é atualmente comunicadora de ciência no Ce3C (FCUL). Foi a grande vencedora da edição 2014 do Famelab e, nesta entrevista, partilha a importância que a experiência teve na sua vida e deixa algumas dicas para os futuros candidatos. A edição de 2018 do Famelab já está em curso e aceita candidaturas até 3 de fevereiro. Este ano, Ciências recebe pela primeira vez uma eliminatória regional do FameLab Portugal. Para concorrer, basta ser maior de 18 anos e "trabalhar ou estudar nas áreas de ciências, tecnologia, engenharia ou matemática".

“É nosso dever informar a sociedade dos progressos científicos”

“Não só quero continuar a adquirir competências, como quero passar a mensagem de que a Comunicação de Ciência é essencial para que a ciência seja compreendida e bem sucedida. É nosso dever informarmos a sociedade dos progressos científicos que vão sendo alcançados”, declara Rúben Oliveira, aluno do mestrado em Biologia da Conservação, finalista do concurso FameLab Portugal.

Páginas