Crónicas em Ciências

Ciências EIT Health Innovation Days 2019

Margarida Dionísio Lopes, João Brito, Inês Ramos, Débora Borges Santos com Luís Carriço

A equipa Nikola Tesla foi a grande vencedora desta edição com a Keep on Care, uma aplicação que ajuda os cuidadores informais a organizarem as suas atividades e a contactarem especialistas

Tec Labs
António Marques
António Marques
Fonte ACI Ciências ULisboa

Depois de uma excelente primeira edição, o Tec Labs e Ciências ULisboa organizaram nos passados dias 25 e 26 de outubro um novo Innovation Days, iniciativa enquadrada nas atividades do consórcio europeu EIT Health, este ano dedicado ao tema bringing care home. Destinado a promover o espírito inovador em estudantes de toda a ULisboa num jeito de hackathon, o evento contou com 28 participantes de áreas tão distintas como Bioquímica e Línguas, Literaturas e Culturas, divididos por seis grupos em competição por prémios monetários e… uma viagem a Paris!

A manhã do primeiro dia foi intensa e serviu para preparar os estudantes para a tarde (e serão) de trabalho que se avizinhavam. Começámos com introduções e inspirational talks por parte de Luís Carriço, diretor da Faculdade, Inês Matias, da EIT Health, Eduardo Rodrigues, da UpHill e Luís Medeiros, da With Company.

Já mencionámos que os estudantes entraram no evento sem conhecerem os elementos da sua equipa?! Foi só após o primeiro coffee break que os participantes ficaram a sabê-lo, tendo, logo de seguida, sido sujeitos a uma sessão de team building para quebrar o gelo.

De seguida, a nossa Rita Tomé ministrou as bases do design thinking, ferramenta fundamental para se chegar a uma solução inovadora e disruptiva em menos de 24 horas. E ainda nem era meio dia…!

Nesta edição dos iDays, fruto de uma parceria e várias iterações com a USF da Baixa, apresentámos dois grandes desafios que serviram de base para o trabalho das seis equipas, sempre enquadrados no tema bringing care home. O primeiro desafio centrava-se na iliteracia em saúde mental; o segundo, nas dificuldades dos cuidadores informais em cuidados continuados e paliativos. Às 12h00, dois elementos da USF apresentaram os desafios aos grupos, que puseram de imediato mãos à obra, conscientes de que no dia seguinte, pelas 10h00, estariam a apresentar uma solução perante um painel de cinco jurados!

Portanto, é de ver que a tarde não foi menos animada. Logo a seguir ao almoço – onde já se discutiam fervorosamente ideias -, os grupos dedicaram duas horas intensas a debater os desafios e as soluções com profissionais e especialistas, representantes de Associação Nacional de Cuidadores Informais, da Associação de Enfermagem em Cuidados Continuados e Paliativos, da Casa de Saúde da Idanha e do Centro Hospitalar de Leiria.

Depois de uma formação em pitching, os estudantes saíram à rua para validarem as suas ideias. Regressados, mal puderam respirar antes da bateria de hora e meia de speed mentoring que lhes tínhamos reservado!

Tal como na edição anterior, a noite foi intensíssima, e chegou a incluir até uma dinâmica de “O Lobo e a Aldeia” cerca das três da manhã… Os grupos enviaram as suas apresentações in extremis, descansaram como puderam e, às 10h00, estavam já instalados na Sala de Atos a enfrentarem a equipa de jurados: Jorge Maia Alves, subdiretor da Faculdade, Filipa Fixe, da Glintt, Rui Cortes, da Lean Health, Rui Ferreira, da Portugal Ventures e Sara Reis, da Frontier IP.

Cada grupo teve cinco minutos certos para apresentar, mais três minutos para perguntas e respostas do júri. Após longa deliberação dos jurados, escolheram-se os grandes vencedores! Em terceiro lugar, com um prémio de 100€, ficou a equipa três, apadrinhada por Marie Curie, com uma solução para a saúde mental infantil baseada na Amélia, um personagem animado. Em segundo, a equipa seis, apadrinhada pelo matemático português Pedro Nunes, que propôs uma plataforma de intermediação entre profissionais de saúde e cuidadores informais, a Medics.

Para o fim ficou a equipa quatro - Nikola Tesla -, a grande vencedora destes Innovation Days, com a Keep on Care, uma aplicação que ajuda os cuidadores informais a organizarem as suas atividades e a contactarem especialistas. Vale a pena nomear os elementos do grupo: Margarida Dionísio Lopes, João Brito, Inês Ramos, Débora Borges Santos. Os quatro estarão presentes no Winner’s Event, dia 1 de dezembro, em Paris!

Para o ano há mais!

Nota da redação: Artigo gentilmente cedido pelo Tec Labs, publicado a 28 de outubro no blog do Centro de Inovação da Faculdade.

António Marques, Tec Labs Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
EIT Health Innovation Days
Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Fotografia de alunos procuram informações junto a uma banca no átrio do C3

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas