M23

“Afirmar talentos e impulsionar o sucesso”

FCUL esclareceu possíveis candidatos ao programa M23 no Open Day pelo Núcleo de Formação ao Longo da Vida
GCIC-FCUL

De acordo com o lema “proporcionar novas oportunidades de formação ao longo da vida que afirmam talentos e impulsionam o sucesso”, a UL tem à disposição de todos os que com mais de 23 anos queiram “vivenciar experiências de aprendizagem únicas”, o processo de acesso M23.      

Sob coordenação do Núcleo de Formação ao Longo da Vida (NFLV-UL), as portas da Reitoria da UL abriram-se em fevereiro passado para receber todos os interessados em obter esclarecimentos sobre quaisquer temáticas relacionadas com este programa, celebrando-se assim, o segundo Dia Aberto aos M23. Ao todo, o evento contou com 193 participantes.

António Sampaio da Nóvoa, reitor da UL, deu as boas-vindas a todos aqueles que querem continuar a aprender, reforçando a importância da aprendizagem ao longo da vida: "Precisamos de uma outra maneira de estar na escola, de uma outra maneira de estar na universidade".

Já o término da atividade foi assinalado por uma novidade em relação ao ano anterior, a realização de um workshop. “Percebemos que era importante dar a hipótese aos candidatos de trabalharem a candidatura e, nesse sentido, promovemos um workshop explorando mais a parte prática [elaboração do currículo, redação de uma carta de motivação]. Estamos numa lógica de reconhecimento das aprendizagens experienciais e promover um acesso com base nesse conhecimento é fundamental e decisivo”, explicou Joana Soares, coordenadora do NFLV-UL.

No átrio da reitoria, ao lado das bancas informativas das diferentes faculdades que compõe a UL, bem como do NFLV-UL, Instituto de Orientação Profissional, Serviços de Ação Social e outros institutos da Universidade, a FCUL marcou presença com o seu stand habitual de visitas às escolas prestando as informações respetivas sobre a sua oferta formativa.

Elísio Gomes, de 31 anos, decidiu passar pela banca da Faculdade dando conta dos seus planos futuros: “Pretendo candidatar-me a Física. Deixei de estudar há já alguns anos… Tenho interesse em prosseguir os estudos académicos por vários motivos, entre eles o pessoal, sei que posso dar muito mais não só para mim como também para a sociedade e também porque poderei melhorar a minha condição de trabalho. Sempre tive interesse na área das Ciências, nunca tive oportunidade de seguir e, agora, decidi retomar”.

Já Carlos Lopes, antigo camionista, agora desempregado, percorreu o mundo confrontando as diversas realidades que compõe cada cultura. Aos 51 anos, decidiu apostar naquilo que para si move qualquer cidadão, o conhecimento. “Acho que a verdadeira luz é mesmo o conhecimento. Quando convivemos com algo que conseguimos perceber, desenvolver teorias, então passamos a conhecer-nos melhor e isso pacifica-nos, faz-nos ficar mais satisfeitos”, reforçou aquele visitante.

Fonte: GCIC-FCUL
Legenda:Elísio Gomes, de 31 anos, foi um dos possíveis futuros alunos M23 da FCUL a procurar informação na banca, pretende seguir a área da Física

Para continuar a satisfazer as necessidades de tantos outros interessados com mais de 23 anos, este programa, existente desde o ano letivo de 2006 /2007 e que já concedeu a oportunidade académica na UL a cerca de 1500 estudantes, aposta na ligação direta entre técnicos e público adulto e/ou candidatos concedendo-lhes um acompanhamento desde o início do processo. Prova disso, são as oficinas de apoio, entre elas a oficina M23, oficina de matemática e oficina de escrita.

De acordo com o histórico de candidaturas ao ingresso via M23, na FCUL, destacam-se os dois últimos anos letivos como sendo os de maior adesão. Das 905 candidaturas totais em 2010/2011, 114 dirigiram-se à FCUL, e em 2011/2012, das 714, 113 candidatos optaram por Ciências. Nesta contabilização destaca-se o curso de Engenharia Informática como sendo o mais requisitado, 63 candidaturas em 2010/2011 e 61 em 2011/2012.

O processo de aprovação do candidato passa por duas fases, a primeira destina-se à avaliação de conhecimentos e competências através de uma prova teórica e/ou prática, com um peso de 40%, a segunda fase, remete para uma entrevista cujo objetivo é a apreciação do currículo escolar e profissional do candidato bem como das suas motivações, tendo o peso de 60%.

Na FCUL, Maria Helena Mendonça, professora do Departamento de Química e Bioquímica, é uma das intervenientes no processo que, desde o início, orienta os alunos M23 nas mais diversas questões.

“Os primeiros alunos que entrevistámos para os Maiores de 23, em 2006/2007, eram pessoas com um enriquecimento muito grande do seu currículo que vinham só para os cursos que gostavam, queriam ‘fazer aquilo que não fizeram antes’. Hoje em dia, acho que já está a ser muito aproveitado por pessoas mais novas, que, por exemplo, não tiveram possibilidade de entrar pelo meio tradicional. (…) É também importante chamar à atenção de que os trabalhadores estudantes têm da nossa parte um pouco mais de apoio porque eles não têm a semana toda para vir fazer os trabalhos, principalmente nestas áreas que eles gostam e isso é importante”.

Fonte: UL
Legenda: Este ano, o término da atividade foi assinalado pela a realização de um workshop

Ana Jardim, aluna de 38 anos a frequentar o curso de Engenharia Informática, ingressou na FCUL através do M23 em 2011. Tendo uma ocupação profissional, o seu percurso académico é desenvolvido em regime pós-laboral. Se pudesse classificar a Faculdade escolheria os adjetivos “conceituada e ótima”, quanto ao curso define-o como sendo, “exigente, intenso e muito interessante”.

“A grande mais-valia é dar uma oportunidade às pessoas que por qualquer razão não conseguiram dar continuidade à sua formação logo após o secundário e que agora o pretendem fazer. A meu ver, a motivação é maior e a experiência profissional e maturidade compensam a falta de ritmo de estudo em relação aos alunos que vêm diretamente do secundário”, declara a aluna M23.

Este ano, o período de candidaturas estende-se até dia 28 de março. Depois das diversas etapas que marcam o processo, os resultados serão conhecidos a 12 de julho.

A todos os candidatos, a FCUL deseja boa sorte e um ótimo recomeço académico!

Reportagem Dia Aberto M23

Este projeto multimédia pode ser visualizado através do canal YouTube da UL, inclui testemunhos de participantes, organizadores e colaboradores.
 

 

Espólio info-Ciências digital
FCUL já admitiu 254 estudantes no âmbito dos concursos e regimes especiais
Maiores de 23
Maiores de 23
Maiores de 23
752 candidaturas no âmbito dos “Maiores de 23”
“Maiores de 23”

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt
Joaquim Dias

Num planeta com mais de 7000 milhões de pessoas, vão ser necessárias quantidades enormes de alguns recursos naturais que começam a escassear. Chegará em breve a era da mineração submarina? Existe tecnologia adequada? Será possível a mineração em condições de preservar a diversidade natural dos ecossistemas marinhos?

Ana Bastos

Através de diversas atividades práticas vamos aprender qual o papel do sol na dinâmica da atmosfera e do oceano, qual a importância dos oceanos, das calotes polares e da vegetação, como se formam as nuvens e os sistemas meteorológicos, e como funciona o ciclo da água.

Foi a 26 de Outubro que se realizou a Maratona Inter-Universitária de Programação, 2013, (MIUP2013).

Uma das surpresas do Dia Internacional passa pela exposição do concurso de fotografia lançado recentemente e alusivo ao tema “Mobilidade Internacional”.

Maria Inês Cruz

Atualmente, para além do “básico” lápis de grafite com que todos ainda escrevemos, até o desenvolvimento dos carros híbridos está dependente da evolução e extração dos recursos da nossa “casa”.

Susana Custódio

Como é que são gerados os tremores de Terra? E os tsunamis? Como é que nós reconhecemos no terreno a existência de tsunamis antigos? Porque é que na Nazaré vemos ondas tão grandes? Todos estes fenómenos são o reflexo de um enorme dinamismo do nosso planeta.

SCOPUS é também uma ferramenta para estudos bibliométricos e avaliações de produção científica.

Na cobertura dos edifícios da Universidade de Lisboa foi recentemente instalada a maior central fotovoltaica da cidade de Lisboa. Para além da bela vista sobre o Jardim do Campo Grande, vamos poder apreciar os desafios e o potencial dos telhados urbanos para produção de eletricidade solar.

A empresa SISCOG – Sistemas Cognitivos, SA, procura candidato para integrar a sua equipa.

J. A. Quartau

Na verdade, considerando apenas as abelhas, se estas fossem recompensadas pelo seu trabalho na polinização dos pomares e de outras plantas cultivadas, teríamos que lhes pagar como fatura anual global pelo menos setenta mil milhões de euros, a que seria ainda necessário adicionar várias centenas de milhões pelos lucros adicionais com a produção de mel e de cera.

Livre acesso a trabalhos dos cientistas laureados com o Prémio Nobel 2013

Palmira Carvalho, Raquel Barata e David Felismino

O Jardim Botânico deve, mais do que nunca e no futuro, ser encarado como um espaço de coesão urbana, fundamental e complementar ao espaço edificado e à sua articulação com a envolvente, em termos ecológicos, estéticos, culturais, históricos, sociais e económicos.

As aulas de Projeto Empresarial começam em fevereiro de 2014. Enquanto o 2.º semestre não chega, a FCUL desafia os alunos a testarem ideias no passatempo do Tec Labs Centro de Inovação da FCUL e quem sabe participar na 2.ª edição do YA Bootcamp.

8 de Novembro no GeoFCUL. Campo Grande, Lisboa.

Torre meteorológica

Para comemorar o seu aniversário, o IDL organizou uma pequena exposição com o título “160 anos do IDL: 150 anos do Observatório” a decorrer até ao dia 22 de novembro, no hall do edifício C6 da FCUL.

É fundamental que cada jovem se assuma como gestor da própria carreira, devendo ser dinâmico e proativo no que toca à sua inserção profissional.

Dynamics of calcite cementation

Conferência dia 14 de Novembro, 16h00, sala 6.1.36, C6, FCUL, Campo Grande, Lisboa.

Some scientific events are being organized by CIO's members.

To get a detailed list of those events and more informations, click here!

Para pesquisa de ofertas de emprego na área de Estatística consultar site:www.statjob.com

 

Nos termos previstos no Regulamento das Bolsas de Investigação do IHMT, informa-se que se encontra publicitado nos sites da FCT e do IHMT, o Edital do concurso para atribuição de uma

A FCUL vai ser representada pelas equipas Bytech e StackTracers compostas por alunos do segundo ano da licenciatura em Engenharia Informática.

Collapse Caldera Systems

Conferência no dia 28 de Outubro, 17h00, Edifício C6, FCUL, Campo Grande, Lisboa.

Teresa Chambel

“Multisensory Mixed Reality with Smell and Taste” é o título da palestra do orador convidado Adrian Cheok, professor de Pervasive Computing, na City University London, no Reino Unido.

Páginas