Entrevista com Nuno Araújo e Vasco Braz

"O que foi mais importante para mim foi a possibilidade, ainda na licenciatura, de começar a fazer investigação"

Estudo da UCL e do CFTC Ciências ULisboa pode ser útil no controlo de ecossistemas microbióticos e no desenvolvimento de dispositivos médicos

Propagação de bactérias (E.coli) num meio com obstáculos. Cada linha representa a trajetória de uma bactéria diferente

UCL

Propagação de bactérias (E.coli) num meio com obstáculos. Cada linha representa a trajetória de uma bactéria diferente
Vasco Braz e Nuno Araújo
Os resultados do estudo publicado na revista Nature Communications contribuem para o conhecimento de uma das áreas mais ativas da Física da Matéria Condensada - o estudo de matéria ativa em ambientes complexos. Vasco Braz e Nuno Araújo assinam o artigo juntamente com outros três investigadores da UCL

"Perceber como a dinâmica coletiva compete com a interação com os obstáculos é o próximo passo", diz em entrevista Nuno Araújo, professor do Departamento de Física, investigador do Centro de Física Teórica e Computacional (CFTC) e orientador de Vasco Braz, estudante do mestrado em Física em Ciências ULisboa e um dos autores do artigo “Enhanced propagation of motile bacteria on surfaces due to forward scattering”, publicado recentemente na revista Nature Communications. Saiba mais sobre o jovem estudante, e a participação do CFTC Ciências ULisboa neste trabalho lendo a entrevista que se segue.

Como surgiu a hipótese de colaborar com o grupo do professor Giorgio Volpe, da University College London (UCL)?

Nuno Araújo (NA) - Em setembro de 2018 fui convidado para dar um seminário na UCL. Durante a minha estadia lá, visitei o grupo do professor Giorgio Volpe e ele falou-me dos resultados experimentais do seu grupo. Na mesma altura, o Vasco estava a começar a trabalhar na sua tese de mestrado no mesmo tópico.

Esta parceria é para continuar?

NA - Sim. Há dois projetos (um nacional e outro europeu) a serem desenvolvidos no CFTC, nos quais o professor Giorgio Volpe é colaborador.

Quais são os próximos passos desta investigação?

NA - A maioria dos estudos experimentais e teóricos sobre partículas ativas assumem condições bastantes simples. Para atingirmos o nível de desenvolvimento tecnológico desejável é preciso perceber como estes sistemas se comportam em situações mais realistas. Este trabalho é um primeiro passo nessa direção. Por simplicidade, consideramos apenas situações em que temos uma única bactéria. No entanto, em condições biológicas reais, temos uma comunidade de bactérias que, para além de interagirem com os obstáculos também interagem entre si. Perceber como a dinâmica coletiva compete com a interação com os obstáculos é o próximo passo.

“O Vasco é um estudante motivado, com uma formação sólida e uma capacidade de trabalho ímpar. Uma colaboração deste tipo não é fácil. A comparação com os resultados experimentais implica constante validação e atualização dos modelos teóricos. O Vasco mostrou estar ao nível do desafio.”
Nuno Araújo

Como tem sido estudar em Ciências?

Vasco Braz (VB) - Em muitos aspetos tem sido desafiante. Gostei particularmente dos últimos dois anos em que estive no mestrado. No geral o trabalho é feito de forma mais autónoma, e isso permitiu-me desenvolver um maior gosto pelos temas, assimilar o conhecimento de uma forma mais coesa e desenvolver ferramentas de trabalho que penso que serão importantes se continuar a trabalhar nesta área.

Vasco Braz
"Tínhamos uma pergunta inicial, à qual tentámos e conseguimos dar resposta", conta Vasco Braz
Fonte ACI Ciências ULisboa

O melhor desta faculdade é…

VB - Uma das coisas que acho interessante é o facto de haver vários cursos diferentes. Nos primeiros anos o contacto que estabelecemos com colegas de outros cursos é enriquecedor e permite-nos estar a par de diferentes temas e até diferentes métodos de trabalho científico. Nos últimos anos o que foi mais importante para mim foi a possibilidade, ainda na licenciatura, de começar a fazer investigação aqui no CFTC.

Como correu esta investigação?

VB - Penso que correu bem. Tínhamos uma pergunta inicial, à qual tentámos e conseguimos dar resposta. A nossa participação foi importante para justificar teoricamente os resultados experimentais observados, acho que a publicação deste artigo demonstra o sucesso da investigação.

É o primeiro artigo que publica?

VB - Sim.

Como ultrapassou as dificuldades deste trabalho?

VB - Uma vez que existe uma grande disponibilidade dos membros do CFTC Ciências ULisboa para discutir os problemas que vamos encontrando, uns com os outros, muitas das vezes os problemas são resolvidos, pelo menos parcialmente, nestes momentos de discussão, quer com outros colegas de mestrado ou doutoramento ou com professores e investigadores do Centro. A parceria com o grupo experimental também foi importante não só pela partilha dos dados experimentais, mas também pela discussão e comparação entre os modelos que construímos e as observações experimentais.

Vasco Braz
"Nos primeiros anos o contacto que estabelecemos com colegas de outros cursos é enriquecedor e permite-nos estar a par de diferentes temas e até diferentes métodos de trabalho científicos", comenta Vasco Braz
Fonte ACI Ciências ULisboa

Quais são os planos para curto prazo?

VB - No imediato terei de defender a minha tese que é sobre o tema publicado no artigo. No futuro gostaria de continuar os meus estudos fazendo o doutoramento aqui no CFTC Ciências ULisboa.

Vasco Braz, nascido em 1994, concluiu a licenciatura em Física em 2017. No âmbito do seu mestrado trabalhou na dinâmica de partículas ativas em meios complexos. Tem como interesse de investigação o estudo de sistemas fora do equilíbrio, em particular matéria ativa.

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Páginas