Entrevista com Nuno Araújo e Vasco Braz

"O que foi mais importante para mim foi a possibilidade, ainda na licenciatura, de começar a fazer investigação"

Estudo da UCL e do CFTC Ciências ULisboa pode ser útil no controlo de ecossistemas microbióticos e no desenvolvimento de dispositivos médicos

UCL

Propagação de bactérias (E.coli) num meio com obstáculos. Cada linha representa a trajetória de uma bactéria diferente
Vasco Braz e Nuno Araújo
Os resultados do estudo publicado na revista Nature Communications contribuem para o conhecimento de uma das áreas mais ativas da Física da Matéria Condensada - o estudo de matéria ativa em ambientes complexos. Vasco Braz e Nuno Araújo assinam o artigo juntamente com outros três investigadores da UCL

"Perceber como a dinâmica coletiva compete com a interação com os obstáculos é o próximo passo", diz em entrevista Nuno Araújo, professor do Departamento de Física, investigador do Centro de Física Teórica e Computacional (CFTC) e orientador de Vasco Braz, estudante do mestrado em Física em Ciências ULisboa e um dos autores do artigo “Enhanced propagation of motile bacteria on surfaces due to forward scattering”, publicado recentemente na revista Nature Communications. Saiba mais sobre o jovem estudante, e a participação do CFTC Ciências ULisboa neste trabalho lendo a entrevista que se segue.

Como surgiu a hipótese de colaborar com o grupo do professor Giorgio Volpe, da University College London (UCL)?

Nuno Araújo (NA) - Em setembro de 2018 fui convidado para dar um seminário na UCL. Durante a minha estadia lá, visitei o grupo do professor Giorgio Volpe e ele falou-me dos resultados experimentais do seu grupo. Na mesma altura, o Vasco estava a começar a trabalhar na sua tese de mestrado no mesmo tópico.

Esta parceria é para continuar?

NA - Sim. Há dois projetos (um nacional e outro europeu) a serem desenvolvidos no CFTC, nos quais o professor Giorgio Volpe é colaborador.

Quais são os próximos passos desta investigação?

NA - A maioria dos estudos experimentais e teóricos sobre partículas ativas assumem condições bastantes simples. Para atingirmos o nível de desenvolvimento tecnológico desejável é preciso perceber como estes sistemas se comportam em situações mais realistas. Este trabalho é um primeiro passo nessa direção. Por simplicidade, consideramos apenas situações em que temos uma única bactéria. No entanto, em condições biológicas reais, temos uma comunidade de bactérias que, para além de interagirem com os obstáculos também interagem entre si. Perceber como a dinâmica coletiva compete com a interação com os obstáculos é o próximo passo.

“O Vasco é um estudante motivado, com uma formação sólida e uma capacidade de trabalho ímpar. Uma colaboração deste tipo não é fácil. A comparação com os resultados experimentais implica constante validação e atualização dos modelos teóricos. O Vasco mostrou estar ao nível do desafio.”
Nuno Araújo

Como tem sido estudar em Ciências?

Vasco Braz (VB) - Em muitos aspetos tem sido desafiante. Gostei particularmente dos últimos dois anos em que estive no mestrado. No geral o trabalho é feito de forma mais autónoma, e isso permitiu-me desenvolver um maior gosto pelos temas, assimilar o conhecimento de uma forma mais coesa e desenvolver ferramentas de trabalho que penso que serão importantes se continuar a trabalhar nesta área.

Vasco Braz
"Tínhamos uma pergunta inicial, à qual tentámos e conseguimos dar resposta", conta Vasco Braz
Fonte ACI Ciências ULisboa

O melhor desta faculdade é…

VB - Uma das coisas que acho interessante é o facto de haver vários cursos diferentes. Nos primeiros anos o contacto que estabelecemos com colegas de outros cursos é enriquecedor e permite-nos estar a par de diferentes temas e até diferentes métodos de trabalho científico. Nos últimos anos o que foi mais importante para mim foi a possibilidade, ainda na licenciatura, de começar a fazer investigação aqui no CFTC.

Como correu esta investigação?

VB - Penso que correu bem. Tínhamos uma pergunta inicial, à qual tentámos e conseguimos dar resposta. A nossa participação foi importante para justificar teoricamente os resultados experimentais observados, acho que a publicação deste artigo demonstra o sucesso da investigação.

É o primeiro artigo que publica?

VB - Sim.

Como ultrapassou as dificuldades deste trabalho?

VB - Uma vez que existe uma grande disponibilidade dos membros do CFTC Ciências ULisboa para discutir os problemas que vamos encontrando, uns com os outros, muitas das vezes os problemas são resolvidos, pelo menos parcialmente, nestes momentos de discussão, quer com outros colegas de mestrado ou doutoramento ou com professores e investigadores do Centro. A parceria com o grupo experimental também foi importante não só pela partilha dos dados experimentais, mas também pela discussão e comparação entre os modelos que construímos e as observações experimentais.

Vasco Braz
"Nos primeiros anos o contacto que estabelecemos com colegas de outros cursos é enriquecedor e permite-nos estar a par de diferentes temas e até diferentes métodos de trabalho científicos", comenta Vasco Braz
Fonte ACI Ciências ULisboa

Quais são os planos para curto prazo?

VB - No imediato terei de defender a minha tese que é sobre o tema publicado no artigo. No futuro gostaria de continuar os meus estudos fazendo o doutoramento aqui no CFTC Ciências ULisboa.

Vasco Braz, nascido em 1994, concluiu a licenciatura em Física em 2017. No âmbito do seu mestrado trabalhou na dinâmica de partículas ativas em meios complexos. Tem como interesse de investigação o estudo de sistemas fora do equilíbrio, em particular matéria ativa.

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt